Morte de atleta do Ironman foi causada por afogamento após isquemia cardíaca, aponta perícia

LAUDO

Morte de atleta do Ironman foi causada por afogamento após isquemia cardíaca, aponta perícia

As informações foram divulgadas em coletiva realizada pela Perícia Forense do Ceará (Pefoce), nesta segunda-feira (4)

Por Gabriel Borges em Cotidiano

4 de dezembro de 2017 às 16:54

Há 2 semanas
Laudo foi divulgado nesta segunda-feira (FOTO: Arquivo pessoal)

Laudo foi divulgado nesta segunda-feira (FOTO: Arquivo pessoal)

Após uma semana de incertezas, a perícia apontou a causa da morte do atleta Genilson Lima, 48 anos. Segundo o laudo, o atleta morreu afogado após sofrer isquemia cardíaca. O problema consiste na redução do fluxo de sangue nas artérias coronárias.

As informações foram divulgadas em coletiva realizada pela Perícia Forense do Ceará (Pefoce), nesta segunda-feira (4). O laudo será repassado para a delegacia que investiga o caso, o 34º Distrito Policial.

O atleta havia desaparecido no domingo (26), durante a prova de natação do Ironman Fortaleza. O corpo foi encontrado pela equipe dos bombeiros apenas na segunda-feira (27), mais de 24 horas depois que as buscam começaram. Genison era um atleta experiente com participações em provas do mesmo gênero.

A organização do IronMan 70.3 Fortaleza lamentou o ocorrido por meio de nota. “É com profunda tristeza que confirmamos o falecimento de um dos nossos atletas. Nossos pesares e condolências para a família e os amigos do atleta, a quem continuaremos a apoiar durante este momento muito difícil”, informou Carlos Galvão, CEO da Unlimited Sports e licenciado para o IronMan 70.3 Fortaleza.

Relembre o caso

Genilson Lima desapareceu durante a prova de natação do IronMan, realizada na manhã de domingo (26). Ele foi localizado por volta das 17h da segunda-feira (27), por equipes de mergulho da Seção de Salvamento Marítimo do Corpo de Bombeiros.

O corpo estava boiando próximo à Estação de Pré-Condicionamento de Esgoto da Cagece, no Bairro Moura Brasil, perto do local onde a prova era disputada, segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Por meio de um drone, a filha de Genilson reconheceu que o pai percorreu 1 km de prova. Os familiares e organizadores da prova sentiram a ausência de Genilson quando a bicicleta para a sequência da prova não foi retirada do local.

Cerca de mil atletas estavam inscritos na competição, mas, a cada etapa, alguns deixam a disputa. No mar, há auxílio com jetski para os nadadores que cansam e desistem da prova. As buscas pelo corpo duraram mais de 24h.

Confira a cobertura feita pelo Tribuna do Ceará das buscas por Genilson:

26 de novembro — Atleta do Ironman Brasil continua desaparecido na orla de Fortaleza

26 de novembro — Buscas por atleta do Ironman serão retomadas na manhã da segunda-feira

27 de novembro — Bombeiros, Marinha e Ciopaer retomam operação de buscas a triatleta desaparecido

27 de novembro — Triatleta desaparecido tem experiência e já disputou provas longas, conta a filha

27 de novembro — Encontrado o corpo do triatleta desaparecido durante o IronMan

28 de novembro – Problemas cardíacos são as maiores causas de afogamentos no triathlon

Publicidade

Dê sua opinião

LAUDO

Morte de atleta do Ironman foi causada por afogamento após isquemia cardíaca, aponta perícia

As informações foram divulgadas em coletiva realizada pela Perícia Forense do Ceará (Pefoce), nesta segunda-feira (4)

Por Gabriel Borges em Cotidiano

4 de dezembro de 2017 às 16:54

Há 2 semanas
Laudo foi divulgado nesta segunda-feira (FOTO: Arquivo pessoal)

Laudo foi divulgado nesta segunda-feira (FOTO: Arquivo pessoal)

Após uma semana de incertezas, a perícia apontou a causa da morte do atleta Genilson Lima, 48 anos. Segundo o laudo, o atleta morreu afogado após sofrer isquemia cardíaca. O problema consiste na redução do fluxo de sangue nas artérias coronárias.

As informações foram divulgadas em coletiva realizada pela Perícia Forense do Ceará (Pefoce), nesta segunda-feira (4). O laudo será repassado para a delegacia que investiga o caso, o 34º Distrito Policial.

O atleta havia desaparecido no domingo (26), durante a prova de natação do Ironman Fortaleza. O corpo foi encontrado pela equipe dos bombeiros apenas na segunda-feira (27), mais de 24 horas depois que as buscam começaram. Genison era um atleta experiente com participações em provas do mesmo gênero.

A organização do IronMan 70.3 Fortaleza lamentou o ocorrido por meio de nota. “É com profunda tristeza que confirmamos o falecimento de um dos nossos atletas. Nossos pesares e condolências para a família e os amigos do atleta, a quem continuaremos a apoiar durante este momento muito difícil”, informou Carlos Galvão, CEO da Unlimited Sports e licenciado para o IronMan 70.3 Fortaleza.

Relembre o caso

Genilson Lima desapareceu durante a prova de natação do IronMan, realizada na manhã de domingo (26). Ele foi localizado por volta das 17h da segunda-feira (27), por equipes de mergulho da Seção de Salvamento Marítimo do Corpo de Bombeiros.

O corpo estava boiando próximo à Estação de Pré-Condicionamento de Esgoto da Cagece, no Bairro Moura Brasil, perto do local onde a prova era disputada, segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Por meio de um drone, a filha de Genilson reconheceu que o pai percorreu 1 km de prova. Os familiares e organizadores da prova sentiram a ausência de Genilson quando a bicicleta para a sequência da prova não foi retirada do local.

Cerca de mil atletas estavam inscritos na competição, mas, a cada etapa, alguns deixam a disputa. No mar, há auxílio com jetski para os nadadores que cansam e desistem da prova. As buscas pelo corpo duraram mais de 24h.

Confira a cobertura feita pelo Tribuna do Ceará das buscas por Genilson:

26 de novembro — Atleta do Ironman Brasil continua desaparecido na orla de Fortaleza

26 de novembro — Buscas por atleta do Ironman serão retomadas na manhã da segunda-feira

27 de novembro — Bombeiros, Marinha e Ciopaer retomam operação de buscas a triatleta desaparecido

27 de novembro — Triatleta desaparecido tem experiência e já disputou provas longas, conta a filha

27 de novembro — Encontrado o corpo do triatleta desaparecido durante o IronMan

28 de novembro – Problemas cardíacos são as maiores causas de afogamentos no triathlon