Moradores temem desabamento de casas com obra de VLT; Seinfra garante segurança

CRATERA ABERTA

Moradores temem desabamento de casas com obra de VLT; Seinfra garante segurança

Ao lado da casa dos moradores, está sendo implantado o trecho do VLT Parangaba-Mucuripe

Por Daniel Rocha em Cotidiano

25 de Janeiro de 2018 às 14:34

Há 4 meses

Com as últimas chuvas, o buraco aumentou e ameaça a estrutura das residências (Foto: Reprodução/Barra Pesada)

Famílias do bairro São João do Tauape, em Fortaleza, estão apreensivas com a possibilidade de desabamento de suas casas. Segundo uma moradora, que não quis se identificar, o risco deve-se a uma escavação para uma obra do Veículos Leve sobre Trilhos (VLT) que ameaça comprometer a estrutura de suas casas com as próximas chuvas.

“Não aparece nenhum engenheiro. Não dão nenhuma satisfação. A gente liga para a Defesa Civil e ninguém atende. E se as nossas casas caírem? Vão indenizar a gente?”, questiona em entrevista ao programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

De acordo com ela, um técnico da obra informou sobre a possibilidade do solo de sua residência sofrer erosão, ocasionando um desabamento. “Com a última chuva, a barreira cedeu, restando só a calçada e a grade”, frisa.

As residências estão situadas no cruzamento da Rua Cruz Abreu com a Rua do Trilho, no bairro Pio XII. Na região, há pessoas com dificuldades de locomoção, crianças e gestantes.

Por meio de nota, a Secretaria de Infraestrutura do Estado do Ceará (Seinfra) afirma que o problema, causado pelas chuvas intensas, foi solucionado imediatamente e que as obras correspondem a implantação do ramal Parangaba-Mucuripe do VLT, no bairro São João do Tauape.

“A Seinfra informa que todo o trecho em execução está sendo monitorado pelas equipes da obra e esclarece que não há riscos causados pela obra à estrutura de casas localizadas na área”, ressaltou.

Ainda segundo a secretaria, as obras na região fazem parte do trecho 3 da implantação do VLT Parangaba-Mucuripe. A previsão de conclusão da obra está prevista para junho deste ano.

A Defesa Civil informou ao Tribuna do Ceará que recebeu dois chamados na quarta-feira (24) de moradores da Rua Cruz Abreu. “No mesmo dia, os agentes foram ao local, avaliaram os riscos e orientaram, inclusive, que os solicitantes da ocorrência com dificuldade de mobilidade se abrigassem, temporariamente e por questões de segurança, em casas de parentes até que o problema seja resolvido pelo órgão responsável”, disse um trecho da nota enviada.

O órgão afirmou que repassou a situação do local para a Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) para as devidas providências.  “A Defesa Civil ressalta que está, constantemente, em alerta e realiza um trabalho de prevenção e monitoramento das áreas de risco da cidade. Em caso de qualquer risco, a população deve acionar a Defesa Civil por meio do 190. O órgão conta com equipes 24 horas por dia para atendimentos”, concluiu.

Obras do VLT
1/3

Obras do VLT

Os moradores temiam o desabamento de suas casas com as próximas chuvas(Foto: Reprodução/Barra Pesada)

Obras do VLT
2/3

Obras do VLT

A Seinfra informou que o problema já foi solucionado e que o local está sendo monitorado (Foto: Divulgação)

Obras do VLT
3/3

Obras do VLT

A Seinfra informou que o problema já foi solucionado e que o local está sendo monitorado (Foto: Divulgação)

Publicidade

Dê sua opinião

CRATERA ABERTA

Moradores temem desabamento de casas com obra de VLT; Seinfra garante segurança

Ao lado da casa dos moradores, está sendo implantado o trecho do VLT Parangaba-Mucuripe

Por Daniel Rocha em Cotidiano

25 de Janeiro de 2018 às 14:34

Há 4 meses

Com as últimas chuvas, o buraco aumentou e ameaça a estrutura das residências (Foto: Reprodução/Barra Pesada)

Famílias do bairro São João do Tauape, em Fortaleza, estão apreensivas com a possibilidade de desabamento de suas casas. Segundo uma moradora, que não quis se identificar, o risco deve-se a uma escavação para uma obra do Veículos Leve sobre Trilhos (VLT) que ameaça comprometer a estrutura de suas casas com as próximas chuvas.

“Não aparece nenhum engenheiro. Não dão nenhuma satisfação. A gente liga para a Defesa Civil e ninguém atende. E se as nossas casas caírem? Vão indenizar a gente?”, questiona em entrevista ao programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

De acordo com ela, um técnico da obra informou sobre a possibilidade do solo de sua residência sofrer erosão, ocasionando um desabamento. “Com a última chuva, a barreira cedeu, restando só a calçada e a grade”, frisa.

As residências estão situadas no cruzamento da Rua Cruz Abreu com a Rua do Trilho, no bairro Pio XII. Na região, há pessoas com dificuldades de locomoção, crianças e gestantes.

Por meio de nota, a Secretaria de Infraestrutura do Estado do Ceará (Seinfra) afirma que o problema, causado pelas chuvas intensas, foi solucionado imediatamente e que as obras correspondem a implantação do ramal Parangaba-Mucuripe do VLT, no bairro São João do Tauape.

“A Seinfra informa que todo o trecho em execução está sendo monitorado pelas equipes da obra e esclarece que não há riscos causados pela obra à estrutura de casas localizadas na área”, ressaltou.

Ainda segundo a secretaria, as obras na região fazem parte do trecho 3 da implantação do VLT Parangaba-Mucuripe. A previsão de conclusão da obra está prevista para junho deste ano.

A Defesa Civil informou ao Tribuna do Ceará que recebeu dois chamados na quarta-feira (24) de moradores da Rua Cruz Abreu. “No mesmo dia, os agentes foram ao local, avaliaram os riscos e orientaram, inclusive, que os solicitantes da ocorrência com dificuldade de mobilidade se abrigassem, temporariamente e por questões de segurança, em casas de parentes até que o problema seja resolvido pelo órgão responsável”, disse um trecho da nota enviada.

O órgão afirmou que repassou a situação do local para a Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) para as devidas providências.  “A Defesa Civil ressalta que está, constantemente, em alerta e realiza um trabalho de prevenção e monitoramento das áreas de risco da cidade. Em caso de qualquer risco, a população deve acionar a Defesa Civil por meio do 190. O órgão conta com equipes 24 horas por dia para atendimentos”, concluiu.

Obras do VLT
1/3

Obras do VLT

Os moradores temiam o desabamento de suas casas com as próximas chuvas(Foto: Reprodução/Barra Pesada)

Obras do VLT
2/3

Obras do VLT

A Seinfra informou que o problema já foi solucionado e que o local está sendo monitorado (Foto: Divulgação)

Obras do VLT
3/3

Obras do VLT

A Seinfra informou que o problema já foi solucionado e que o local está sendo monitorado (Foto: Divulgação)