Mapa colaborativo mostra situação das calçadas de Fortaleza

"Calçada Mazelada"

Mapa colaborativo mostra situação das calçadas de Fortaleza

Quem quiser colaborar com o mapa encontrá nomes bem sugestivos de categorias. Por exemplo, a “calçada paciência” é usada para classificar calçadas bem curtas, quase inexistentes

Por Gabriel Borges em Cotidiano

11 de junho de 2018 às 07:15

Há 4 meses
Mapa Calçadas

A mapa já possui mais de 300 visualizações (Foto: Google Maps)

A situação das calçadas de Fortaleza não é das melhores. Andando pela cidade não é difícil encontrar irregularidades que dificultam a vida dos pedestres. O projeto “Calçada Mazelada” mostra esse lado nada agradável da Capital.

A inciativa consiste em um mapa colaborativo, onde os moradores podem informar a situação das calçadas de Fortaleza. Waldemar Lima, arquiteto, conta que a ideia nasceu de um outro projeto. Ele estava participando de processo seletivo de capacitação social quando surgiu a oportunidade.

“Nesse processo que eu tô participando, a primeira etapa era uma inscrição. Na segunda, a gente tinha fazer alguma intervenção urbana que chamasse atenção para algum problema ou que atuasse na resolução desse problema na cidade”, relata.

Quem quiser colaborar com o mapa encontrá nomes bem sugestivos de categorias. Por exemplo, a “Calçada Paciência” é usada para classificar calçadas bem curtas, quase inexistentes. Já a “Calçada Vida” serve para indicar calçadas irregulares, aquelas que são cheias de altos e baixos.

“Esses nomes surgiram pra deixar o tema mais leve. Quis trazer um tom mais humorístico para o projeto, gerar uma certa identificação com quem colabora”, conta o arquiteto.

O mapeamento pode ser feito de forma simples. Basta entrar no link do mapa e clicar no critério que define a calçada. Depois basta selecionar a opção “adicionar marcador” nos botões que ficam embaixo da aba de pequisa. Por fim, marcar a calçada no mapa.

Waldemar revela que futuramente pretender fortalecer o projeto nas redes sociais. Atualmente, o mapa conta com mais de 300 visualizações. “A minha ideia é gerar esse protagonismo nas pessoas. Criar no cidadão esse sentimento de cuidar da cidade, e quem sabe atingir o órgão público”, finaliza.

Publicidade

Dê sua opinião

"Calçada Mazelada"

Mapa colaborativo mostra situação das calçadas de Fortaleza

Quem quiser colaborar com o mapa encontrá nomes bem sugestivos de categorias. Por exemplo, a “calçada paciência” é usada para classificar calçadas bem curtas, quase inexistentes

Por Gabriel Borges em Cotidiano

11 de junho de 2018 às 07:15

Há 4 meses
Mapa Calçadas

A mapa já possui mais de 300 visualizações (Foto: Google Maps)

A situação das calçadas de Fortaleza não é das melhores. Andando pela cidade não é difícil encontrar irregularidades que dificultam a vida dos pedestres. O projeto “Calçada Mazelada” mostra esse lado nada agradável da Capital.

A inciativa consiste em um mapa colaborativo, onde os moradores podem informar a situação das calçadas de Fortaleza. Waldemar Lima, arquiteto, conta que a ideia nasceu de um outro projeto. Ele estava participando de processo seletivo de capacitação social quando surgiu a oportunidade.

“Nesse processo que eu tô participando, a primeira etapa era uma inscrição. Na segunda, a gente tinha fazer alguma intervenção urbana que chamasse atenção para algum problema ou que atuasse na resolução desse problema na cidade”, relata.

Quem quiser colaborar com o mapa encontrá nomes bem sugestivos de categorias. Por exemplo, a “Calçada Paciência” é usada para classificar calçadas bem curtas, quase inexistentes. Já a “Calçada Vida” serve para indicar calçadas irregulares, aquelas que são cheias de altos e baixos.

“Esses nomes surgiram pra deixar o tema mais leve. Quis trazer um tom mais humorístico para o projeto, gerar uma certa identificação com quem colabora”, conta o arquiteto.

O mapeamento pode ser feito de forma simples. Basta entrar no link do mapa e clicar no critério que define a calçada. Depois basta selecionar a opção “adicionar marcador” nos botões que ficam embaixo da aba de pequisa. Por fim, marcar a calçada no mapa.

Waldemar revela que futuramente pretender fortalecer o projeto nas redes sociais. Atualmente, o mapa conta com mais de 300 visualizações. “A minha ideia é gerar esse protagonismo nas pessoas. Criar no cidadão esse sentimento de cuidar da cidade, e quem sabe atingir o órgão público”, finaliza.