Mais uma geladeira com livros compartilháveis é alvo de vândalos no Benfica
LAMENTÁVEL

Mais uma geladeira com livros compartilháveis é alvo de vândalos no Benfica

A geladeira do Benfica teve a porta arrancada e os livros acabaram furtados. O projeto já anunciou que não irá desistir

Por Lyvia Rocha em Cotidiano

20 de março de 2017 às 10:36

Há 7 meses
A geladeira foi furtada e pichada (FOTO: Reprodução/Facebook)

A geladeira do Benfica foi vandalizada (FOTO: Reprodução/Facebook)

Mais um ato de vandalismo aconteceu em uma das geladeiras de livros compartilhados distribuídas em Fortaleza. No último sábado (18), o objeto que fica posicionado na Av. 13 de Maio, na parada de ônibus no muro das Casas de Cultura da Universidade Federal do Ceará (UFC), no Bairro Benfica, teve a porta arrancada, livros furtados e recebeu pichações.

O projeto, que teve início em 2016, tem o objetivo de estimular a leitura. Os usuários podem pegar livros gratuitamente, devolvê-los ao final da leitura e também doar exemplares.

Mesmo com esse ato de vandalismo, Lúcia Silveira, idealizadora do projeto “Plantando o bem”, afirmou que a cada ação negativa eles irão responder com uma ação positiva.

“Nós consideramos essa pichação um desrespeito ao nosso trabalho. Mas sempre tratamos com positividade tudo o que nos acontece. Deixamos um bilhete para o pichador onde está escrito “Caro pichador, você nos deixou sua arte. Que tal agora nos deixar também um livro? Fica a dica”. Essa é uma forma de mostrar que nada irá nos demover da ideia de semear o bem”, explica.

Os organizadores deixaram um recado para os vândalos (FOTO: Reprodução/Facebook)

Os organizadores deixaram um recado para os vândalos (FOTO: Reprodução/Facebook)

E para quem acredita que, apesar desses atos lamentáveis, o projeto irá desistir, engana-se. “A resposta da população é sempre imediata, diariamente recebemos palavras de incentivo, pedidos para não desistirmos. Por isso jamais desistiremos da ideia de incentivar o hábito da leitura e a prática da cidadania, porque seria o mesmo que afirmar que nosso país não tem jeito”, disse Lúcia.

Agora, o Plantando o Bem irá fazer um mutirão para colocar uma nova geladeira no local.

Essa não é a primeira vez que acontece ato de vandalismo contra a geladeira de livros compartilhados do Benfica. Em maio de 2016, após 24 horas de instalação, a geladeira foi furtada.

Publicidade

Dê sua opinião

LAMENTÁVEL

Mais uma geladeira com livros compartilháveis é alvo de vândalos no Benfica

A geladeira do Benfica teve a porta arrancada e os livros acabaram furtados. O projeto já anunciou que não irá desistir

Por Lyvia Rocha em Cotidiano

20 de março de 2017 às 10:36

Há 7 meses
A geladeira foi furtada e pichada (FOTO: Reprodução/Facebook)

A geladeira do Benfica foi vandalizada (FOTO: Reprodução/Facebook)

Mais um ato de vandalismo aconteceu em uma das geladeiras de livros compartilhados distribuídas em Fortaleza. No último sábado (18), o objeto que fica posicionado na Av. 13 de Maio, na parada de ônibus no muro das Casas de Cultura da Universidade Federal do Ceará (UFC), no Bairro Benfica, teve a porta arrancada, livros furtados e recebeu pichações.

O projeto, que teve início em 2016, tem o objetivo de estimular a leitura. Os usuários podem pegar livros gratuitamente, devolvê-los ao final da leitura e também doar exemplares.

Mesmo com esse ato de vandalismo, Lúcia Silveira, idealizadora do projeto “Plantando o bem”, afirmou que a cada ação negativa eles irão responder com uma ação positiva.

“Nós consideramos essa pichação um desrespeito ao nosso trabalho. Mas sempre tratamos com positividade tudo o que nos acontece. Deixamos um bilhete para o pichador onde está escrito “Caro pichador, você nos deixou sua arte. Que tal agora nos deixar também um livro? Fica a dica”. Essa é uma forma de mostrar que nada irá nos demover da ideia de semear o bem”, explica.

Os organizadores deixaram um recado para os vândalos (FOTO: Reprodução/Facebook)

Os organizadores deixaram um recado para os vândalos (FOTO: Reprodução/Facebook)

E para quem acredita que, apesar desses atos lamentáveis, o projeto irá desistir, engana-se. “A resposta da população é sempre imediata, diariamente recebemos palavras de incentivo, pedidos para não desistirmos. Por isso jamais desistiremos da ideia de incentivar o hábito da leitura e a prática da cidadania, porque seria o mesmo que afirmar que nosso país não tem jeito”, disse Lúcia.

Agora, o Plantando o Bem irá fazer um mutirão para colocar uma nova geladeira no local.

Essa não é a primeira vez que acontece ato de vandalismo contra a geladeira de livros compartilhados do Benfica. Em maio de 2016, após 24 horas de instalação, a geladeira foi furtada.