Fraudes são responsáveis por 50% das perdas de água da Cagece

ALARMANTE

Fraudes são responsáveis por 50% das perdas de água da Cagece

Em bairros como Aldeota e Meireles registros com ligação suprimida chega a 16 mil

Por Tribuna Bandnews FM em Cotidiano

12 de agosto de 2016 às 06:45

Há 2 anos
Companhia realizará fiscalizações. (FOTO: Flickr/ Creative Commons/ Senado Federal)

Companhia realizará fiscalizações. (FOTO: Flickr/ Creative Commons/ Senado Federal)

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) realizou um balanço onde identificou que 50% das perdas de água são ocasionadas por fraudes. Nos bairros da Região Leste de Fortaleza – como Aldeota e Meireles – chega a 16 mil o número de registros com ligação suprimida, quando não há instalação com o hidrômetro da Cagece.

De acordo com o gerente de Unidade de Negócios da Companhia, Rogivaldo Rebolças, quase metade desses casos a ligação clandestina foi descoberta por meio da  fiscalização.

No entanto a concentração maior está na Unidade Metropolitana Norte, que abrange alguns bairros da capital e região metropolitana. Inclusive, nesta região, a Cagece instalou uma unidade de atendimento móvel para tentar reduzir esse índice.

O aumento de fraudes em residencias contribui negativamente com a situação hídrica que o estado enfrenta. O trabalho de fiscalização com a instalação de unidades móveis vai ser realizado em todas as regiões que apresentam instalações clandestinas. A medida faz parte do Plano de Convivência com a Seca para Fortaleza e região Metropolitana, do governo do Estado.

Confira a entrevista em áudio realizada pela Tribuna Bandnews FM:

Publicidade

Dê sua opinião

ALARMANTE

Fraudes são responsáveis por 50% das perdas de água da Cagece

Em bairros como Aldeota e Meireles registros com ligação suprimida chega a 16 mil

Por Tribuna Bandnews FM em Cotidiano

12 de agosto de 2016 às 06:45

Há 2 anos
Companhia realizará fiscalizações. (FOTO: Flickr/ Creative Commons/ Senado Federal)

Companhia realizará fiscalizações. (FOTO: Flickr/ Creative Commons/ Senado Federal)

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) realizou um balanço onde identificou que 50% das perdas de água são ocasionadas por fraudes. Nos bairros da Região Leste de Fortaleza – como Aldeota e Meireles – chega a 16 mil o número de registros com ligação suprimida, quando não há instalação com o hidrômetro da Cagece.

De acordo com o gerente de Unidade de Negócios da Companhia, Rogivaldo Rebolças, quase metade desses casos a ligação clandestina foi descoberta por meio da  fiscalização.

No entanto a concentração maior está na Unidade Metropolitana Norte, que abrange alguns bairros da capital e região metropolitana. Inclusive, nesta região, a Cagece instalou uma unidade de atendimento móvel para tentar reduzir esse índice.

O aumento de fraudes em residencias contribui negativamente com a situação hídrica que o estado enfrenta. O trabalho de fiscalização com a instalação de unidades móveis vai ser realizado em todas as regiões que apresentam instalações clandestinas. A medida faz parte do Plano de Convivência com a Seca para Fortaleza e região Metropolitana, do governo do Estado.

Confira a entrevista em áudio realizada pela Tribuna Bandnews FM: