Fenômeno "Onda de Leste" causa chuvas em cidades do Ceará

PÓS-ESTAÇÃO

Fenômeno “Ondas de Leste” causa chuvas em Fortaleza e em outras cidades do Ceará

Segundo a Funceme, as precipitações de chuva são comuns nesta época do ano no Estado

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

10 de julho de 2018 às 10:02

Há 1 semana
Chuvas em Fortaleza

A capital cearense registrou um acúmulo de 39 mm nas últimas 24h (Foto: Emílio Moreno)

Assim como previsto pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), a cidade de Fortaleza e mais 7 municípios cearenses amanheceram sob forte chuva nas últimas 24 horas. Na capital cearense, o registro foi de 39 mm e causou alagamentos em ruas e em prédios públicos. De acordo com os meteorologistas, as precipitações estão associadas à presença do Distúrbios Ondulatórios de Leste (DOL) ou Ondas de Leste.

A cidade com o maior acúmulo de chuva nas últimas 24 horas foi Pacatuba, na região Metropolitana de Fortaleza, com 94,5 mm. Logo depois, estão os municípios de Maracanaú (91 mm) e Fortaleza (39,1 mm). A Funceme ressalta que as informações ainda são parciais e devem ser atualizadas ao longo do dia.

Por nota, o órgão explicou que as precipitações no Ceará nas últimas horas são causadas pela presença dos Distúrbios Ondulatórios de Leste (DOL), que se deslocaram do oceano Atlântico em direção ao continente. “Os DOL são perturbações no campo de vento e pressão que atuam na faixa tropical do globo terrestre, em área de influência dos ventos alísios, que se deslocam desde a costa da África até o litoral leste do Brasil”, informou a Funceme.

Segundo a Fundação, o fenômeno meteorológico é comum nesta época do ano no Estado e costuma atingir os estados do lado leste da região Nordeste, causando chuvas no Ceará.

Para esta terça, a previsão é de nebulosidade variável com possíveis chuvas em todas as macrorregiões do Estado. Para a próxima quarta (11), poderá ocorrer precipitações de chuva na faixa litorânea do Estado, na região Jaguaribana, Maciço de Baturité e no Cariri.

Impacto na rotina

As plataformas do Terminal do Siqueira, em Fortaleza, ficaram alagadas com a chuva desta manhã. Alguns passageiros optaram por ficar em cima dos bancos para não serem molhados. Já no bairro José Bonifácio, no cruzamento das ruas Joaquim Magalhães com Barão do Rio Branco, as calçadas ficaram submersas. Em outro ponto da cidade, na rua Geraldo Barbosa, no bairro Bom Jardim, um morador simulou estar pescando após a rua ter ficado alagada devido às chuvas.

Confira os vídeos

 

 

 

Publicidade

Dê sua opinião

PÓS-ESTAÇÃO

Fenômeno “Ondas de Leste” causa chuvas em Fortaleza e em outras cidades do Ceará

Segundo a Funceme, as precipitações de chuva são comuns nesta época do ano no Estado

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

10 de julho de 2018 às 10:02

Há 1 semana
Chuvas em Fortaleza

A capital cearense registrou um acúmulo de 39 mm nas últimas 24h (Foto: Emílio Moreno)

Assim como previsto pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), a cidade de Fortaleza e mais 7 municípios cearenses amanheceram sob forte chuva nas últimas 24 horas. Na capital cearense, o registro foi de 39 mm e causou alagamentos em ruas e em prédios públicos. De acordo com os meteorologistas, as precipitações estão associadas à presença do Distúrbios Ondulatórios de Leste (DOL) ou Ondas de Leste.

A cidade com o maior acúmulo de chuva nas últimas 24 horas foi Pacatuba, na região Metropolitana de Fortaleza, com 94,5 mm. Logo depois, estão os municípios de Maracanaú (91 mm) e Fortaleza (39,1 mm). A Funceme ressalta que as informações ainda são parciais e devem ser atualizadas ao longo do dia.

Por nota, o órgão explicou que as precipitações no Ceará nas últimas horas são causadas pela presença dos Distúrbios Ondulatórios de Leste (DOL), que se deslocaram do oceano Atlântico em direção ao continente. “Os DOL são perturbações no campo de vento e pressão que atuam na faixa tropical do globo terrestre, em área de influência dos ventos alísios, que se deslocam desde a costa da África até o litoral leste do Brasil”, informou a Funceme.

Segundo a Fundação, o fenômeno meteorológico é comum nesta época do ano no Estado e costuma atingir os estados do lado leste da região Nordeste, causando chuvas no Ceará.

Para esta terça, a previsão é de nebulosidade variável com possíveis chuvas em todas as macrorregiões do Estado. Para a próxima quarta (11), poderá ocorrer precipitações de chuva na faixa litorânea do Estado, na região Jaguaribana, Maciço de Baturité e no Cariri.

Impacto na rotina

As plataformas do Terminal do Siqueira, em Fortaleza, ficaram alagadas com a chuva desta manhã. Alguns passageiros optaram por ficar em cima dos bancos para não serem molhados. Já no bairro José Bonifácio, no cruzamento das ruas Joaquim Magalhães com Barão do Rio Branco, as calçadas ficaram submersas. Em outro ponto da cidade, na rua Geraldo Barbosa, no bairro Bom Jardim, um morador simulou estar pescando após a rua ter ficado alagada devido às chuvas.

Confira os vídeos