Estudantes arrombam portas e ocupam Reitoria da UFC após Assembleia Geral


Estudantes arrombam portas e ocupam Reitoria da UFC após Assembleia Geral

O motivo da ocupação, segundo o Comando de Greve Estudantil da UFC, foi a negligência da Reitoria diante de reivindicações e a viagem do reitor Henry para a África do Sul

Por Thamiris Treigher em Cotidiano

2 de setembro de 2015 às 08:00

Há 4 anos
Após reunião de negociação, estudantes, Reitoria e PF não chegaram a um consenso (Foto:Reprodução)

Após reunião de negociação, estudantes, Reitoria e PF não chegaram a um consenso (Foto: Reprodução)

Na última terça-feira (1º), estudantes da Universidade Federal do Ceará (UFC) ocuparam a Reitoria da universidade após uma Assembleia Geral de Estudantes. O motivo da ocupação, segundo o Comando de Greve Estudantil da UFC, foi a negligência da Reitoria diante de reivindicações e a viagem do reitor Henry para a África do Sul.

Após reunião de negociação que durou quase duas horas entre estudantes, Reitoria e Polícia Federal (PF), não se chegou a um consenso. A PF, acionada pela Reitoria, intermediou os diálogos de estudantes com o reitor em exercício Custódio Almeida, o que segundo o Comando de Greve Estudantil, demonstra que a Reitoria não possui interesse em negociação direta com estudantes. A PF apresentou a proposta de desocupação.

“O movimento segue forte! Não desocuparemos enquanto não conquistarmos vitórias reais para estudantes, apesar da pressão psicológica e ameaça”, afirmam os estudantes que ocuparam o local. Em nota, a UFC informou que o  vice-reitor reuniu-se com cerca de 15 representantes dos estudantes grevistas e que, na ocasião, ele recebeu uma pauta de reivindicações, dialogou amplamente e acertou com os discentes encaminhamentos para todas as demandas apresentadas. Também participaram da reunião o pró-reitor de Assuntos Estudantis, Prof. Ciro Nogueira Filho, seu adjunto, professor Manuel Furtado, e o coordenador da Agência de Estágios, Prof. Rogério Mâsih.

No período da tarde, surpreendentemente, um grupo de pessoas, várias delas mascaradas, arrombou portas da Reitoria, invadiu e pichou o prédio, expulsando funcionários e se apossando do recinto. Mesmo diante da atitude violenta, o Vice-Reitor ainda tentou, novamente, o diálogo com o grupo. No entanto, os invasores negaram-se ao debate e resolveram prosseguir com a ação, sem apresentar, naquele momento, nenhuma reivindicação à gestão da Universidade”, afirmou em nota a UFC.

Na manhã desta quarta-feira (02), o Comando de Greve Estudantil da UFC realiza o “Café da Manhã na ocupação da Reitoria”, com o objetivo de realizar uma  reunião extraordinária com o reitor em exercício e uma coletiva de imprensa. Segundo a página do Comando no Facebook, nesta manhã (02) a Polícia Federal bloqueia os portões da Reitoria e proíbe os estudantes de entrarem na ocupação que a Reitoria negocia. “Agora todo o apoio e mobilização, inclusive dos lados de fora dos portões, é fundamental”, afirma o Comando.

Confira imagens da ocupação:

Estudantes da UFC ocupam Reitoria
1/4

Estudantes da UFC ocupam Reitoria

(Foto: Comando de Greve Estudantil – UFC/Facebook/Reprodução)

Estudantes da UFC ocupam Reitoria
2/4

Estudantes da UFC ocupam Reitoria

(Foto: Reprodução)

Estudantes da UFC ocupam Reitoria
3/4

Estudantes da UFC ocupam Reitoria

(Foto: Reprodução)

Estudantes da UFC ocupam Reitoria
4/4

Estudantes da UFC ocupam Reitoria

(Foto: Comando de Greve Estudantil – UFC/Facebook/Reprodução)

 

Publicidade

Dê sua opinião

Estudantes arrombam portas e ocupam Reitoria da UFC após Assembleia Geral

O motivo da ocupação, segundo o Comando de Greve Estudantil da UFC, foi a negligência da Reitoria diante de reivindicações e a viagem do reitor Henry para a África do Sul

Por Thamiris Treigher em Cotidiano

2 de setembro de 2015 às 08:00

Há 4 anos
Após reunião de negociação, estudantes, Reitoria e PF não chegaram a um consenso (Foto:Reprodução)

Após reunião de negociação, estudantes, Reitoria e PF não chegaram a um consenso (Foto: Reprodução)

Na última terça-feira (1º), estudantes da Universidade Federal do Ceará (UFC) ocuparam a Reitoria da universidade após uma Assembleia Geral de Estudantes. O motivo da ocupação, segundo o Comando de Greve Estudantil da UFC, foi a negligência da Reitoria diante de reivindicações e a viagem do reitor Henry para a África do Sul.

Após reunião de negociação que durou quase duas horas entre estudantes, Reitoria e Polícia Federal (PF), não se chegou a um consenso. A PF, acionada pela Reitoria, intermediou os diálogos de estudantes com o reitor em exercício Custódio Almeida, o que segundo o Comando de Greve Estudantil, demonstra que a Reitoria não possui interesse em negociação direta com estudantes. A PF apresentou a proposta de desocupação.

“O movimento segue forte! Não desocuparemos enquanto não conquistarmos vitórias reais para estudantes, apesar da pressão psicológica e ameaça”, afirmam os estudantes que ocuparam o local. Em nota, a UFC informou que o  vice-reitor reuniu-se com cerca de 15 representantes dos estudantes grevistas e que, na ocasião, ele recebeu uma pauta de reivindicações, dialogou amplamente e acertou com os discentes encaminhamentos para todas as demandas apresentadas. Também participaram da reunião o pró-reitor de Assuntos Estudantis, Prof. Ciro Nogueira Filho, seu adjunto, professor Manuel Furtado, e o coordenador da Agência de Estágios, Prof. Rogério Mâsih.

No período da tarde, surpreendentemente, um grupo de pessoas, várias delas mascaradas, arrombou portas da Reitoria, invadiu e pichou o prédio, expulsando funcionários e se apossando do recinto. Mesmo diante da atitude violenta, o Vice-Reitor ainda tentou, novamente, o diálogo com o grupo. No entanto, os invasores negaram-se ao debate e resolveram prosseguir com a ação, sem apresentar, naquele momento, nenhuma reivindicação à gestão da Universidade”, afirmou em nota a UFC.

Na manhã desta quarta-feira (02), o Comando de Greve Estudantil da UFC realiza o “Café da Manhã na ocupação da Reitoria”, com o objetivo de realizar uma  reunião extraordinária com o reitor em exercício e uma coletiva de imprensa. Segundo a página do Comando no Facebook, nesta manhã (02) a Polícia Federal bloqueia os portões da Reitoria e proíbe os estudantes de entrarem na ocupação que a Reitoria negocia. “Agora todo o apoio e mobilização, inclusive dos lados de fora dos portões, é fundamental”, afirma o Comando.

Confira imagens da ocupação:

Estudantes da UFC ocupam Reitoria
1/4

Estudantes da UFC ocupam Reitoria

(Foto: Comando de Greve Estudantil – UFC/Facebook/Reprodução)

Estudantes da UFC ocupam Reitoria
2/4

Estudantes da UFC ocupam Reitoria

(Foto: Reprodução)

Estudantes da UFC ocupam Reitoria
3/4

Estudantes da UFC ocupam Reitoria

(Foto: Reprodução)

Estudantes da UFC ocupam Reitoria
4/4

Estudantes da UFC ocupam Reitoria

(Foto: Comando de Greve Estudantil – UFC/Facebook/Reprodução)