Dois açudes no Ceará atingem 100% da capacidade hídrica

ALEGRIA

Dois açudes no Ceará atingem 100% da capacidade hídrica

Apesar das chuvas, a maioria e os principais açudes do Estado ainda estão com menos de 10% da capacidade

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

5 de Março de 2017 às 13:10

Há 9 meses
Açude Maranguapinho já sangrou. (Foto: Reprodução)

Açude Maranguapinho já sangrou. (Foto: Reprodução)

Diante da intensidade das chuvas que banharam o Ceará no mês de fevereiro e início de março, o Estado recomeçou a ter açudes com armazenamento de água em 100%. Os açudes Maranguapinho, no município de Maranguape, e o açude Caldeirões, em Saboeiro já sangraram e estão operando neste domingo (5) com volume total de armazenamento hídrico.

Além deles, os açudes Curral Velho (12 mil m3 de água), em Morada Nova; e o açude Gavião, na Região Metropolitana de Fortaleza, têm mais de 80% do volume preenchido. O Gavião tem capacidade de armazenar 53 milhões de metros cúbicos de água e abastece Fortaleza. As informações são da Secretaria de Recursos Hídricos.

Apesar das chuvas, a maioria e os principais açudes do Estado ainda estão com menos de 10% da capacidade. O Castanhão, o maior, opera com 5,23% da capacidade; o Orós tem 10,12% da capacidade; e o Banabuiú – terceiro maior do Ceará, tem apenas 0,59%.

Funceme
A previsão da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) é de chuvas isoladas em todas as regiões cearenses ao longo do dia.

Volume dos açudes segundo a Secretaria de Recursos Hídricos. (Foto: Reprodução)

Volume dos açudes segundo a Secretaria de Recursos Hídricos. (Foto: Reprodução)

Publicidade

Dê sua opinião

ALEGRIA

Dois açudes no Ceará atingem 100% da capacidade hídrica

Apesar das chuvas, a maioria e os principais açudes do Estado ainda estão com menos de 10% da capacidade

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

5 de Março de 2017 às 13:10

Há 9 meses
Açude Maranguapinho já sangrou. (Foto: Reprodução)

Açude Maranguapinho já sangrou. (Foto: Reprodução)

Diante da intensidade das chuvas que banharam o Ceará no mês de fevereiro e início de março, o Estado recomeçou a ter açudes com armazenamento de água em 100%. Os açudes Maranguapinho, no município de Maranguape, e o açude Caldeirões, em Saboeiro já sangraram e estão operando neste domingo (5) com volume total de armazenamento hídrico.

Além deles, os açudes Curral Velho (12 mil m3 de água), em Morada Nova; e o açude Gavião, na Região Metropolitana de Fortaleza, têm mais de 80% do volume preenchido. O Gavião tem capacidade de armazenar 53 milhões de metros cúbicos de água e abastece Fortaleza. As informações são da Secretaria de Recursos Hídricos.

Apesar das chuvas, a maioria e os principais açudes do Estado ainda estão com menos de 10% da capacidade. O Castanhão, o maior, opera com 5,23% da capacidade; o Orós tem 10,12% da capacidade; e o Banabuiú – terceiro maior do Ceará, tem apenas 0,59%.

Funceme
A previsão da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) é de chuvas isoladas em todas as regiões cearenses ao longo do dia.

Volume dos açudes segundo a Secretaria de Recursos Hídricos. (Foto: Reprodução)

Volume dos açudes segundo a Secretaria de Recursos Hídricos. (Foto: Reprodução)