Corpo do estudante de Gastronomia desaparecido há uma semana é encontrado

NO IML

Corpo do estudante de Gastronomia desaparecido há uma semana é encontrado

Amigos do jovem realizam campanha nas redes sociais para arrecadar recursos para trazer a família do estudante para Fortaleza

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

6 de Abril de 2018 às 19:54

Há 7 meses
diego desaparecido

Diego estava desaparecido desde o dia 30 de março(FOTO: Reprodução Facebook)

O corpo do estudante Diego Monteiro, do curso de Gastronomia da Universidade Federal do Ceará (UFC), foi encontrado no fim da tarde desta sexta-feira (6). Segundo colegas de Diego, o paulista já estava sem vida e foi encaminhado para o Instituo Médico Legal (IML).

A informação foi divulgada por amigos nas redes sociais. Ainda não há detalhes sobre o local e a situação em que o jovem foi encontrado.

Uma campanha está sendo realizada pelos amigos de curso para arrecadar recursos para custear as passagens de ida e volta dos familiares do estudante e para que o sepultamento ocorra na sua cidade natal, Araraquara, interior de SP.

Diego Monteiro morava no bairro Presidente Kennedy, próximo ao campus do Pici da UFC. Segundo o porteiro do prédio onde o estudante residia, o rapaz havia saído em um carro prata no dia 30 de março, data do desaparecimento

Amigos do estudantes compartilharam a notícia nas redes sociais

A amiga do estudante, Ana Caroline, afirmou, durante as buscas, que a família do rapaz estava muito abalada com o desaparecimento. “A última vez em que falei com ele foi na quinta, 13h. Depois disso, ele desapareceu, as mensagens não chegam mais. O telefone tá desligado e a caixa de mensagem tá cheia”, contou Caroline.

O Tribuna do Ceará entrou em contato com a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) para saber onde o corpo foi encontrado e se há indícios da causa da morte. Em nota, o órgão informou que ontem (6), identificou o corpo do estudante Diego Gonçalves Lima Monteiro (28), que teve seu desaparecimento registrado em Boletim de Ocorrência (B.O.) no último dia 4 de abril.

O corpo foi encontrado no dia 29 de março último, na Rua Joaquim Moreira, próximo à lagoa do bairro Parangaba, e apresentava uma lesão por arma de fogo na cabeça.

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) informa que 5ª Delegacia da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está responsável pelas investigações acerca da morte de Diego. Mais detalhes serão passados no momento oportuno.

Publicidade

Dê sua opinião

NO IML

Corpo do estudante de Gastronomia desaparecido há uma semana é encontrado

Amigos do jovem realizam campanha nas redes sociais para arrecadar recursos para trazer a família do estudante para Fortaleza

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

6 de Abril de 2018 às 19:54

Há 7 meses
diego desaparecido

Diego estava desaparecido desde o dia 30 de março(FOTO: Reprodução Facebook)

O corpo do estudante Diego Monteiro, do curso de Gastronomia da Universidade Federal do Ceará (UFC), foi encontrado no fim da tarde desta sexta-feira (6). Segundo colegas de Diego, o paulista já estava sem vida e foi encaminhado para o Instituo Médico Legal (IML).

A informação foi divulgada por amigos nas redes sociais. Ainda não há detalhes sobre o local e a situação em que o jovem foi encontrado.

Uma campanha está sendo realizada pelos amigos de curso para arrecadar recursos para custear as passagens de ida e volta dos familiares do estudante e para que o sepultamento ocorra na sua cidade natal, Araraquara, interior de SP.

Diego Monteiro morava no bairro Presidente Kennedy, próximo ao campus do Pici da UFC. Segundo o porteiro do prédio onde o estudante residia, o rapaz havia saído em um carro prata no dia 30 de março, data do desaparecimento

Amigos do estudantes compartilharam a notícia nas redes sociais

A amiga do estudante, Ana Caroline, afirmou, durante as buscas, que a família do rapaz estava muito abalada com o desaparecimento. “A última vez em que falei com ele foi na quinta, 13h. Depois disso, ele desapareceu, as mensagens não chegam mais. O telefone tá desligado e a caixa de mensagem tá cheia”, contou Caroline.

O Tribuna do Ceará entrou em contato com a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) para saber onde o corpo foi encontrado e se há indícios da causa da morte. Em nota, o órgão informou que ontem (6), identificou o corpo do estudante Diego Gonçalves Lima Monteiro (28), que teve seu desaparecimento registrado em Boletim de Ocorrência (B.O.) no último dia 4 de abril.

O corpo foi encontrado no dia 29 de março último, na Rua Joaquim Moreira, próximo à lagoa do bairro Parangaba, e apresentava uma lesão por arma de fogo na cabeça.

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) informa que 5ª Delegacia da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está responsável pelas investigações acerca da morte de Diego. Mais detalhes serão passados no momento oportuno.