Conceito de casa em contêiner chega a Fortaleza, com custo de obra 30% menor

MORADIA SUSTENTÁVEL

Conceito de casa em contêiner chega a Fortaleza, com custo de obra 30% menor

Uma das vantagens desse modelo de construção é que a casa pode ser deslocada de um terreno para o outro, com facilidade

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

17 de setembro de 2018 às 07:15

Há 1 mês
Contêineres em referência a Casas em contêineres oferecem novo conceito de moradia em Fortaleza

As casas em contêineres podem ser transportadas de um terreno para outro sem prejuízo (FOTO: Divulgação)

Um novo conceito de moradia chega de forma pioneira ao Ceará, trazendo inovação, sustentabilidade e economia. O projeto de construção de casas de contêineres é uma ideia inovadora que já existe em alguns estados do Brasil e agora chega ao estado.

De acordo com arquiteto do projeto, Gildomar Lima, a ideia era fazer um projeto totalmente inovador. “Com acabamento de apartamento padrão no interior do contêiner, o que dá melhores condições de habitabilidade”.

O projeto prioriza o meio ambiente, o uso consciente dos recursos naturais, o baixo consumo de energia e uma economia de cerca de 90% de água, durante a obra, em comparação às construções tradicionais. “O material é bastante durável e o revestimento térmico aplicado na obra garante temperatura adequada tanto no inverno como no verão”.

Por tratar de contêineres marítimos reutilizados, o material pode ser aplicado tanto em residências como em estabelecimentos comerciais, de imediato. “Essas construções tem um custo de obra cerca de 30% menor que as construções tradicionais em alvenaria”. A possibilidade de deslocamento também é um fator que diferencia esse projeto e se destaca no que diz respeito à execução de moradias.

Interior em referência a Casas em contêineres oferecem novo conceito de moradia em Fortaleza

As casas tem um acabamento padrão de apartamento em seu interior (FOTO: Divulgação)

De acordo com o arquiteto, as unidades podem ser transportadas de um terreno para outro sem prejuízo para habitabilidade. “Muitas vezes, o cliente não dispõe de um terreno definitivo para a instalação da casa. Ele pode fazer o uso de um terreno temporário e depois, mover a casa para outro local, se for necessário”.

A montagem é feita em apenas um dia, dependendo dos acabamentos finais externos, para serem deslocadas até o local escolhido. As casa ficam prontas em cerca de 60 dias e podem variar de tamanho e modelo, de acordo com o gosto de cliente e a configuração do terreno, definidos pelo projeto de arquitetura, já incluso.

Serviço:

GSOL Contruções Sustentáveis – (85) 3032.4931.

Publicidade

Dê sua opinião

MORADIA SUSTENTÁVEL

Conceito de casa em contêiner chega a Fortaleza, com custo de obra 30% menor

Uma das vantagens desse modelo de construção é que a casa pode ser deslocada de um terreno para o outro, com facilidade

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

17 de setembro de 2018 às 07:15

Há 1 mês
Contêineres em referência a Casas em contêineres oferecem novo conceito de moradia em Fortaleza

As casas em contêineres podem ser transportadas de um terreno para outro sem prejuízo (FOTO: Divulgação)

Um novo conceito de moradia chega de forma pioneira ao Ceará, trazendo inovação, sustentabilidade e economia. O projeto de construção de casas de contêineres é uma ideia inovadora que já existe em alguns estados do Brasil e agora chega ao estado.

De acordo com arquiteto do projeto, Gildomar Lima, a ideia era fazer um projeto totalmente inovador. “Com acabamento de apartamento padrão no interior do contêiner, o que dá melhores condições de habitabilidade”.

O projeto prioriza o meio ambiente, o uso consciente dos recursos naturais, o baixo consumo de energia e uma economia de cerca de 90% de água, durante a obra, em comparação às construções tradicionais. “O material é bastante durável e o revestimento térmico aplicado na obra garante temperatura adequada tanto no inverno como no verão”.

Por tratar de contêineres marítimos reutilizados, o material pode ser aplicado tanto em residências como em estabelecimentos comerciais, de imediato. “Essas construções tem um custo de obra cerca de 30% menor que as construções tradicionais em alvenaria”. A possibilidade de deslocamento também é um fator que diferencia esse projeto e se destaca no que diz respeito à execução de moradias.

Interior em referência a Casas em contêineres oferecem novo conceito de moradia em Fortaleza

As casas tem um acabamento padrão de apartamento em seu interior (FOTO: Divulgação)

De acordo com o arquiteto, as unidades podem ser transportadas de um terreno para outro sem prejuízo para habitabilidade. “Muitas vezes, o cliente não dispõe de um terreno definitivo para a instalação da casa. Ele pode fazer o uso de um terreno temporário e depois, mover a casa para outro local, se for necessário”.

A montagem é feita em apenas um dia, dependendo dos acabamentos finais externos, para serem deslocadas até o local escolhido. As casa ficam prontas em cerca de 60 dias e podem variar de tamanho e modelo, de acordo com o gosto de cliente e a configuração do terreno, definidos pelo projeto de arquitetura, já incluso.

Serviço:

GSOL Contruções Sustentáveis – (85) 3032.4931.