Cearense produz bancos que não necessitam de parafusos para montagem


Cearense produz bancos que não necessitam de parafusos para montagem

Arquiteta cearense assegura que os assentos não ficam instáveis; os bancos possuem design moderno e chamam a atenção dos clientes por serem 100% de encaixe

Por Roberta Tavares em Cotidiano

4 de abril de 2015 às 07:00

Há 4 anos
Paulo Monteiro e Dora Coelho lançaram linha de bancos de encaixe e começam a fazer sucesso em São Paulo (FOTO: Arquivo pessoal)

Paulo Monteiro e Dora Coelho lançaram linha de bancos de encaixe e começam a fazer sucesso em São Paulo (FOTO: Arquivo pessoal)

Já imaginou comprar móveis que não precisam de parafusos para se sustentar? A arquiteta cearense Dora Coelho, de 27 anos, teve a ideia de criar uma linha de bancos de fácil montagem, sem a utilização de parafusos, pregos ou ferramentas.

Em busca de novas perspectivas profissionais, a jovem viajou a São Paulo, logo após se formar em Arquitetura. Lá, fez curso de design de móveis e aprimorou técnicas de fabricação de digital. Foi quando conheceu Paulo Monteiro, que se tornou sócio da cearense para a criação da empresa Meio Milímetro. “Eu sempre tive interesse em estudar outras áreas dentro da arquitetura e do design, cursos que não via muito em Fortaleza. Eu vim procurar isso em São Paulo, até que aprendi a trabalhar com fabricação digital, onde a máquina faz o corte e a gente faz o acabamento à mão, cenografia e marcenaria”, explica a arquiteta.

Segundo disse, o início do processo criativo focou na linha de encaixe, com bancos cortados e montados sem a necessidade de parafuso. “Não tem perigo de ficar instável, porque passamos muito tempo prototipando, conversando e querendo fazer da melhor forma possível. Até que a gente chegou aos modelos finais”. A arquiteta só não aconselha a montagem e desmontagem excessiva do banco, para evitar arranhões nas peças e frouxidão nos encaixes.

A primeira linha de bancos possui design exclusivo e desenhado a partir de referências do cinema, da arte e das formas brasileiras. E o estilo dos assentos não é por acaso. A simplicidade na produção, a versatilidade e a facilidade em comercializar na internet também foram pontos levados em conta pela dupla. “Começamos a ver potencial nesse tipo de móveis de encaixe e perceber a possibilidade comercial nisso”, acrescenta Paulo Monteiro. Eles ainda podem ser usados como mesa de canto ou criado-mudo.

Além de fáceis de montar, os móveis também são simples de transportar. O menor deles, chamado Itamaraty, possui apenas 45 centímetros de altura e 2,4 kg. Intitulados Stormtrooper, Volpi, Colmeia e Itamaraty, os bancos podem ser encontrados nas cores branca, preta, amarela, vermelha e roxa. “A gente ainda tem um modelo maior do Volpi, para dois lugares, mas ainda não encontramos transportadora para enviar. Por isso, vendemos só por aqui, em São Paulo”, explica o sócio.

Apesar de a loja online ter sido aberta no início deste mês de março, Dora revela que já gera bons frutos. Os cearenses e os paulistas são os grandes clientes da Meio Milímetro, que tem a intenção de crescer, produzir bancos maiores e até com a temática infantil. O fato de os assentos serem 100% de encaixe, chama a atenção dos consumidores. “A marca foi lançada em fevereiro, e o site em março. No mercado ainda não existem muitos bancos nesse estilo. É uma modalidade que está ganhando força agora”, conclui.

Confira os estilos:

Bancos de encaixe
1/4

Bancos de encaixe

Banco Itamaraty está disponível em branco, preto, roxo e amarelo; a partir de R$ 177,60 (FOTO: Divulgação)

Bancos de encaixe
2/4

Bancos de encaixe

Banco Stormtrooper está disponível em branco, preto, roxo e amarelo; a partir de R$ 177,60 (FOTO: Divulgação)

Bancos de encaixe
3/4

Bancos de encaixe

Banco Colmeia está disponível em branco, preto, roxo e amarelo; a partir de R$ 177,60 (FOTO: Divulgação)

Bancos de encaixe
4/4

Bancos de encaixe

Banco Stormtrooper está disponível em branco, preto, roxo e amarelo; a partir de R$ 220,80 (FOTO: Divulgação)

Publicidade

Dê sua opinião

Cearense produz bancos que não necessitam de parafusos para montagem

Arquiteta cearense assegura que os assentos não ficam instáveis; os bancos possuem design moderno e chamam a atenção dos clientes por serem 100% de encaixe

Por Roberta Tavares em Cotidiano

4 de abril de 2015 às 07:00

Há 4 anos
Paulo Monteiro e Dora Coelho lançaram linha de bancos de encaixe e começam a fazer sucesso em São Paulo (FOTO: Arquivo pessoal)

Paulo Monteiro e Dora Coelho lançaram linha de bancos de encaixe e começam a fazer sucesso em São Paulo (FOTO: Arquivo pessoal)

Já imaginou comprar móveis que não precisam de parafusos para se sustentar? A arquiteta cearense Dora Coelho, de 27 anos, teve a ideia de criar uma linha de bancos de fácil montagem, sem a utilização de parafusos, pregos ou ferramentas.

Em busca de novas perspectivas profissionais, a jovem viajou a São Paulo, logo após se formar em Arquitetura. Lá, fez curso de design de móveis e aprimorou técnicas de fabricação de digital. Foi quando conheceu Paulo Monteiro, que se tornou sócio da cearense para a criação da empresa Meio Milímetro. “Eu sempre tive interesse em estudar outras áreas dentro da arquitetura e do design, cursos que não via muito em Fortaleza. Eu vim procurar isso em São Paulo, até que aprendi a trabalhar com fabricação digital, onde a máquina faz o corte e a gente faz o acabamento à mão, cenografia e marcenaria”, explica a arquiteta.

Segundo disse, o início do processo criativo focou na linha de encaixe, com bancos cortados e montados sem a necessidade de parafuso. “Não tem perigo de ficar instável, porque passamos muito tempo prototipando, conversando e querendo fazer da melhor forma possível. Até que a gente chegou aos modelos finais”. A arquiteta só não aconselha a montagem e desmontagem excessiva do banco, para evitar arranhões nas peças e frouxidão nos encaixes.

A primeira linha de bancos possui design exclusivo e desenhado a partir de referências do cinema, da arte e das formas brasileiras. E o estilo dos assentos não é por acaso. A simplicidade na produção, a versatilidade e a facilidade em comercializar na internet também foram pontos levados em conta pela dupla. “Começamos a ver potencial nesse tipo de móveis de encaixe e perceber a possibilidade comercial nisso”, acrescenta Paulo Monteiro. Eles ainda podem ser usados como mesa de canto ou criado-mudo.

Além de fáceis de montar, os móveis também são simples de transportar. O menor deles, chamado Itamaraty, possui apenas 45 centímetros de altura e 2,4 kg. Intitulados Stormtrooper, Volpi, Colmeia e Itamaraty, os bancos podem ser encontrados nas cores branca, preta, amarela, vermelha e roxa. “A gente ainda tem um modelo maior do Volpi, para dois lugares, mas ainda não encontramos transportadora para enviar. Por isso, vendemos só por aqui, em São Paulo”, explica o sócio.

Apesar de a loja online ter sido aberta no início deste mês de março, Dora revela que já gera bons frutos. Os cearenses e os paulistas são os grandes clientes da Meio Milímetro, que tem a intenção de crescer, produzir bancos maiores e até com a temática infantil. O fato de os assentos serem 100% de encaixe, chama a atenção dos consumidores. “A marca foi lançada em fevereiro, e o site em março. No mercado ainda não existem muitos bancos nesse estilo. É uma modalidade que está ganhando força agora”, conclui.

Confira os estilos:

Bancos de encaixe
1/4

Bancos de encaixe

Banco Itamaraty está disponível em branco, preto, roxo e amarelo; a partir de R$ 177,60 (FOTO: Divulgação)

Bancos de encaixe
2/4

Bancos de encaixe

Banco Stormtrooper está disponível em branco, preto, roxo e amarelo; a partir de R$ 177,60 (FOTO: Divulgação)

Bancos de encaixe
3/4

Bancos de encaixe

Banco Colmeia está disponível em branco, preto, roxo e amarelo; a partir de R$ 177,60 (FOTO: Divulgação)

Bancos de encaixe
4/4

Bancos de encaixe

Banco Stormtrooper está disponível em branco, preto, roxo e amarelo; a partir de R$ 220,80 (FOTO: Divulgação)