Banco do Nordeste vai facilitar o acesso de estudantes ao Fies a partir do 2º semestre

ENSINO SUPERIOR

Banco do Nordeste vai facilitar o acesso de estudantes ao Fies a partir do 2º semestre

O Banco do Nordeste passa a conceder linhas de crédito a estudantes por meio do Fies. O BNB também vai investir R$ 7 bilhões no Ceará

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

17 de Maio de 2018 às 13:35

Há 1 semana
Entrevista do presidente do BNB na Tribuna Band News

Segundo o presidente do BNB, todo o processo do financiamento é feito virtualmente (Foto: Emílio Moreno/Tribuna do Ceará)

Uma oportunidade para os estudantes que buscam financiamento para cursar ensino superior em universidade particular. A partir deste ano, o Banco do Nordeste (BNB) passa a conceder crédito por meio do Programa de Financiamento Estudantil (Fies).

Segundo informou o presidente do BNB, Romildo Rolim, em entrevista à Rádio Tribuna Band News FM na manhã desta quinta-feira (17), a operacionalização do financiamento será intensificada no próximo semestre.

“Financiar a educação é financiar o desenvolvimento. As linhas de crédito terão recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e terão prazos e taxas atrativas. Existem as regras do Ministério da Educação (MEC) para o credenciamento do estudante”, comenta.

Romildo explica que o acadêmico contemplado pelo financiamento por meio do BNB terá o dobro do prazo de conclusão do curso para pagar a dívida. “Se o curso for de 4 anos, ele tem o dobro do prazo para pagar. No caso, 8 anos. As agências do BNB estão trabalhando para atender os estudantes, e todo o processo é feito virtualmente”, acrescenta.

Segundo o BNB, o candidato ao financiamento precisa ter renda de até 5 salários mínimos per capita, ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e apresentar nota superior a 450. Além disso, o estudante precisa estar matriculado em instituições de ensino, indicando o BNB como agente financeiro.

Confira outros assuntos abordados na entrevista:

Investimento de R$ 7 bilhões ao Ceará

“O BNB tem um orçamento de aplicação de R$ 42 bilhões para atender toda a sua área de atuação. Para o Ceará, temos um orçamento de R$ 7 bilhões, sendo R$ 5 bilhões com recursos do FNE e o restante é voltado para programa de microfinanças”.

Renegociação de dívidas

“O BNB vem operacionalizando desde o ano passado o benefício da regularização de dívidas rurais para aqueles contratos celebrados até dezembro de 2011. O produtor tem duas opções: ou liquidar a sua dívida com descontos de até 95% ou pode prorrogar o pagamento para o período de 2021 até 2030”, pontua.

 Parceria com a Caixa

“A parceria com as Casas Lotéricas e Caixa Econômica é importante, porque aumentamos a capilaridade de atendimento do BNB. O cliente do banco do bairro do dele, se tiver uma casa lotérica, poder consultar o saldo dele, pagar um boleto ou sacar dinheiro. Era um pedido do cliente. Nas capitais, está já funcionalizando e, a partir de 11 junho, já deve funcionar em todas os locais”.

Confira abaixo a entrevista completa:

AO VIVO: Acompanhe a entrevista com o presidente do Banco do Nordeste, Romildo Rolim. Ele conversa com Ariane Cajazeiras e Daniella de Lavor. Assista!

Posted by Tribuna do Ceará on Thursday, May 17, 2018

 

Publicidade

Dê sua opinião

ENSINO SUPERIOR

Banco do Nordeste vai facilitar o acesso de estudantes ao Fies a partir do 2º semestre

O Banco do Nordeste passa a conceder linhas de crédito a estudantes por meio do Fies. O BNB também vai investir R$ 7 bilhões no Ceará

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

17 de Maio de 2018 às 13:35

Há 1 semana
Entrevista do presidente do BNB na Tribuna Band News

Segundo o presidente do BNB, todo o processo do financiamento é feito virtualmente (Foto: Emílio Moreno/Tribuna do Ceará)

Uma oportunidade para os estudantes que buscam financiamento para cursar ensino superior em universidade particular. A partir deste ano, o Banco do Nordeste (BNB) passa a conceder crédito por meio do Programa de Financiamento Estudantil (Fies).

Segundo informou o presidente do BNB, Romildo Rolim, em entrevista à Rádio Tribuna Band News FM na manhã desta quinta-feira (17), a operacionalização do financiamento será intensificada no próximo semestre.

“Financiar a educação é financiar o desenvolvimento. As linhas de crédito terão recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e terão prazos e taxas atrativas. Existem as regras do Ministério da Educação (MEC) para o credenciamento do estudante”, comenta.

Romildo explica que o acadêmico contemplado pelo financiamento por meio do BNB terá o dobro do prazo de conclusão do curso para pagar a dívida. “Se o curso for de 4 anos, ele tem o dobro do prazo para pagar. No caso, 8 anos. As agências do BNB estão trabalhando para atender os estudantes, e todo o processo é feito virtualmente”, acrescenta.

Segundo o BNB, o candidato ao financiamento precisa ter renda de até 5 salários mínimos per capita, ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e apresentar nota superior a 450. Além disso, o estudante precisa estar matriculado em instituições de ensino, indicando o BNB como agente financeiro.

Confira outros assuntos abordados na entrevista:

Investimento de R$ 7 bilhões ao Ceará

“O BNB tem um orçamento de aplicação de R$ 42 bilhões para atender toda a sua área de atuação. Para o Ceará, temos um orçamento de R$ 7 bilhões, sendo R$ 5 bilhões com recursos do FNE e o restante é voltado para programa de microfinanças”.

Renegociação de dívidas

“O BNB vem operacionalizando desde o ano passado o benefício da regularização de dívidas rurais para aqueles contratos celebrados até dezembro de 2011. O produtor tem duas opções: ou liquidar a sua dívida com descontos de até 95% ou pode prorrogar o pagamento para o período de 2021 até 2030”, pontua.

 Parceria com a Caixa

“A parceria com as Casas Lotéricas e Caixa Econômica é importante, porque aumentamos a capilaridade de atendimento do BNB. O cliente do banco do bairro do dele, se tiver uma casa lotérica, poder consultar o saldo dele, pagar um boleto ou sacar dinheiro. Era um pedido do cliente. Nas capitais, está já funcionalizando e, a partir de 11 junho, já deve funcionar em todas os locais”.

Confira abaixo a entrevista completa:

AO VIVO: Acompanhe a entrevista com o presidente do Banco do Nordeste, Romildo Rolim. Ele conversa com Ariane Cajazeiras e Daniella de Lavor. Assista!

Posted by Tribuna do Ceará on Thursday, May 17, 2018