Saiba a diferença entre jumento, burro, jegue, asno, besta e cavalo

Saiba a diferença entre jumento, burro, jegue, asno, besta e cavalo

O Tribuna do Ceará tira suas dúvidas sobre o mundo animal. Você sabia que o cruzamento de um jumento com uma égua gera um burro?

Por Roberta Tavares em Ceará

13 de março de 2014 às 15:30

Há 3 anos

“O jumento é nosso irmão, quer queira, quer não. O jumento sempre foi o maior desenvolvimentista do sertão…”

Como diz Luiz Gonzaga, na música Apologia ao Jumento, o animal habita – principalmente – o sertão. Por isso, é tão comum ver jumentos, burros e cavalos nas estradas do Ceará. Mesmo assim, muita gente não sabe a diferença entre esses animais, e tampouco que fazem parte de três espécies distintas.

Para detalhar as diferenças, o Tribuna do Ceará conversou com o veterinário José Amorim, que explicou as características de cada espécie. O cavalo (macho) e a égua (fêmea) são equinos. Já os jumentos e jumentas são asininos. Os burros e as mulas (bestas) são muares.

(ARTE: Tiago Leite)

(ARTE: Tiago Leite)

Asno e jegue são denominações populares atribuídas ao jumento. A cria do cruzamento do jumento (Equus asinus) com a égua (Equus caballus) se chama burro, caso seja do sexo masculino, e mula (besta), caso seja fêmea. O cruzamento de um cavalo com uma jumenta gera o bardoto. “Esses muares são animais híbridos, ou seja, não se reproduzem. Eles são frutos de cruzamento de duas espécies diferentes”, explica Amorim.

Eles são estéreis porque o Equus caballus possui 64 cromossomos e o Equus asinus, 62, resultado em filhotes com 63 cromossomos. Cromossomos de número ímpar conferem alterações na meiose, dificultando a viabilidade da reprodução.

Diferenças físicas

Os cavalos têm pelagem específica dos equinos, pescoço mais alongado e cabeça mais definida. Os asininos (jumentos) são menores, têm pescoço menor, mais grosso, pelagem cinza e uma cruz na linha dorsal.

“No caso dos híbridos, se for burro (cruzamento de jumento com égua), o filhote nasce mais parecido com jumento. Se for bardoto (cruzamento cavalo com jumenta), o filhote será mais parecido com cavalo”, aponta o veterinário.

Jumento e burro

Tanto jumento quanto burro são resistentes e considerados animais de carga. Uma das principais diferenças entre eles é o tamanho das orelhas. As dos jumentos são bem maiores.

Jumentos
1/9

Jumentos

Jumentos também são chamados, popularmente, de asnos ou jegues (FOTO: Eduardo Aprício/Arquivo Pessoal)

Jumentos
2/9

Jumentos

Jumentos também são chamados, popularmente, de asnos ou jegues (FOTO: Eduardo Aprício/Arquivo Pessoal)

Jumentos
3/9

Jumentos

Jumentos também são chamados, popularmente, de asnos ou jegues (FOTO: Eduardo Aprício/Arquivo Pessoal)

Jumentos
4/9

Jumentos

Jumentos também são chamados, popularmente, de asnos ou jegues (FOTO: Eduardo Aprício/Arquivo Pessoal)

Cavalos
5/9

Cavalos

O cavalo (macho) e a égua (fêmea) são equinos (FOTO: Divulgação)

Cavalos
6/9

Cavalos

O cavalo (macho) e a égua (fêmea) são equinos (FOTO: Divulgação)

Cavalos
7/9

Cavalos

O cavalo (macho) e a égua (fêmea) são equinos (FOTO: Divulgação)

Burros
8/9

Burros

Burro (macho) é resultado do cruzamento do jumento com a égua e, por isso, é híbrido e estéril (FOTO: Divulgação)

Burros
9/9

Burros

Burro (macho) é resultado do cruzamento do jumento com a égua e, por isso, é híbrido e estéril (FOTO: Divulgação)

Em relação ao porte, mulas e burros são mais altos que os jumentos. O porte depende do tamanho da égua que lhes originou, mas costuma ser mais de 1,5 m. A pelagem também é um ponto importante para se destacar. O jumento é mais peludo e tem várias formas de pelagem – acinzentada, branca e preta. Já o pelo da mula/burro é baixo como o do cavalo.

> LEIA MAIS

A curiosidade é que o jumento, inclusive, é citado em documentos como a Bíblia, evidenciando que é um animal que tem contato com a espécie humana há muito tempo. Durante séculos foi meio de transporte, animal de estimação e, até mesmo, dado como herança como um bem valioso. Com a urbanização, hoje se vê muitos destes animais soltos, abandonados, por terem sido substituídos por motocicletas e automóveis.

Publicidade

Dê sua opinião

Saiba a diferença entre jumento, burro, jegue, asno, besta e cavalo

O Tribuna do Ceará tira suas dúvidas sobre o mundo animal. Você sabia que o cruzamento de um jumento com uma égua gera um burro?

Por Roberta Tavares em Ceará

13 de março de 2014 às 15:30

Há 3 anos

“O jumento é nosso irmão, quer queira, quer não. O jumento sempre foi o maior desenvolvimentista do sertão…”

Como diz Luiz Gonzaga, na música Apologia ao Jumento, o animal habita – principalmente – o sertão. Por isso, é tão comum ver jumentos, burros e cavalos nas estradas do Ceará. Mesmo assim, muita gente não sabe a diferença entre esses animais, e tampouco que fazem parte de três espécies distintas.

Para detalhar as diferenças, o Tribuna do Ceará conversou com o veterinário José Amorim, que explicou as características de cada espécie. O cavalo (macho) e a égua (fêmea) são equinos. Já os jumentos e jumentas são asininos. Os burros e as mulas (bestas) são muares.

(ARTE: Tiago Leite)

(ARTE: Tiago Leite)

Asno e jegue são denominações populares atribuídas ao jumento. A cria do cruzamento do jumento (Equus asinus) com a égua (Equus caballus) se chama burro, caso seja do sexo masculino, e mula (besta), caso seja fêmea. O cruzamento de um cavalo com uma jumenta gera o bardoto. “Esses muares são animais híbridos, ou seja, não se reproduzem. Eles são frutos de cruzamento de duas espécies diferentes”, explica Amorim.

Eles são estéreis porque o Equus caballus possui 64 cromossomos e o Equus asinus, 62, resultado em filhotes com 63 cromossomos. Cromossomos de número ímpar conferem alterações na meiose, dificultando a viabilidade da reprodução.

Diferenças físicas

Os cavalos têm pelagem específica dos equinos, pescoço mais alongado e cabeça mais definida. Os asininos (jumentos) são menores, têm pescoço menor, mais grosso, pelagem cinza e uma cruz na linha dorsal.

“No caso dos híbridos, se for burro (cruzamento de jumento com égua), o filhote nasce mais parecido com jumento. Se for bardoto (cruzamento cavalo com jumenta), o filhote será mais parecido com cavalo”, aponta o veterinário.

Jumento e burro

Tanto jumento quanto burro são resistentes e considerados animais de carga. Uma das principais diferenças entre eles é o tamanho das orelhas. As dos jumentos são bem maiores.

Jumentos
1/9

Jumentos

Jumentos também são chamados, popularmente, de asnos ou jegues (FOTO: Eduardo Aprício/Arquivo Pessoal)

Jumentos
2/9

Jumentos

Jumentos também são chamados, popularmente, de asnos ou jegues (FOTO: Eduardo Aprício/Arquivo Pessoal)

Jumentos
3/9

Jumentos

Jumentos também são chamados, popularmente, de asnos ou jegues (FOTO: Eduardo Aprício/Arquivo Pessoal)

Jumentos
4/9

Jumentos

Jumentos também são chamados, popularmente, de asnos ou jegues (FOTO: Eduardo Aprício/Arquivo Pessoal)

Cavalos
5/9

Cavalos

O cavalo (macho) e a égua (fêmea) são equinos (FOTO: Divulgação)

Cavalos
6/9

Cavalos

O cavalo (macho) e a égua (fêmea) são equinos (FOTO: Divulgação)

Cavalos
7/9

Cavalos

O cavalo (macho) e a égua (fêmea) são equinos (FOTO: Divulgação)

Burros
8/9

Burros

Burro (macho) é resultado do cruzamento do jumento com a égua e, por isso, é híbrido e estéril (FOTO: Divulgação)

Burros
9/9

Burros

Burro (macho) é resultado do cruzamento do jumento com a égua e, por isso, é híbrido e estéril (FOTO: Divulgação)

Em relação ao porte, mulas e burros são mais altos que os jumentos. O porte depende do tamanho da égua que lhes originou, mas costuma ser mais de 1,5 m. A pelagem também é um ponto importante para se destacar. O jumento é mais peludo e tem várias formas de pelagem – acinzentada, branca e preta. Já o pelo da mula/burro é baixo como o do cavalo.

> LEIA MAIS

A curiosidade é que o jumento, inclusive, é citado em documentos como a Bíblia, evidenciando que é um animal que tem contato com a espécie humana há muito tempo. Durante séculos foi meio de transporte, animal de estimação e, até mesmo, dado como herança como um bem valioso. Com a urbanização, hoje se vê muitos destes animais soltos, abandonados, por terem sido substituídos por motocicletas e automóveis.