Recém-nascido é abandonado por mãe de 17 anos em vaso sanitário no hospital de Tauá
CHOCANTE

Recém-nascido é abandonado por mãe de 17 anos em vaso sanitário no hospital de Tauá

A criança foi salva por um médico, que ouviu o choro abafado vindo do banheiro

Por Ana Clara Jovino em Ceará

29 de março de 2017 às 20:00

Há 3 meses

A criança foi salva por um médico (FOTO: Reprodução)

Um bebê recém-nascido foi jogado pela mãe, uma adolescente de 17 anos, dentro de um vaso sanitário no banheiro do Hospital Dr. Alberto Feitosa Lima, localizado na cidade de Tauá, interior do Ceará.

Na manhã desta quarta-feira (29), um médico ouviu o choro abafado de um bebê vindo do banheiro. Se aproximou e percebeu que a criança tinha acabado de nascer e estava dentro de um vaso sanitário com a tampa fechada. O bebê foi encontrado com falta de oxigênio no sangue. O médico realizou os primeiros socorros.

De acordo com o inspetor da Delegacia de Tauá, Abilton Barbosa, a mãe foi autuada por ato infracional análogo ao crime de tentativa de homicídio e segue internada no hospital.

Já o bebê passa bem. Está internado no setor de obstetrícia e o Poder Judiciário e Ministério Público decidirão sua guarda.

Publicidade

Dê sua opinião

CHOCANTE

Recém-nascido é abandonado por mãe de 17 anos em vaso sanitário no hospital de Tauá

A criança foi salva por um médico, que ouviu o choro abafado vindo do banheiro

Por Ana Clara Jovino em Ceará

29 de março de 2017 às 20:00

Há 3 meses

A criança foi salva por um médico (FOTO: Reprodução)

Um bebê recém-nascido foi jogado pela mãe, uma adolescente de 17 anos, dentro de um vaso sanitário no banheiro do Hospital Dr. Alberto Feitosa Lima, localizado na cidade de Tauá, interior do Ceará.

Na manhã desta quarta-feira (29), um médico ouviu o choro abafado de um bebê vindo do banheiro. Se aproximou e percebeu que a criança tinha acabado de nascer e estava dentro de um vaso sanitário com a tampa fechada. O bebê foi encontrado com falta de oxigênio no sangue. O médico realizou os primeiros socorros.

De acordo com o inspetor da Delegacia de Tauá, Abilton Barbosa, a mãe foi autuada por ato infracional análogo ao crime de tentativa de homicídio e segue internada no hospital.

Já o bebê passa bem. Está internado no setor de obstetrícia e o Poder Judiciário e Ministério Público decidirão sua guarda.