Pais dizem que desabamento em escola Tapeba poderia ter sido evitado

O acidente aconteceu na sexta-feira (11), na Escola Diferenciada Tapeba, em Caucaia

Um dia após o desabamento do teto de uma escola indígena, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, os 13 alunos que ficaram feridos passam bem. Apenas uma estudante continua internada no Hospital Municipal Abelardo Gadelha, esperando por uma cirurgia na mão. Os pais e a direção da unidade dizem que a tragédia poderia ter sido evitada.

O acidente aconteceu na sexta-feira (11), na Escola Diferenciada Tapeba, do Governo Estadual, que atende a comunidade Tapeba. 

Leia mais:
Teto de escola desaba e 13 estudantes ficam ferido em Caucaia

Na próxima segunda-feira (14), uma equipe de engenheiros da Secretaria da Educação do Estado (Seduc) irá realizar vistoria na escola, para saber se o problema era restrito à sala de aula que desabou ou se atinge o prédio inteiro.

Caso não seja constatada ameaça no restante da estrutura, os alunos serão apenas remanejados de sala. Segundo a assessoria de imprensa da Seduc, na segunda-feira (14) haverá uma reunião com os pais dos alunos.

Veja matéria exibida pelo Jornal Jangadeiro:
http://www.youtube.com/watch?v=c0llAavpJNI

Redação Jangadeiro Online

Dê sua Opinião