Mulher é presa após furtar quase R$ 200 mil da casa de idoso no Crato

ABUSO DE CONFIANÇA

Mulher é presa após furtar quase R$ 200 mil da casa de idoso no Crato

A mulher havia trabalhado na residência do idoso como cuidadora de sua esposa, que faleceu no começo de abril

Por Tribuna do Ceará em Ceará

28 de Abril de 2018 às 10:38

Há 6 meses
Dinheiro foi roubado em espécie e recuperado parcialmente. (Foto: Divulgação/ Polícia Civil do Crato)

Dinheiro foi roubado em espécie e recuperado parcialmente. (Foto: Divulgação/ Polícia Civil do Crato)

A Polícia Civil do Crato recuperou R$ 138 mil em espécie na casa de uma mulher que trabalhava como cuidadora de idosos. Elisabete Feitosa de Sousa Lima, de 48 anos, foi indiciada por furto qualificado por abuso de confiança, nesta sexta-feira (27). O valor total levado no crime era de quase R$ 200 mil, segundo a Polícia.

A mulher havia trabalhado na residência do idoso como cuidadora de sua esposa, que faleceu no começo de abril. Ela teria se aproveitado da situação de confiança com as vítimas e a ausência dos proprietários na residência para praticar o crime.

Com ela, além do dinheiro, estavam objetos de valor adquiridos a partir do roubo, registrado no dia 12 deste mês.

A ex-funcionária subtraiu aproximadamente R$ 200 mil da casa. O dinheiro estava armazenado em um caixote de madeira.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), na casa da mulher, foram encontrados, além dos R$ 138 mil em dinheiro, uma cama box, uma geladeira, um fogão, um vídeo-game e outros objetos comprados a partir dos valores roubados da casa do idoso.

A infratora foi encaminhada até a Regional do Crato, onde foi indiciada por furto qualificado. A Polícia Civil vai solicitar a prisão da suspeita ao Poder Judiciário.

Publicidade

Dê sua opinião

ABUSO DE CONFIANÇA

Mulher é presa após furtar quase R$ 200 mil da casa de idoso no Crato

A mulher havia trabalhado na residência do idoso como cuidadora de sua esposa, que faleceu no começo de abril

Por Tribuna do Ceará em Ceará

28 de Abril de 2018 às 10:38

Há 6 meses
Dinheiro foi roubado em espécie e recuperado parcialmente. (Foto: Divulgação/ Polícia Civil do Crato)

Dinheiro foi roubado em espécie e recuperado parcialmente. (Foto: Divulgação/ Polícia Civil do Crato)

A Polícia Civil do Crato recuperou R$ 138 mil em espécie na casa de uma mulher que trabalhava como cuidadora de idosos. Elisabete Feitosa de Sousa Lima, de 48 anos, foi indiciada por furto qualificado por abuso de confiança, nesta sexta-feira (27). O valor total levado no crime era de quase R$ 200 mil, segundo a Polícia.

A mulher havia trabalhado na residência do idoso como cuidadora de sua esposa, que faleceu no começo de abril. Ela teria se aproveitado da situação de confiança com as vítimas e a ausência dos proprietários na residência para praticar o crime.

Com ela, além do dinheiro, estavam objetos de valor adquiridos a partir do roubo, registrado no dia 12 deste mês.

A ex-funcionária subtraiu aproximadamente R$ 200 mil da casa. O dinheiro estava armazenado em um caixote de madeira.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), na casa da mulher, foram encontrados, além dos R$ 138 mil em dinheiro, uma cama box, uma geladeira, um fogão, um vídeo-game e outros objetos comprados a partir dos valores roubados da casa do idoso.

A infratora foi encaminhada até a Regional do Crato, onde foi indiciada por furto qualificado. A Polícia Civil vai solicitar a prisão da suspeita ao Poder Judiciário.