Mãe de trigêmeos univitelinos recebe doações de mais de 300 pessoas no Ceará
CORRENTE DO BEM

Mãe de trigêmeos univitelinos recebe doações de mais de 300 pessoas no Ceará

Em uma corrente do bem, foram arrecadadas 100 latas de leite, 90 pacotes de fraldas, roupas e materiais de higiene

Por Tribuna do Ceará em Ceará

15 de julho de 2017 às 09:31

Há 1 semana
Mais de 300 pessoas participaram das doações (FOTO: Arquivo pessoal Juliana Lobo)

Uma concessionária ajudou cedendo um carro para levar as doações a Quixeré (FOTO: Juliana Lobo)

Por Gabriel Borges

Há quem diga que a capacidade de se sensibilizar com a dor do próximo está perdida. A jornalista Juliana Lobo mostra que não.

Após se deparar com o caso da mãe de Quixeré, que teve trigêmeos univitelinos e pedia ajuda na internet, Juliana se comoveu. “Sou mãe e sei que, se cuidar de um filho já é difícil, imagina três”, comentou.

A mobilização começou na mesma noite em que tomou conhecimento do caso. Juliana enviou mensagens para grupos no WhatsApp e recebeu retorno positivo de pessoas com desejo de ajudar.

Muita gente começou a me enviar mensagem, até pessoas que eu nem conhecia”, relata a jornalista.

Ao todo, cerca 300 pessoas contribuíram. Além de uma quantia em dinheiro, aproximadamente 100 latas de leite, 90 pacotes de fraldas, roupinhas e materiais de higiene pessoal foram alguns dos itens arrecadados. Todos os utensílios foram entregues neste sábado (15). Juliana ainda recebeu um carro de uma concessionária para realizar a entrega.

Os bebês nasceram com peso médio de 1,5 kg e precisaram ficar na incubadora (FOTO: Arquivo pessoal)

Os bebês nasceram com peso médio de 1,5 kg e precisaram ficar na incubadora (FOTO: Arquivo pessoal)

As crianças estavam internadas, em Limoeiro do Norte, com suspeita de dengue, mas o resultado dos exames deu negativo. O preço dos exames foi pago com as arrecadações feitas pela jornalista. “No meu trabalho, eu coloquei uma caixinha para as pessoas ajudarem de qualquer forma. Foi muito interessante que todo mundo quis ajudar, muitas pessoas ajudaram com o pouco que tinham”, comenta.

Trigêmeos

Os pais dos trigêmeos univitelinos do município de Quixeré, a 200 km de Fortaleza, pediam ajuda financeira. Jéssica Barbosa, de 23 anos, deu a luz a Jeferson, Robson e Roberto no último dia 6 de junho, na Maternidade Escola Assis Chateaubriand, em Fortaleza.

Jéssica Barbosa está impossibilitada de trabalhar porque precisa cuidar dos seus quatro filhos – os trigêmeos e Wesley, de quatro anos. Já o seu marido, Paulo Roberto, de 22 anos, é deficiente visual e se encontra desempregado.

Os interessados em ajudar podem doar latas de leite e fraldas e entrar em contato com o casal por meio dos telefones: (85) 9 8887-7060 e (88) 9 8144-9958.

Publicidade

Dê sua opinião

CORRENTE DO BEM

Mãe de trigêmeos univitelinos recebe doações de mais de 300 pessoas no Ceará

Em uma corrente do bem, foram arrecadadas 100 latas de leite, 90 pacotes de fraldas, roupas e materiais de higiene

Por Tribuna do Ceará em Ceará

15 de julho de 2017 às 09:31

Há 1 semana
Mais de 300 pessoas participaram das doações (FOTO: Arquivo pessoal Juliana Lobo)

Uma concessionária ajudou cedendo um carro para levar as doações a Quixeré (FOTO: Juliana Lobo)

Por Gabriel Borges

Há quem diga que a capacidade de se sensibilizar com a dor do próximo está perdida. A jornalista Juliana Lobo mostra que não.

Após se deparar com o caso da mãe de Quixeré, que teve trigêmeos univitelinos e pedia ajuda na internet, Juliana se comoveu. “Sou mãe e sei que, se cuidar de um filho já é difícil, imagina três”, comentou.

A mobilização começou na mesma noite em que tomou conhecimento do caso. Juliana enviou mensagens para grupos no WhatsApp e recebeu retorno positivo de pessoas com desejo de ajudar.

Muita gente começou a me enviar mensagem, até pessoas que eu nem conhecia”, relata a jornalista.

Ao todo, cerca 300 pessoas contribuíram. Além de uma quantia em dinheiro, aproximadamente 100 latas de leite, 90 pacotes de fraldas, roupinhas e materiais de higiene pessoal foram alguns dos itens arrecadados. Todos os utensílios foram entregues neste sábado (15). Juliana ainda recebeu um carro de uma concessionária para realizar a entrega.

Os bebês nasceram com peso médio de 1,5 kg e precisaram ficar na incubadora (FOTO: Arquivo pessoal)

Os bebês nasceram com peso médio de 1,5 kg e precisaram ficar na incubadora (FOTO: Arquivo pessoal)

As crianças estavam internadas, em Limoeiro do Norte, com suspeita de dengue, mas o resultado dos exames deu negativo. O preço dos exames foi pago com as arrecadações feitas pela jornalista. “No meu trabalho, eu coloquei uma caixinha para as pessoas ajudarem de qualquer forma. Foi muito interessante que todo mundo quis ajudar, muitas pessoas ajudaram com o pouco que tinham”, comenta.

Trigêmeos

Os pais dos trigêmeos univitelinos do município de Quixeré, a 200 km de Fortaleza, pediam ajuda financeira. Jéssica Barbosa, de 23 anos, deu a luz a Jeferson, Robson e Roberto no último dia 6 de junho, na Maternidade Escola Assis Chateaubriand, em Fortaleza.

Jéssica Barbosa está impossibilitada de trabalhar porque precisa cuidar dos seus quatro filhos – os trigêmeos e Wesley, de quatro anos. Já o seu marido, Paulo Roberto, de 22 anos, é deficiente visual e se encontra desempregado.

Os interessados em ajudar podem doar latas de leite e fraldas e entrar em contato com o casal por meio dos telefones: (85) 9 8887-7060 e (88) 9 8144-9958.