Ladrões roubam transformador de açude e deixam Canindé sem água na torneira
SEM ABASTECIMENTO

Ladrões roubam transformador de açude e deixam Canindé sem água na torneira

O equipamento pesa 750 quilos, e agora a administração do açude precisará esperar uma semana pela reposição

Por Lucas Barbosa em Ceará

10 de maio de 2017 às 15:16

Há 3 meses

São Mateus está com 88% de sua capacidade (FOTO: Divulgação/SSPDS)

Canindé, a 119 quilômetros da Capital, está sem abastecimento de água desde a madrugada de domingo (7), quando foi furtado o transformador de energia elétrica das bombas de captação de água do açude São Mateus.

A Delegacia Regional de Canindé investiga o caso. Até o momento, nenhum suspeito de participação no crime foi preso, nem o transformador localizado.

Não houve testemunhas do crime, de acordo com o engenheiro Elias Teixeira, do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) do Município. Segundo ele, um funcionário da Estação de Tratamento de Água (ETA) foi até o local no momento em que notou que o bombeamento parou. No local, deparou-se com o furto e marcas de pneus de caminhão no chão. O equipamento pesa cerca de 750 quilos.

A situação hídrica é agravada porque outro açude que atende o Município também não está distribuindo água. O problema no açude Sousa é causado por uma falha no sistema de captação, afirma Elias Teixeira, do Saae do Município. Em 2014, o transformador do Sousa também foi furtado.

De acordo com Elias, o processo de licitação para a compra de um novo transformador para o São Mateus já está em andamento. Ele estima que em aproximadamente uma semana um novo transformador deve repor o que foi furtado. Para o engenheiro, o impacto não deve ser tão grande para a população, acostumada à estiagem e ao racionamento.

Atualmente, o açude São Mateus tem 88% dos 10,33 milhões de litros que tem capacidade de comportar, segundo a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh).

Publicidade

Dê sua opinião

SEM ABASTECIMENTO

Ladrões roubam transformador de açude e deixam Canindé sem água na torneira

O equipamento pesa 750 quilos, e agora a administração do açude precisará esperar uma semana pela reposição

Por Lucas Barbosa em Ceará

10 de maio de 2017 às 15:16

Há 3 meses

São Mateus está com 88% de sua capacidade (FOTO: Divulgação/SSPDS)

Canindé, a 119 quilômetros da Capital, está sem abastecimento de água desde a madrugada de domingo (7), quando foi furtado o transformador de energia elétrica das bombas de captação de água do açude São Mateus.

A Delegacia Regional de Canindé investiga o caso. Até o momento, nenhum suspeito de participação no crime foi preso, nem o transformador localizado.

Não houve testemunhas do crime, de acordo com o engenheiro Elias Teixeira, do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) do Município. Segundo ele, um funcionário da Estação de Tratamento de Água (ETA) foi até o local no momento em que notou que o bombeamento parou. No local, deparou-se com o furto e marcas de pneus de caminhão no chão. O equipamento pesa cerca de 750 quilos.

A situação hídrica é agravada porque outro açude que atende o Município também não está distribuindo água. O problema no açude Sousa é causado por uma falha no sistema de captação, afirma Elias Teixeira, do Saae do Município. Em 2014, o transformador do Sousa também foi furtado.

De acordo com Elias, o processo de licitação para a compra de um novo transformador para o São Mateus já está em andamento. Ele estima que em aproximadamente uma semana um novo transformador deve repor o que foi furtado. Para o engenheiro, o impacto não deve ser tão grande para a população, acostumada à estiagem e ao racionamento.

Atualmente, o açude São Mateus tem 88% dos 10,33 milhões de litros que tem capacidade de comportar, segundo a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh).