Incêndio de grandes proporções atinge Iguatu e fogo não cessa há 4 dias

QUEIMADAS

Incêndio de grandes proporções atinge Iguatu e fogo não cessa há 4 dias

Infelizmente o mês de setembro bateu recorde negativo com o maior número de queimadas do ano aqui no Ceará, se comprado com o mesmo período de 2016

Por Jangadeiro FM em Ceará

4 de outubro de 2017 às 12:17

Há 2 meses
Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Setembro foi o mês com o maior número de queimadas do ano aqui no Ceará, se comparado com o mesmo período de 2016. Os dados são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

É sempre assim: as chuvas cessam, o vento aumenta e o calor fica mais intenso. O segundo semestre do ano sempre traz esse clima. É também nesse período que se registra um número grande de incêndios.

Claro que o tempo mais seco proporciona mais queimadas, mas segundo o Tenente João Romário, do Corpo de Bombeiros, as causas da alta incidência de incêndios vem do homem. “O que causa propriamente falando nas vegetações não são as causas naturais. Em geral, quem causa é a ação humana intencional ou não”, disse.

Inclusive vale ressaltar que esta é uma prática criminosa. O Inpe tem revelado que os incêndios no Brasil, especialmente na Região Nordeste, tem sido mais frequentes e devastadores. Os sensores dos satélites que monitoram as queimadas no país não conseguem detectar pequenos focos.

Somente os que atingem pelo menos 30 metros quadrados de extensão. Todos os 831 casos de incêndio florestal eram de grandes proporções. Setembro foi o mês com mais incêndios nos últimos 16 anos.

Na agricultura existe um hábito de se queimar o plantio para renovar a terra e assim preparar para uma nova plantação. Para evitar que o fogo se alastre, o tenente do Corpo de Bombeiros, João Romário aconselha que sempre se faça um aceiro, uma medida para impedir a propagação de incêndios.

Um incêndio florestal de grandes proporções atinge há quatro dias uma área de vegetação seca na cidade do Iguatu. Esse é o segundo caso desde a última sexta-feira (29).

Também foi registrado no Sertão Central, um incêndio as margens da CE-168 que liga o município ao vizinho Boa Viagem à Pedra Branca. O fogo começou na manhã de segunda-feira (2) e começou a espalhar fumaça e alastrar as chamas pela mata seca, ficando as margens da rodovia.

Ouça mais detalhes na matéria de Everto Lucas, repórter da Rede Jangadeiro FM:

Queimada na vegetação
1/6

Queimada na vegetação

Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Divulgação)

Queimada na vegetação
2/6

Queimada na vegetação

Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Divulgação)

Queimada na vegetação
3/6

Queimada na vegetação

Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Divulgação)

Queimada na vegetação
4/6

Queimada na vegetação

Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Divulgação)

Queimada na vegetação
5/6

Queimada na vegetação

Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Divulgação)

Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Divulgação)
6/6

Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Divulgação)

Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Divulgação)

Publicidade

Dê sua opinião

QUEIMADAS

Incêndio de grandes proporções atinge Iguatu e fogo não cessa há 4 dias

Infelizmente o mês de setembro bateu recorde negativo com o maior número de queimadas do ano aqui no Ceará, se comprado com o mesmo período de 2016

Por Jangadeiro FM em Ceará

4 de outubro de 2017 às 12:17

Há 2 meses
Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Setembro foi o mês com o maior número de queimadas do ano aqui no Ceará, se comparado com o mesmo período de 2016. Os dados são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

É sempre assim: as chuvas cessam, o vento aumenta e o calor fica mais intenso. O segundo semestre do ano sempre traz esse clima. É também nesse período que se registra um número grande de incêndios.

Claro que o tempo mais seco proporciona mais queimadas, mas segundo o Tenente João Romário, do Corpo de Bombeiros, as causas da alta incidência de incêndios vem do homem. “O que causa propriamente falando nas vegetações não são as causas naturais. Em geral, quem causa é a ação humana intencional ou não”, disse.

Inclusive vale ressaltar que esta é uma prática criminosa. O Inpe tem revelado que os incêndios no Brasil, especialmente na Região Nordeste, tem sido mais frequentes e devastadores. Os sensores dos satélites que monitoram as queimadas no país não conseguem detectar pequenos focos.

Somente os que atingem pelo menos 30 metros quadrados de extensão. Todos os 831 casos de incêndio florestal eram de grandes proporções. Setembro foi o mês com mais incêndios nos últimos 16 anos.

Na agricultura existe um hábito de se queimar o plantio para renovar a terra e assim preparar para uma nova plantação. Para evitar que o fogo se alastre, o tenente do Corpo de Bombeiros, João Romário aconselha que sempre se faça um aceiro, uma medida para impedir a propagação de incêndios.

Um incêndio florestal de grandes proporções atinge há quatro dias uma área de vegetação seca na cidade do Iguatu. Esse é o segundo caso desde a última sexta-feira (29).

Também foi registrado no Sertão Central, um incêndio as margens da CE-168 que liga o município ao vizinho Boa Viagem à Pedra Branca. O fogo começou na manhã de segunda-feira (2) e começou a espalhar fumaça e alastrar as chamas pela mata seca, ficando as margens da rodovia.

Ouça mais detalhes na matéria de Everto Lucas, repórter da Rede Jangadeiro FM:

Queimada na vegetação
1/6

Queimada na vegetação

Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Divulgação)

Queimada na vegetação
2/6

Queimada na vegetação

Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Divulgação)

Queimada na vegetação
3/6

Queimada na vegetação

Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Divulgação)

Queimada na vegetação
4/6

Queimada na vegetação

Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Divulgação)

Queimada na vegetação
5/6

Queimada na vegetação

Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Divulgação)

Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Divulgação)
6/6

Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Divulgação)

Há 4 dias acontece um incêndio no Iguatu (FOTO: Divulgação)