Garoto atropelado por veículo da Prefeitura de Viçosa recebe indenização de R$ 195 mil
PÉ AMPUTADO

Garoto atropelado por veículo da Prefeitura de Viçosa recebe indenização de R$ 195 mil

O jovem, que teve o pé amputado, precisou esperar 12 anos para ganhar a causa na Justiça. Hoje ele tem 22 anos

Por Lucas Barbosa em Ceará

27 de julho de 2017 às 07:00

Há 3 semanas

Desembargador afirma inexistirem indícios de  negligência por parte do garoto atropelado (FOTO: Reprodução)

O Município de Viçosa do Ceará, a 355 quilômetros de Fortaleza, foi condenado a pagar R$ 195 mil a um menino de 10 anos atropelado por um veículo da Prefeitura da cidade em 2005.

A decisão, proferida nesta segunda-feira (24), é do desembargador Fernando Luiz Ximenes Rocha, da 1ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).

Segundo o TJCE, o garoto, hoje um jovem de 22 anos, teve o pé direito amputado parcialmente e perda de dois dedos. Alegando ter tido redução na capacidade laborativa, ele entrou na Justiça pedindo indenização por danos morais e materiais. 

A Prefeitura pediu a improcedência da ação argumentando que o garoto provocou o acidente ao atravessar a via sem precaução. Em primeira instância, o argumento não foi aceito e o Juízo da Vara Única da Comarca de Viçosa condenou o Município a pagar indenização de R$ 50 mil ao garoto.

Ambas as partes recorreram, e o caso seguiu para a 1ª Câmara de Direito Público. A Prefeitura não concordava com a decisão, e a vítima pediu uma indenização maior.

Na decisão desta segunda, o desembargador Fernando Luiz Ximenes Rocha afirma serem “descabidas as divagações recursais que tentam imputar ao autor a culpa exclusiva no acidente, pois inexiste nos autos indício de qualquer conduta inadequada de sua parte“.

Publicidade

Dê sua opinião

PÉ AMPUTADO

Garoto atropelado por veículo da Prefeitura de Viçosa recebe indenização de R$ 195 mil

O jovem, que teve o pé amputado, precisou esperar 12 anos para ganhar a causa na Justiça. Hoje ele tem 22 anos

Por Lucas Barbosa em Ceará

27 de julho de 2017 às 07:00

Há 3 semanas

Desembargador afirma inexistirem indícios de  negligência por parte do garoto atropelado (FOTO: Reprodução)

O Município de Viçosa do Ceará, a 355 quilômetros de Fortaleza, foi condenado a pagar R$ 195 mil a um menino de 10 anos atropelado por um veículo da Prefeitura da cidade em 2005.

A decisão, proferida nesta segunda-feira (24), é do desembargador Fernando Luiz Ximenes Rocha, da 1ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).

Segundo o TJCE, o garoto, hoje um jovem de 22 anos, teve o pé direito amputado parcialmente e perda de dois dedos. Alegando ter tido redução na capacidade laborativa, ele entrou na Justiça pedindo indenização por danos morais e materiais. 

A Prefeitura pediu a improcedência da ação argumentando que o garoto provocou o acidente ao atravessar a via sem precaução. Em primeira instância, o argumento não foi aceito e o Juízo da Vara Única da Comarca de Viçosa condenou o Município a pagar indenização de R$ 50 mil ao garoto.

Ambas as partes recorreram, e o caso seguiu para a 1ª Câmara de Direito Público. A Prefeitura não concordava com a decisão, e a vítima pediu uma indenização maior.

Na decisão desta segunda, o desembargador Fernando Luiz Ximenes Rocha afirma serem “descabidas as divagações recursais que tentam imputar ao autor a culpa exclusiva no acidente, pois inexiste nos autos indício de qualquer conduta inadequada de sua parte“.