Fortaleza já registra em dezembro 6 vezes mais chuvas do que a média histórica do mês

MÊS CHUVOSO

Fortaleza já registra em dezembro 6 vezes mais chuvas do que a média histórica do mês

O dezembro chuvoso se reflete em números, bem superiores do que a média histórica na capital cearense, mesmo faltando mais de uma semana para o fim do mês

Por Tribuna do Ceará em Ceará

23 de dezembro de 2018 às 18:22

Há 3 meses
O domingo (23) registrou muitos alagamentos em Fortaleza (FOTO: Reprodução Whatsapp)

O domingo (23) registrou muitos alagamentos em Fortaleza (FOTO: Reprodução Whatsapp)

Tá chovendo bastante em dezembro, né? A impressão se confirma em números. Até aqui, a média de chuva em Fortaleza neste mês é de 198,7 mm, a maior em todo o Ceará em dezembro. O índice é quase seis vezes maior do que a média histórica de chuva na capital cearense no último mês do ano. O crescimento já alcança 594%, ante aos 33,5 mm da média histórica.

Os dados são da Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme), e consideram até as 7h deste domingo (23). Ou seja, com mais de uma semana até o mês terminar, a variação tende a subir mais ainda se continuar a chover até o dia 31.

Entre os 10 municípios onde mais choveu neste mês, a variação foi maior ainda em Pindoretama. Se a média histórica é de 19,2 mm, a marca neste mês até aqui é de 156 mm – crescimento de 810%. O município é o 7º no ranking dos mais chuvosos neste mês.

No Ceará, a média de chuva em dezembro até aqui é de 83,1 mm, bem acima da média histórica de 31,6 mm. O crescimento é de 263%. Em novembro, já havia sido observada uma variação de 270%, com um índice de 15,6 mm, bem acima dos 5,8 mm da média histórica. 

Chuva no feriado

Neste domingo (23), sobraram alagamentos em Fortaleza, depois da forte chuva que atingiu a cidade desde a noite de sábado (22). Até as 7h de domingo, a Funceme registrou precipitação em 22 municípios do Ceará, sendo a maior na capital cearense, com 89,6 mm.

Diversos vídeos foram encaminhados ao Tribuna do Ceará, com ocorrências de alagamentos. Entre os mais impressionantes, o canal da avenida C do bairro Conjunto Ceará transbordou, transformando a via em um rio; a lagoa da Parangaba também transbordou, com as águas chegando às barraquinhas da tradicional feira livre dos domingos; a delegacia do José Walter, mesmo recém-reformada, ficou completamente alagada; e um veículo foi arrastado para um buraco nas obras do Anel Viário, no cruzamento com a avenida Osório de Paiva, em limite entre Fortaleza e Maracanaú.

Cidades com as maiores médias de chuva em dezembro de 2018:

(Dados até as 7h de 23/12/18)

Município – Chuvas em Dez/18 – Média história de Dez – Crescimento
1º Fortaleza – 198,7 mm – 33,5 mm – 594%
2º Farias Brito – 197,5 mm – 71,6 mm – 275%
3º Ibiapaba – 171 mm – 52,4 mm – 326%
4º Crato – 170,2 mm – 95,7 mm – 177%
5º Lavras da Mangabeira – 167,2 mm – 66,2 mm – 252%
6º Graça – 163 mm – 52,9 mm – 308%
7º Pindoretama – 156 mm – 19,2 mm – 810%
8º Porteiras – 154,2 mm – 76,5 mm – 201%
9º Poranga – 144 mm – 24,3 mm – 592%
10º Tianguá – 143,8 mm – 40,6 mm – 353%

Fonte: Funceme.

Lagoa da Parangaba inundou a feira de domingo:

Feira da Parangaba

[Chuvas no Ceará] A Feira da Paragaba ficou bem diferente neste domingo. https://bit.ly/2BCNz6c

Posted by Tribuna do Ceará on Sunday, December 23, 2018

Publicidade

Dê sua opinião

MÊS CHUVOSO

Fortaleza já registra em dezembro 6 vezes mais chuvas do que a média histórica do mês

O dezembro chuvoso se reflete em números, bem superiores do que a média histórica na capital cearense, mesmo faltando mais de uma semana para o fim do mês

Por Tribuna do Ceará em Ceará

23 de dezembro de 2018 às 18:22

Há 3 meses
O domingo (23) registrou muitos alagamentos em Fortaleza (FOTO: Reprodução Whatsapp)

O domingo (23) registrou muitos alagamentos em Fortaleza (FOTO: Reprodução Whatsapp)

Tá chovendo bastante em dezembro, né? A impressão se confirma em números. Até aqui, a média de chuva em Fortaleza neste mês é de 198,7 mm, a maior em todo o Ceará em dezembro. O índice é quase seis vezes maior do que a média histórica de chuva na capital cearense no último mês do ano. O crescimento já alcança 594%, ante aos 33,5 mm da média histórica.

Os dados são da Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme), e consideram até as 7h deste domingo (23). Ou seja, com mais de uma semana até o mês terminar, a variação tende a subir mais ainda se continuar a chover até o dia 31.

Entre os 10 municípios onde mais choveu neste mês, a variação foi maior ainda em Pindoretama. Se a média histórica é de 19,2 mm, a marca neste mês até aqui é de 156 mm – crescimento de 810%. O município é o 7º no ranking dos mais chuvosos neste mês.

No Ceará, a média de chuva em dezembro até aqui é de 83,1 mm, bem acima da média histórica de 31,6 mm. O crescimento é de 263%. Em novembro, já havia sido observada uma variação de 270%, com um índice de 15,6 mm, bem acima dos 5,8 mm da média histórica. 

Chuva no feriado

Neste domingo (23), sobraram alagamentos em Fortaleza, depois da forte chuva que atingiu a cidade desde a noite de sábado (22). Até as 7h de domingo, a Funceme registrou precipitação em 22 municípios do Ceará, sendo a maior na capital cearense, com 89,6 mm.

Diversos vídeos foram encaminhados ao Tribuna do Ceará, com ocorrências de alagamentos. Entre os mais impressionantes, o canal da avenida C do bairro Conjunto Ceará transbordou, transformando a via em um rio; a lagoa da Parangaba também transbordou, com as águas chegando às barraquinhas da tradicional feira livre dos domingos; a delegacia do José Walter, mesmo recém-reformada, ficou completamente alagada; e um veículo foi arrastado para um buraco nas obras do Anel Viário, no cruzamento com a avenida Osório de Paiva, em limite entre Fortaleza e Maracanaú.

Cidades com as maiores médias de chuva em dezembro de 2018:

(Dados até as 7h de 23/12/18)

Município – Chuvas em Dez/18 – Média história de Dez – Crescimento
1º Fortaleza – 198,7 mm – 33,5 mm – 594%
2º Farias Brito – 197,5 mm – 71,6 mm – 275%
3º Ibiapaba – 171 mm – 52,4 mm – 326%
4º Crato – 170,2 mm – 95,7 mm – 177%
5º Lavras da Mangabeira – 167,2 mm – 66,2 mm – 252%
6º Graça – 163 mm – 52,9 mm – 308%
7º Pindoretama – 156 mm – 19,2 mm – 810%
8º Porteiras – 154,2 mm – 76,5 mm – 201%
9º Poranga – 144 mm – 24,3 mm – 592%
10º Tianguá – 143,8 mm – 40,6 mm – 353%

Fonte: Funceme.

Lagoa da Parangaba inundou a feira de domingo:

Feira da Parangaba

[Chuvas no Ceará] A Feira da Paragaba ficou bem diferente neste domingo. https://bit.ly/2BCNz6c

Posted by Tribuna do Ceará on Sunday, December 23, 2018