Estudantes cearenses espalham plantações de acerola em escolas de Pereiro
CRIATIVIDADE

Estudantes cearenses espalham plantações de acerola em escolas de Pereiro

Cultivar a fruta adaptada à pouca água do sertão cearense pode ser uma boa medida para a convivência com a seca

Por Lucas Barbosa em Ceará

19 de junho de 2017 às 06:30

Há 4 meses

Projeto é capitaneado por estudantes da escola profissionalizante Maria Célia Pinheiro Falcão (FOTO: Arquivo Pessoal)

Em meio à crise hídrica que vive o estado, uma iniciativa simples é sugerida por estudantes de Pereiro, a 335 quilômetros de Fortaleza, para economia em escolas.

O plantio de pés de acerola, uma espécie que cresce mesmo sem necessitar de tanta água, pode contribuir para a merenda das crianças, por exemplo.

Quem propõe a ideia são alunos dos 2º ano do Curso Técnico em Comércio da Escola de Ensino Profissionalizante Maria Célia Pinheiro Falcão.

Já são quatro as escolas do Município que adotaram a prática e a meta agora é levar o plantio de acerolas para outras escolas da região. Os estudantes estão em fase de planejamento para expandir o projeto. Além de doar as mudas, eles realizam o acompanhamento do desenvolvimento das plantas.

Ao seu favor está a receptividade com a qual o projeto foi recebido até o momento, conta o líder da equipe, Gabriel Anderson da Silva Martins, de 18 anos. Até agora, ele percebeu que os diretores estiveram “superinteressados” na proposta. “A acerola vem ganhando muito espaço”, observa.

Pereiro já está conhecida pelo plantio da acerola. É na cidade que está a empresa Nossa Fruta Brasil, que desenvolveu técnica de semi-irrigação que permite colheita com apenas 22 dias de quadra chuvosa. Basta um litro de água por semana.

O projeto foi levado aos agricultores do Município através de kits de irrigação juntamente com as mudas de acerola para plantio. Agora, a Nossa Fruta Brasil nutre parceira com os estudantes, que expandem o empreendimento nas escolas.

Publicidade

Dê sua opinião

CRIATIVIDADE

Estudantes cearenses espalham plantações de acerola em escolas de Pereiro

Cultivar a fruta adaptada à pouca água do sertão cearense pode ser uma boa medida para a convivência com a seca

Por Lucas Barbosa em Ceará

19 de junho de 2017 às 06:30

Há 4 meses

Projeto é capitaneado por estudantes da escola profissionalizante Maria Célia Pinheiro Falcão (FOTO: Arquivo Pessoal)

Em meio à crise hídrica que vive o estado, uma iniciativa simples é sugerida por estudantes de Pereiro, a 335 quilômetros de Fortaleza, para economia em escolas.

O plantio de pés de acerola, uma espécie que cresce mesmo sem necessitar de tanta água, pode contribuir para a merenda das crianças, por exemplo.

Quem propõe a ideia são alunos dos 2º ano do Curso Técnico em Comércio da Escola de Ensino Profissionalizante Maria Célia Pinheiro Falcão.

Já são quatro as escolas do Município que adotaram a prática e a meta agora é levar o plantio de acerolas para outras escolas da região. Os estudantes estão em fase de planejamento para expandir o projeto. Além de doar as mudas, eles realizam o acompanhamento do desenvolvimento das plantas.

Ao seu favor está a receptividade com a qual o projeto foi recebido até o momento, conta o líder da equipe, Gabriel Anderson da Silva Martins, de 18 anos. Até agora, ele percebeu que os diretores estiveram “superinteressados” na proposta. “A acerola vem ganhando muito espaço”, observa.

Pereiro já está conhecida pelo plantio da acerola. É na cidade que está a empresa Nossa Fruta Brasil, que desenvolveu técnica de semi-irrigação que permite colheita com apenas 22 dias de quadra chuvosa. Basta um litro de água por semana.

O projeto foi levado aos agricultores do Município através de kits de irrigação juntamente com as mudas de acerola para plantio. Agora, a Nossa Fruta Brasil nutre parceira com os estudantes, que expandem o empreendimento nas escolas.