Criação de hotéis-fazenda pode ser solução para produtores de gado diante da seca
UMA SAÍDA

Criação de hotéis-fazenda pode ser solução para produtores de gado diante da seca

Pequenos produtores que não têm condições de arcar com os custos deixariam seus animais no refúgio e, quando a situação financeira melhorasse, eles seriam devolvidos

Por Jangadeiro FM em Ceará

21 de dezembro de 2016 às 06:30

Há 2 meses
Os pequenos produtores que não têm condições de arcar com os custos para manter o rebanho, deixariam seus animais no refúgio (FOTO: Reprodução)

Os pequenos produtores que não têm condições de arcar com os custos para manter o rebanho, deixariam seus animais no refúgio (FOTO: Reprodução)

Em meio à seca, perda de produção e morte de animais, uma alternativa para tentar diminuir os efeitos da estiagem no estado, principalmente na agropecuária, pode ser sinônimo de esperança para produtores de gados, com a criação de hotéis-fazenda no interior.

Os pequenos produtores que não têm condições de arcar com os custos para manter o rebanho deixariam seus animais no refúgio e, quando a situação financeira melhorasse, eles seriam devolvidos. O projeto é uma ideia da federação da agricultura e pecuária do estado.

A proposta de criar hotéis-fazenda no estado começou a ser debatida por técnicos da FAEC (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará) há mais de três anos, quando os efeitos da seca começaram a se agravar.

A ideia, de acordo com o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Ceará, Flávio Saboya, é que o governo do estado financie, sem ônus aos criadores, espaços onde eles possam deixar seus animais. Ele defende a medida, principalmente neste período de estiagem, que tem deixado produtores endividados. Além disso, muitos animais morrem diariamente por conta da falta d’água e comida.

À época, o local mais propício para a instalação de um hotel-fazenda seria a Chapada do Apodi, onde existiam canais de irrigação. Os animais seriam transportados em caminhões, financiados pelo Governo do Estado.

“Esses hotéis teriam o objetivo de salvar o rebanho do estado. Pelo menos, uma semente de cada produtor. Ele seria estruturado em uma região  que tenha disponibilidade hídrica para ofertar alimentação a esses animais e, ao mesmo tempo, o poder público administraria esses hotéis”, esclarece Flávio Saboya.

Ele ainda afirma que a seca já afasta grandes pecuaristas do estado. Quem tem condições está levando seus rebanhos para estados vizinhos, onde a crise hídrica não é tão grande como no Ceará.

O processo seletivo da escolha dos animais para o hotel-fazenda seria realizado por técnicos especializados. Eles também cuidariam dos rebanhos. Antes da instalação do equipamento, haveria um trabalho de inspeção sanitária. No local, também poderiam ser construídos poços profundos.

A Rede Jangadeiro FM procurou a Secretaria de Desenvolvimento Agrário para comentar a implantação de hotéis-fazenda no interior do estado e a sua viabilidade como alternativa para salvar rebanhos durante a seca.

Mas o órgão não respondeu sobre o projeto. Avaliou apenas como positiva a participação da Federação da Agricultura e Pecuária do estado no debate sobre alternativas para reduzir os efeitos da seca na agropecuária.

A secretaria afirma ainda que encoraja a FAEC a realizar a apresentação formal do projeto, para que seja analisada a viabilidade técnica e financeira.

Saiba os detalhes na reportagem de Iury Costa, da Rede Jangadeiro FM:

Publicidade

Dê sua opinião

UMA SAÍDA

Criação de hotéis-fazenda pode ser solução para produtores de gado diante da seca

Pequenos produtores que não têm condições de arcar com os custos deixariam seus animais no refúgio e, quando a situação financeira melhorasse, eles seriam devolvidos

Por Jangadeiro FM em Ceará

21 de dezembro de 2016 às 06:30

Há 2 meses
Os pequenos produtores que não têm condições de arcar com os custos para manter o rebanho, deixariam seus animais no refúgio (FOTO: Reprodução)

Os pequenos produtores que não têm condições de arcar com os custos para manter o rebanho, deixariam seus animais no refúgio (FOTO: Reprodução)

Em meio à seca, perda de produção e morte de animais, uma alternativa para tentar diminuir os efeitos da estiagem no estado, principalmente na agropecuária, pode ser sinônimo de esperança para produtores de gados, com a criação de hotéis-fazenda no interior.

Os pequenos produtores que não têm condições de arcar com os custos para manter o rebanho deixariam seus animais no refúgio e, quando a situação financeira melhorasse, eles seriam devolvidos. O projeto é uma ideia da federação da agricultura e pecuária do estado.

A proposta de criar hotéis-fazenda no estado começou a ser debatida por técnicos da FAEC (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará) há mais de três anos, quando os efeitos da seca começaram a se agravar.

A ideia, de acordo com o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Ceará, Flávio Saboya, é que o governo do estado financie, sem ônus aos criadores, espaços onde eles possam deixar seus animais. Ele defende a medida, principalmente neste período de estiagem, que tem deixado produtores endividados. Além disso, muitos animais morrem diariamente por conta da falta d’água e comida.

À época, o local mais propício para a instalação de um hotel-fazenda seria a Chapada do Apodi, onde existiam canais de irrigação. Os animais seriam transportados em caminhões, financiados pelo Governo do Estado.

“Esses hotéis teriam o objetivo de salvar o rebanho do estado. Pelo menos, uma semente de cada produtor. Ele seria estruturado em uma região  que tenha disponibilidade hídrica para ofertar alimentação a esses animais e, ao mesmo tempo, o poder público administraria esses hotéis”, esclarece Flávio Saboya.

Ele ainda afirma que a seca já afasta grandes pecuaristas do estado. Quem tem condições está levando seus rebanhos para estados vizinhos, onde a crise hídrica não é tão grande como no Ceará.

O processo seletivo da escolha dos animais para o hotel-fazenda seria realizado por técnicos especializados. Eles também cuidariam dos rebanhos. Antes da instalação do equipamento, haveria um trabalho de inspeção sanitária. No local, também poderiam ser construídos poços profundos.

A Rede Jangadeiro FM procurou a Secretaria de Desenvolvimento Agrário para comentar a implantação de hotéis-fazenda no interior do estado e a sua viabilidade como alternativa para salvar rebanhos durante a seca.

Mas o órgão não respondeu sobre o projeto. Avaliou apenas como positiva a participação da Federação da Agricultura e Pecuária do estado no debate sobre alternativas para reduzir os efeitos da seca na agropecuária.

A secretaria afirma ainda que encoraja a FAEC a realizar a apresentação formal do projeto, para que seja analisada a viabilidade técnica e financeira.

Saiba os detalhes na reportagem de Iury Costa, da Rede Jangadeiro FM: