Cidade de Pereiro possui a maior proporção de motos por habitantes no país

EM MÉDIA 54% DA POPULAÇÃO

Cidade de Pereiro possui a maior proporção de motos por habitantes no país

Na cidade de Pereiro, no Ceará, 8.694 pessoas dos 16.115 habitantes possuem motos

Por Tribuna do Ceará em Ceará

12 de agosto de 2018 às 07:00

Há 3 meses
moto em referência a Cidade de Pereiro, no Ceará, possui a maior quantidade de motos por habitantes do país

A cidade de Pereiro, fica a 333,7 km de Fortaleza (FOTO: Freepik)

Em cidades do interior, é comum um maior número de motocicletas nas ruas. Um dos fatores que influenciam esse aumento é a facilidade de se adquirir uma moto em relação a carros. Na cidade de Pereiro, no Ceará, 8.694 pessoas dos 16.115 habitantes possuem motos.

Essa mudança se reflete no dia a dia da cidade, fazendo com que ocorra uma diminuição de bicicletas e veículos de tração animal, como cavalos e burros, nas ruas.

De acordo com dados da Confederação Nacional de Municípios (CNM), a cidade de Pereiro é a que possui o maior número de motos por habitante no país, sendo 53,95%.

No Ceará, 177 dos 184 municípios possuem quantidade de motos superior a de carros. O estado também possui a maior frota de motos do Nordeste, com 1.510,464 em 2018, sendo 5,7% de todo o país, considerando dado de abril de 2018. No Nordeste, o número de motos alcançou a marca de 7,49 milhões, contra 6,67 milhões de carros.

Com o elevado número de motos na cidade, acidentes de trânsito se tornam cada vez mais comum. De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), a cidade de Pereiro totalizou seis acidentes de gravidade em 2017, com quatro feridos e dois mortos.

O advogado José Braga Falcão, morador de Pereiro, percebe que o trânsito na cidade, em sua maioria, ocorre com motocicletas. “Tem uma boa quantidade de pessoas que tem moto, animais nas ruas é difícil de ver, praticamente nem existe. Carro ainda é pouco”.

Ele avalia que o trânsito é caótico. “Pelo fato de terem muitas pessoas sem habilitação, falta uma fiscalização em relação a isso. Tem o Demutran (Departamento Municipal de Trânsito), que fiscaliza mais a questão de utensílios, como capacete, retrovisor, mas a carteira é muito pouco fiscalizada”. O Tribuna do Ceará não conseguiu contato com o Demutran de Pereiro.

Publicidade

Dê sua opinião

EM MÉDIA 54% DA POPULAÇÃO

Cidade de Pereiro possui a maior proporção de motos por habitantes no país

Na cidade de Pereiro, no Ceará, 8.694 pessoas dos 16.115 habitantes possuem motos

Por Tribuna do Ceará em Ceará

12 de agosto de 2018 às 07:00

Há 3 meses
moto em referência a Cidade de Pereiro, no Ceará, possui a maior quantidade de motos por habitantes do país

A cidade de Pereiro, fica a 333,7 km de Fortaleza (FOTO: Freepik)

Em cidades do interior, é comum um maior número de motocicletas nas ruas. Um dos fatores que influenciam esse aumento é a facilidade de se adquirir uma moto em relação a carros. Na cidade de Pereiro, no Ceará, 8.694 pessoas dos 16.115 habitantes possuem motos.

Essa mudança se reflete no dia a dia da cidade, fazendo com que ocorra uma diminuição de bicicletas e veículos de tração animal, como cavalos e burros, nas ruas.

De acordo com dados da Confederação Nacional de Municípios (CNM), a cidade de Pereiro é a que possui o maior número de motos por habitante no país, sendo 53,95%.

No Ceará, 177 dos 184 municípios possuem quantidade de motos superior a de carros. O estado também possui a maior frota de motos do Nordeste, com 1.510,464 em 2018, sendo 5,7% de todo o país, considerando dado de abril de 2018. No Nordeste, o número de motos alcançou a marca de 7,49 milhões, contra 6,67 milhões de carros.

Com o elevado número de motos na cidade, acidentes de trânsito se tornam cada vez mais comum. De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), a cidade de Pereiro totalizou seis acidentes de gravidade em 2017, com quatro feridos e dois mortos.

O advogado José Braga Falcão, morador de Pereiro, percebe que o trânsito na cidade, em sua maioria, ocorre com motocicletas. “Tem uma boa quantidade de pessoas que tem moto, animais nas ruas é difícil de ver, praticamente nem existe. Carro ainda é pouco”.

Ele avalia que o trânsito é caótico. “Pelo fato de terem muitas pessoas sem habilitação, falta uma fiscalização em relação a isso. Tem o Demutran (Departamento Municipal de Trânsito), que fiscaliza mais a questão de utensílios, como capacete, retrovisor, mas a carteira é muito pouco fiscalizada”. O Tribuna do Ceará não conseguiu contato com o Demutran de Pereiro.