Ceará entra em período com alta incidência de raios ultravioletas

SOL DE RACHAR!

Ceará entra em período com alta incidência de raios ultravioletas

A partir desta quarta-feira (12), a entrada de raios solares se intensificou no Estado. O fenômeno é comum neste período do ano

Por Jangadeiro FM em Ceará

13 de setembro de 2018 às 07:15

Há 1 mês
calor, sol

É preciso proteger a pele contra os raios ultravioletas. (FOTO: Divulgação)

O Ceará apresenta praticamente durante o ano inteiro altas temperaturas e um sol de rachar. Mas, nesta quarta-feira (12), a entrada de raios solares na terrinha se intensificou ainda mais. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme), na escala de intensidade de radiação ultravioleta, o Estado pode chegar a 12 em uma numeração máxima de 16, informa a Rede Jangadeiro FM.

De acordo com o meteorologista Raul Fritz, o fenômeno é comum neste período do ano por conta das poucas nuvens no céu, além do período seco e da proximidade do Ceará com a linha do Equador.

“Geralmente, nesse período do ano, é comum acontecer isso devido à pouca existência de nuvens no céu, céu bem limpo, sem presença de nebulosidade, que atenua a radiação ultravioleta do sol. O Ceará, em geral, durante praticamente todo o ano sempre apresenta níveis altos de ultravioleta devido à proximidade com a linha do Equador”, explicou.

Na escala de intensidade de radiação ultravioleta, o índice recomendável pelos especialistas é 8. Quando registrado níveis maiores, a população deve se proteger para evitar alguns problemas comuns neste período como o câncer de pele. Ainda segundo o meteorologista, os níveis de radiação solar se intensificam em determinados horários do dia.

“Os horários perto do almoço, início da tarde, são aqueles em que a radiação é mais intensa. O nível de radiação ultravioleta chega em torno de 12, nos momentos do dia em que o sol está mais em cima e sem nuvens no céu”, disse o meteorologista.

A previsão é de que o Ceará apresente altos índices de exposição de raios solares até a pré-estação chuvosa, em dezembro. Lembrando que neste período de alta exposição de raios solares o cuidado com a pele deve ser redobrado. Então, você que gosta de pegar uma praia ou trabalha diariamente exposto ao sol não esqueça de usar sempre o protetor solar.

Confira a reportagem completa de Roberta Almeida para a Rede Jangadeiro FM.

Ouça também a matéria de Iury Costa, sobre os perigos da radiação para a pele.

Publicidade

Dê sua opinião

SOL DE RACHAR!

Ceará entra em período com alta incidência de raios ultravioletas

A partir desta quarta-feira (12), a entrada de raios solares se intensificou no Estado. O fenômeno é comum neste período do ano

Por Jangadeiro FM em Ceará

13 de setembro de 2018 às 07:15

Há 1 mês
calor, sol

É preciso proteger a pele contra os raios ultravioletas. (FOTO: Divulgação)

O Ceará apresenta praticamente durante o ano inteiro altas temperaturas e um sol de rachar. Mas, nesta quarta-feira (12), a entrada de raios solares na terrinha se intensificou ainda mais. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme), na escala de intensidade de radiação ultravioleta, o Estado pode chegar a 12 em uma numeração máxima de 16, informa a Rede Jangadeiro FM.

De acordo com o meteorologista Raul Fritz, o fenômeno é comum neste período do ano por conta das poucas nuvens no céu, além do período seco e da proximidade do Ceará com a linha do Equador.

“Geralmente, nesse período do ano, é comum acontecer isso devido à pouca existência de nuvens no céu, céu bem limpo, sem presença de nebulosidade, que atenua a radiação ultravioleta do sol. O Ceará, em geral, durante praticamente todo o ano sempre apresenta níveis altos de ultravioleta devido à proximidade com a linha do Equador”, explicou.

Na escala de intensidade de radiação ultravioleta, o índice recomendável pelos especialistas é 8. Quando registrado níveis maiores, a população deve se proteger para evitar alguns problemas comuns neste período como o câncer de pele. Ainda segundo o meteorologista, os níveis de radiação solar se intensificam em determinados horários do dia.

“Os horários perto do almoço, início da tarde, são aqueles em que a radiação é mais intensa. O nível de radiação ultravioleta chega em torno de 12, nos momentos do dia em que o sol está mais em cima e sem nuvens no céu”, disse o meteorologista.

A previsão é de que o Ceará apresente altos índices de exposição de raios solares até a pré-estação chuvosa, em dezembro. Lembrando que neste período de alta exposição de raios solares o cuidado com a pele deve ser redobrado. Então, você que gosta de pegar uma praia ou trabalha diariamente exposto ao sol não esqueça de usar sempre o protetor solar.

Confira a reportagem completa de Roberta Almeida para a Rede Jangadeiro FM.

Ouça também a matéria de Iury Costa, sobre os perigos da radiação para a pele.