Bombas de sementes são lançadas na Serra do Araripe para ajudar no reflorestamento
SOLUÇÃO INÉDITA

Bombas de sementes são lançadas na Serra do Araripe para ajudar no reflorestamento

As bombas são fabricadas com argila, composto orgânicos e sementes. A técnica é inédita no Nordeste

Por Tribuna Bandnews FM em Ceará

28 de março de 2017 às 07:00

Há 5 meses
As bombas foram lançadas da Serra do Araripe (FOTO: Divulgação)

As bombas foram lançadas da Serra do Araripe (FOTO: Divulgação)

Dez mil bombas de sementes foram lançadas em parte da Serra do Araripe pela Sociedade Anônima de Água e Esgoto do Crato (Saaec). A consultora de educação hidroambiental da instituição Ana Cristina Diogo explica o motivo de lançar as bombas em apenas uma parte da Serra do Araripe, em entrevista à Tribuna Band News FM.

“A experiência está acontecendo na encosta da serra, onde aconteceu um grande incêndio, e as bombas servirão para reflorestamento”, afirma.

As bombas são fabricadas com argila, composto orgânicos e sementes. A técnica é utilizada para reflorestamento em várias partes do planeta. “É um fato inédito do Nordeste e estamos com uma resposta positiva em todos os segmentos”, afirma Ana Cristina.

O material é arremessado de um helicóptero na área a ser reflorestada. As bombas também podem ser lançadas manualmente.

Ouça a reportagem de Carlos Henrique Costa, repórter da Tribuna Band News FM:

Publicidade

Dê sua opinião

SOLUÇÃO INÉDITA

Bombas de sementes são lançadas na Serra do Araripe para ajudar no reflorestamento

As bombas são fabricadas com argila, composto orgânicos e sementes. A técnica é inédita no Nordeste

Por Tribuna Bandnews FM em Ceará

28 de março de 2017 às 07:00

Há 5 meses
As bombas foram lançadas da Serra do Araripe (FOTO: Divulgação)

As bombas foram lançadas da Serra do Araripe (FOTO: Divulgação)

Dez mil bombas de sementes foram lançadas em parte da Serra do Araripe pela Sociedade Anônima de Água e Esgoto do Crato (Saaec). A consultora de educação hidroambiental da instituição Ana Cristina Diogo explica o motivo de lançar as bombas em apenas uma parte da Serra do Araripe, em entrevista à Tribuna Band News FM.

“A experiência está acontecendo na encosta da serra, onde aconteceu um grande incêndio, e as bombas servirão para reflorestamento”, afirma.

As bombas são fabricadas com argila, composto orgânicos e sementes. A técnica é utilizada para reflorestamento em várias partes do planeta. “É um fato inédito do Nordeste e estamos com uma resposta positiva em todos os segmentos”, afirma Ana Cristina.

O material é arremessado de um helicóptero na área a ser reflorestada. As bombas também podem ser lançadas manualmente.

Ouça a reportagem de Carlos Henrique Costa, repórter da Tribuna Band News FM: