Bacia do Alto Jaguaribe atinge 94,18% da capacidade

A Bacia do Alto Jaguaribe está com 94,18% da capacidade total, índice maior do que o apresentado no início do ano de 2011 (89,61%), de acordo com a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh)

Açude Junco continua sangrando. Imagem: Governo do Estado/Divulgação

A Bacia do Alto Jaguaribe está com 94,18% da capacidade total, índice maior do que o apresentado no início do ano de 2011 (89,61%), de acordo com a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). A bacia apresenta volume de 2.442.741.305m³.

Os municípios atendidos são Arneiroz, Aiuaba, Assaré, Antonina do Norte, Quixelô, Tauá, Cariús, Orós, Parambu, Potengi, Campos Sales, Acopiara, Catarina, Iguatu e Altaneira.

Outras bacias

Outras seis bacias hidrográficas apresentam volume acima de 60%, dentre elas a Bacia Metropolitana, que apresenta atualmente um volume de 792.432.512m³. A Bacia atende e beneficia cerca de 3,5 milhões de habitantes, 90% das indústrias e o Complexo Portuário do Pecém.

Açude Junco

Apesar da queda de 50% no volume de chuva em relação à média histórica do estado, o açude Junco, localizado no município de Granjeiro, continua sangrando. Estão próximos de sangrar os açudes Muquém (99,50%), no município de Cariús, Rosário (96,10%), no município de Lavras da Mangabeira, e Ubaldinho (98,70%), localizado no município de Cedro.

Comentários