Aumento na cobrança da conta de luz irrita consumidores
NÍVEL 2 DA BANDEIRA VERMELHA

Aumento na cobrança da conta de luz irrita consumidores

Com a nova taxa, os consumidores devem buscar meios para economizar o consumo de energia elétrica. A cada a cada 100 kWh será cobrado uma taxa de R$3, 50

Por Tribuna do Ceará em Ceará

3 de outubro de 2017 às 12:57

Há 2 semanas

O nível 2 da bandeira vermelha entrou em vigor neste mês de outubro (FOTO: Agência Brasil)

Neste mês de outubro, vai entrar em vigor o nível 2 da bandeira vermelha da conta de luz, gerando mais despesas para o consumidor.

Segundo o sistema utilizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica, a cada 100 kWh será cobrado uma taxa de R$ 3,50.

Em uma residência com cinco pessoas, a média de consumo gira entorno de 300kWh. Com a nova cobrança, a conta de luz vai aumentar R$ 10, 50. As informações são da Tribuna BandNews.

“Eu acho um absurdo, porque o salário não aumenta tanto. Daqui a pouco tenho que tirar a energia de casa porque a gente já faz tanta coisa para economizar. Eu passo o dia fora. Não tenho mais o que fazer para economizar”, reclamou a esteticista Elisângela Belarmino.

O aumento pode ser ainda maior em condomínios. De acordo com o síndico profissional Paulo Feitosa, é importante cada vez mais ficar atento aos detalhes da casa ou em apartamento. “Não é fácil fazer esse trabalho de conscientização em condomínios. Principalmente, quando o condomínio é grande. Vai depender muito do bom senso dos moradores para saber que aquela economia que está fazendo vai implicar na tarifa do condomínio”, ressalta.

A bandeira também vai implicar nos gastos dos comerciantes principalmente nos setores alimentícios, como bares e restaurantes. O presidente do Sindicado que representa os estabelecimentos no Ceará, Moraes Neto, acredita que essa taxa cobrada vai ser repassada para o consumidor por meio do produto final. “Esse é o desafio fazer com que os clientes entendam que é necessário passar esse valor para o cliente”, esclarece.

Confira a entrevista realizada pela Tribuna Band News

Publicidade

Dê sua opinião

NÍVEL 2 DA BANDEIRA VERMELHA

Aumento na cobrança da conta de luz irrita consumidores

Com a nova taxa, os consumidores devem buscar meios para economizar o consumo de energia elétrica. A cada a cada 100 kWh será cobrado uma taxa de R$3, 50

Por Tribuna do Ceará em Ceará

3 de outubro de 2017 às 12:57

Há 2 semanas

O nível 2 da bandeira vermelha entrou em vigor neste mês de outubro (FOTO: Agência Brasil)

Neste mês de outubro, vai entrar em vigor o nível 2 da bandeira vermelha da conta de luz, gerando mais despesas para o consumidor.

Segundo o sistema utilizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica, a cada 100 kWh será cobrado uma taxa de R$ 3,50.

Em uma residência com cinco pessoas, a média de consumo gira entorno de 300kWh. Com a nova cobrança, a conta de luz vai aumentar R$ 10, 50. As informações são da Tribuna BandNews.

“Eu acho um absurdo, porque o salário não aumenta tanto. Daqui a pouco tenho que tirar a energia de casa porque a gente já faz tanta coisa para economizar. Eu passo o dia fora. Não tenho mais o que fazer para economizar”, reclamou a esteticista Elisângela Belarmino.

O aumento pode ser ainda maior em condomínios. De acordo com o síndico profissional Paulo Feitosa, é importante cada vez mais ficar atento aos detalhes da casa ou em apartamento. “Não é fácil fazer esse trabalho de conscientização em condomínios. Principalmente, quando o condomínio é grande. Vai depender muito do bom senso dos moradores para saber que aquela economia que está fazendo vai implicar na tarifa do condomínio”, ressalta.

A bandeira também vai implicar nos gastos dos comerciantes principalmente nos setores alimentícios, como bares e restaurantes. O presidente do Sindicado que representa os estabelecimentos no Ceará, Moraes Neto, acredita que essa taxa cobrada vai ser repassada para o consumidor por meio do produto final. “Esse é o desafio fazer com que os clientes entendam que é necessário passar esse valor para o cliente”, esclarece.

Confira a entrevista realizada pela Tribuna Band News