Alunos são hospitalizadas após comerem refeição de escola em Russas
INTOXICAÇÃO ALIMENTAR

Alunos são hospitalizadas após comerem refeição de escola em Russas

Os estudantes receberam assistência imediata da escola e foram acompanhados ao hospital municipal

Por Deborah Tavares em Ceará

30 de março de 2017 às 18:33

Há 4 meses

A empresa fornecedora da alimentação será notificada (FOTO: Reprodução/Facebook)

Após sofrerem uma intoxicação alimentar, cerca de 50 estudantes foram hospitalizados nesta quarta-feira (29). Os alunos da Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Walquer Cavalcante Maia, em Russas, Ceará, se sentiram mal depois de comer o almoço oferecido pelo colégio.

Segundo a Secretaria da Educação do Ceará (Seduc), os estudantes receberam assistência imediata da escola e foram acompanhados ao hospital municipal e à Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Os alunos afetados receberam alta na mesma tarde. A secretaria disse que está disponibilizando uma nutricionista na unidade escolar para esclarecer o fato e dar os devidos encaminhamentos.

Em nota, a Seduc afirma que a escola realiza a coleta de amostras de todas as refeições servidas, como procedimento de rotina. A amostra recolhida depois do ocorrido já foi encaminhada a um laboratório de análises microbiológicas, para que seja identificada a causa do problema.

Caso seja constatada irregularidade, a empresa fornecedora da alimentação será notificada e deverá reorganizar sua metodologia de trabalho. A empresa foi contratada mediante pregão, promovido pela Procuradoria-Geral do Estado do Ceará (PGE), “seguindo todos os termos de referência elaborados por nutricionistas da Seduc”.

Publicidade

Dê sua opinião

INTOXICAÇÃO ALIMENTAR

Alunos são hospitalizadas após comerem refeição de escola em Russas

Os estudantes receberam assistência imediata da escola e foram acompanhados ao hospital municipal

Por Deborah Tavares em Ceará

30 de março de 2017 às 18:33

Há 4 meses

A empresa fornecedora da alimentação será notificada (FOTO: Reprodução/Facebook)

Após sofrerem uma intoxicação alimentar, cerca de 50 estudantes foram hospitalizados nesta quarta-feira (29). Os alunos da Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Walquer Cavalcante Maia, em Russas, Ceará, se sentiram mal depois de comer o almoço oferecido pelo colégio.

Segundo a Secretaria da Educação do Ceará (Seduc), os estudantes receberam assistência imediata da escola e foram acompanhados ao hospital municipal e à Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Os alunos afetados receberam alta na mesma tarde. A secretaria disse que está disponibilizando uma nutricionista na unidade escolar para esclarecer o fato e dar os devidos encaminhamentos.

Em nota, a Seduc afirma que a escola realiza a coleta de amostras de todas as refeições servidas, como procedimento de rotina. A amostra recolhida depois do ocorrido já foi encaminhada a um laboratório de análises microbiológicas, para que seja identificada a causa do problema.

Caso seja constatada irregularidade, a empresa fornecedora da alimentação será notificada e deverá reorganizar sua metodologia de trabalho. A empresa foi contratada mediante pregão, promovido pela Procuradoria-Geral do Estado do Ceará (PGE), “seguindo todos os termos de referência elaborados por nutricionistas da Seduc”.