Fortaleza

#GuiaFutebolês2018: Com Rogério Ceni no comando, Fortaleza busca títulos no ano do centenário

Rogério foi apresentado em novembro a torcida tricolor (FOTO: Zerosa Filho, especial para o Tribuna do Ceará)
Rogério foi apresentado em novembro a torcida tricolor (FOTO: Zerosa Filho, especial para o Tribuna do Ceará)

A grande contratação para a temporada 2018 do Fortaleza, ano em que o clube fará 100 anos, vai estar no banco de reservas – não como reserva, mas sim comandando o time: Rogério Ceni.

O grande ídolo são-paulino chegou ao Pici com discurso de fazer história. “Vim para ganhar jogo após jogo. Minha vida foi assim desde as categorias de base. Sempre fui muito dedicado no que fiz”, disse o ex-goleiro na apresentação oficial ao clube.

Além de montar um elenco para os campeonatos que disputará, Ceni também contribuiu com seu nome para reformar o gramado do estádio Alcides Santos, no Pici.

Com isso, a pré-temporada, que teve início no dia 26 de dezembro, foi no Centro de Treinamento Ribamar Bezerra, localizado em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Em 2017, o primeiro semestre do Fortaleza não está entre as boas lembranças dos tricolores. Na lista de “esquecimentos”, figuram a eliminação no Campeonato Cearense na semifinal para o Ferroviário e a eliminação da Copa do Brasil na primeira partida. Mas, apesar das críticas, o Tricolor conseguiu o sonhado acesso à Série B após oito anos.

Neste 2018, o Leão irá concentrar todas as forças no Estadual e na Série B, pois não disputa a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil. Para a temporada, já são 11 reforços. Entre eles, o meia Alan Mineiro, que veio do Vila Nova, equipe que disputou a Série B em 2017. O jogador marcou 11 gols na competição.

Resumo da temporada:

Campanha em 2017: Eliminado nas semifinais do Cearense; eliminado na 1ª fase da Copa do Brasil; eliminado na 1ª fase da Copa do Nordeste; e vice-campeão da Série C (acesso).
Torneios em 2018: Campeonato Cearense e Série B do Campeonato Brasileiro.
Objetivos no ano: Luta pelo título do Cearense e pelo acesso à Série A.

Elenco:

Goleiros – Marcelo Boeck, Matheus Inácio, Matheus Jesus e Max Walef.
Laterais – Felipe (Lateral direito); Bruno Melo e Leonan (laterais esquerdos).
Zagueiros – Adalberto, Diego Jussani, Ligger e Roger Carvalho.
Volantes – Anderson Uchôa, Derley, Igor e Pablo (também atua na lateral-direita).
Meias – Alan Mineiro, Alípio, Edinho, João Henrique e Wesley.
Atacantes – Gérman Pacheco (também atua como meia), Gustavo, Léo Natel e Paulo Sérgio.
Técnico – Rogério Ceni

Tags
Centenário Fortaleza Rogério Ceni Tricolor