Fortaleza

Fortaleza vence o Atlético-GO e conquista acesso para a Série A

O time do Fortaleza está de volta a Série A do Campeonato Brasileiro. O Tricolor do Pici assegurou a vaga ao vencer o Atlético (GO) na tarde deste sábado(03), no estádio Antônio Accioly. O placar de dois a um foi construído pelos atletas Gustavo e Bruno Melo, João Paulo descontou para os donos da casa. O triunfo levou a soma total sessenta e quatro pontos e liderança ainda mais isolada do certame.

O leão não dependia apenas de si para conseguir o acesso antecipado ao fim da 34ª rodada da Série B. Precisava que Vila Nova e Londrina não conseguissem vencer Paysandu e Avaí, respectivamente. Os dois jogos terminaram empatados e o caminho de volta para a primeira divisão ficou aberto.

A pressão inicial de mandante foi bem exercida pelo Dragão quando a bola rolou. Seguiu assim até os 15 minutos de jogo. Porém, na primeira chance leonina, o centroavante abriu o placar para mudar o aspecto do duelo. Dez minutos depois, foi a vez do lateral Bruno Melo marcar de cabeça e ampliar o placar.

Desconcentrada com o resultado imposto pelo Fortaleza, a equipe goiana demorou para buscar reação mais efetiva. Conseguiu uma finalização a queima roupa de Thiago Alves. Apareceu o talento do capitão Marcelo Boeck, que fez uma defesa cinematográfica de mão trocada. Foi o lance mais perigoso do Atlético durante todo o primeiro tempo.

A entrada de André Luis no lugar de Vitinho, durante o intervalo, deixou o clube atleticano mais rápido e insinuante. Os comandados de Wagner Lopes recomeçaram o jogo impondo pressão, no entanto, sem concluir com precisão.

O arqueiro tricolor apareceu mais uma vez com com duas defesas difíceis aos 27 minutos. Primeiro, interceptando um chute e uma cabeçada numa sequência de lances efetivados em menos de um minuto.

Com 40 minutos, mais duas defesas em sequencia. Kayzer arriscou de fora da aréa para o capitão mandar pro escanteio. Na cobrança, o mesmo Kayzer arrisca de peixinho e o camisa um usa os pés para interromper o caminho da bola. João Paulo foi quem mandou a bola para dentro do gol, mas já eram jogados 48 minutos. Faltava apenas um minutos de acréscimo e para o grito de “Série A” sair ecoar da garganta de atletas, comissão, diretoria e torcida.

Passados os sustos, o time soube ter controle da partida. A etapa complementar foi bem administrada pelo Fortaleza, que sacramentou acesso à Série A depois de 12 temporadas.

ATLÉTICO: Kléver, Alisson, Lucas Rocha, Oliveira, Jonathan, Pedro Bambu, Rômulo, João Paulo, Vitinho, Renato Kayzer e Thiago Santos. Técnico: Wagner Lopes

FORTALEZA: Boeck,Tinga, Diego Jussani, Ligger, Bruno Melo, Felipe, Dodô, Marlon, Ederson, Marcinho e Gustavo. Técnico: Rogério Ceni

Tags
acesso Fortaleza Série A