Surfistas descobrem em Fortaleza a única praia do estado onde é possível surfar na baixa temporada das ondas


Surfistas descobrem a única praia do Ceará onde é possível surfar na baixa temporada das ondas

Localizada entre o Titanzinho e o Porto do Mucuripe, ao lado do quartel do Corpo de Bombeiros, a Praia do Portão virou point de surfistas profissionais de Fortaleza

Por Lucas Matos em Outros Esportes

28 de setembro de 2014 às 08:00

Há 3 anos
Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, é um ponto de surfistas profissionais (Foto: Raimundo Cavalcante/Acervo pessoal)

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, é um ponto de surfistas profissionais (Foto: Raimundo Cavalcante/Acervo pessoal)

Em Fortaleza, há um local muito diferente de outras praias do estado. Para os surfistas, é um pico único, onde existem belas ondas sempre, mesmo na baixa temporada, que ocorre de junho a outubro. A Praia do Portão, no bairro do Serviluz, é para os atletas profissionais e amadores o “point do surfe no Ceará”.

Localizado entre o Titanzinho e o Porto do Mucuripe, ao lado do quartel do Corpo de Bombeiros, a praia de somente 300 metros é formada por fortes ondas, com ondulações vindo de leste a nordeste e com melhor uso para o surfe na maré baixa. Os altos paredões de pedras são uma beleza a mais para o local, sendo também um perigo para quem surfa no local.

Praia Portão

Durante o percurso, o local é dividido em três áreas: Praia do Portão, Meio e Havaizinho. Vários surfistas de outros locais vão à área para treinar. Pessoas saem da Praia de Iracema, Beira-Mar, Taíba, entre outras regiões.

Natural do Rio Grande do Norte, o surfista profissional Aldemir Calunga, 40, destaca que as melhores ondas do Nordeste estão na Praia do Portão. “Aqui é a onda da maré seca. É única”. O potiguar vem diversas vezes a Fortaleza só para surfar e manter o treinamento.

A grande época de surfe no Ceará acontece nos meses de dezembro a maio, na alta temporada. Segundo Daniel Bezerra, 36, fora desta estação, as ondas no litoral cearense são baixas, e o único espaço onde se pratica o esporte é no Portão.

 

Praia do Portão é point de surfistas profissionais
1/9

Praia do Portão é point de surfistas profissionais

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, um ponto de surfistas profissionais (Foto: Lucas Matos/Divulgação)

Praia do Portão é point de surfistas profissionais
2/9

Praia do Portão é point de surfistas profissionais

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, um ponto de surfistas profissionais (Foto: Lucas Matos/Divulgação)

Praia do Portão é point de surfistas profissionais
3/9

Praia do Portão é point de surfistas profissionais

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, um ponto de surfistas profissionais (Foto: Lucas Matos/Tribuna do Ceará)

Praia do Portão é point de surfistas profissionais
4/9

Praia do Portão é point de surfistas profissionais

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, um ponto de surfistas profissionais (Foto: Lucas Matos/Tribuna do Ceará)

Praia do Portão é point de surfistas profissionais
5/9

Praia do Portão é point de surfistas profissionais

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, um ponto de surfistas profissionais (Foto: Lucas Matos/Tribuna do Ceará)

Praia do Portão é point de surfistas profissionais
6/9

Praia do Portão é point de surfistas profissionais

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, um ponto de surfistas profissionais (Foto: Raimundo Cavalcante/Divulgação)

Praia do Portão é point de surfistas profissionais
7/9

Praia do Portão é point de surfistas profissionais

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, um ponto de surfistas profissionais (Foto: Raimundo Cavalcante/Divulgação)

Praia do Portão é point de surfistas profissionais
8/9

Praia do Portão é point de surfistas profissionais

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, um ponto de surfistas profissionais (Foto: Raimundo Cavalcante/Divulgação)

Praia do Portão é point de surfistas profissionais
9/9

Praia do Portão é point de surfistas profissionais

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, um ponto de surfistas profissionais (Foto: Raimundo Cavalcante/Divulgação)

Raimundo Cavalcante, mais conhecido como “Raimundim”, começou a praticar o surfe ainda nos anos 60. Morador e fotógrafo da região do Titanzinho, é defensor do lugar. “Só aceitamos surfistas profissionais. Não há como os amadores virem para cá, pois como as ondas são de curta duração de tempo, os mais experientes precisam usufruir disso. E o que começou agora não pode ficar ‘roubando’ as ondas dos companheiros”. Cavalcante relembra o último campeonato de masters que ele realizou no local: “Foi uma maravilha. Só veteranos concorrendo, houve muita diversão”.

Apesar de somente aceitar os mais capacitados, a comunidade próxima a praia é muito receptiva. Então, se você já se acha com nível, vale uma passada por lá.

Publicidade

Dê sua opinião

Surfistas descobrem a única praia do Ceará onde é possível surfar na baixa temporada das ondas

Localizada entre o Titanzinho e o Porto do Mucuripe, ao lado do quartel do Corpo de Bombeiros, a Praia do Portão virou point de surfistas profissionais de Fortaleza

Por Lucas Matos em Outros Esportes

28 de setembro de 2014 às 08:00

Há 3 anos
Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, é um ponto de surfistas profissionais (Foto: Raimundo Cavalcante/Acervo pessoal)

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, é um ponto de surfistas profissionais (Foto: Raimundo Cavalcante/Acervo pessoal)

Em Fortaleza, há um local muito diferente de outras praias do estado. Para os surfistas, é um pico único, onde existem belas ondas sempre, mesmo na baixa temporada, que ocorre de junho a outubro. A Praia do Portão, no bairro do Serviluz, é para os atletas profissionais e amadores o “point do surfe no Ceará”.

Localizado entre o Titanzinho e o Porto do Mucuripe, ao lado do quartel do Corpo de Bombeiros, a praia de somente 300 metros é formada por fortes ondas, com ondulações vindo de leste a nordeste e com melhor uso para o surfe na maré baixa. Os altos paredões de pedras são uma beleza a mais para o local, sendo também um perigo para quem surfa no local.

Praia Portão

Durante o percurso, o local é dividido em três áreas: Praia do Portão, Meio e Havaizinho. Vários surfistas de outros locais vão à área para treinar. Pessoas saem da Praia de Iracema, Beira-Mar, Taíba, entre outras regiões.

Natural do Rio Grande do Norte, o surfista profissional Aldemir Calunga, 40, destaca que as melhores ondas do Nordeste estão na Praia do Portão. “Aqui é a onda da maré seca. É única”. O potiguar vem diversas vezes a Fortaleza só para surfar e manter o treinamento.

A grande época de surfe no Ceará acontece nos meses de dezembro a maio, na alta temporada. Segundo Daniel Bezerra, 36, fora desta estação, as ondas no litoral cearense são baixas, e o único espaço onde se pratica o esporte é no Portão.

 

Praia do Portão é point de surfistas profissionais
1/9

Praia do Portão é point de surfistas profissionais

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, um ponto de surfistas profissionais (Foto: Lucas Matos/Divulgação)

Praia do Portão é point de surfistas profissionais
2/9

Praia do Portão é point de surfistas profissionais

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, um ponto de surfistas profissionais (Foto: Lucas Matos/Divulgação)

Praia do Portão é point de surfistas profissionais
3/9

Praia do Portão é point de surfistas profissionais

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, um ponto de surfistas profissionais (Foto: Lucas Matos/Tribuna do Ceará)

Praia do Portão é point de surfistas profissionais
4/9

Praia do Portão é point de surfistas profissionais

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, um ponto de surfistas profissionais (Foto: Lucas Matos/Tribuna do Ceará)

Praia do Portão é point de surfistas profissionais
5/9

Praia do Portão é point de surfistas profissionais

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, um ponto de surfistas profissionais (Foto: Lucas Matos/Tribuna do Ceará)

Praia do Portão é point de surfistas profissionais
6/9

Praia do Portão é point de surfistas profissionais

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, um ponto de surfistas profissionais (Foto: Raimundo Cavalcante/Divulgação)

Praia do Portão é point de surfistas profissionais
7/9

Praia do Portão é point de surfistas profissionais

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, um ponto de surfistas profissionais (Foto: Raimundo Cavalcante/Divulgação)

Praia do Portão é point de surfistas profissionais
8/9

Praia do Portão é point de surfistas profissionais

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, um ponto de surfistas profissionais (Foto: Raimundo Cavalcante/Divulgação)

Praia do Portão é point de surfistas profissionais
9/9

Praia do Portão é point de surfistas profissionais

Praia do Portão, ao lado do Porto do Mucuripe, um ponto de surfistas profissionais (Foto: Raimundo Cavalcante/Divulgação)

Raimundo Cavalcante, mais conhecido como “Raimundim”, começou a praticar o surfe ainda nos anos 60. Morador e fotógrafo da região do Titanzinho, é defensor do lugar. “Só aceitamos surfistas profissionais. Não há como os amadores virem para cá, pois como as ondas são de curta duração de tempo, os mais experientes precisam usufruir disso. E o que começou agora não pode ficar ‘roubando’ as ondas dos companheiros”. Cavalcante relembra o último campeonato de masters que ele realizou no local: “Foi uma maravilha. Só veteranos concorrendo, houve muita diversão”.

Apesar de somente aceitar os mais capacitados, a comunidade próxima a praia é muito receptiva. Então, se você já se acha com nível, vale uma passada por lá.