Atletas de até 14 anos inauguram um dos ginásios mais modernos do Brasil


Atletas de até 14 anos inauguram um dos ginásios mais modernos do Brasil

Padrão internacional e local especulado para receber uma edição do Ultimate Fighting Championship (UFC) recebe os Jogos Escolares da Juventude

Por Lucas Catrib em Outros Esportes

9 de setembro de 2015 às 08:00

Há 3 anos
O local é palco das partidas de handebol dos Jogos Escolares da Juventude (Foto: Divulgação)

O local é palco das partidas de handebol dos Jogos Escolares da Juventude (Foto: Divulgação)

Padrão internacional e local especulado para receber uma edição do Ultimate Fighting Championship (UFC). A arena do Centro de Formação Olímpica de Fortaleza foi inaugurada para partidas nesta terça (08), com confrontos de handebol l dos Jogos Escolares da Juventude. Os atletas estudantis de 12 a 14 anos são os responsáveis pelos primeiros testes na quadra.

A praça esportiva tem capacidade para receber até 17.100 espectadores em eventos de desporto, possui cadeiras retráteis e sistema refrigeração em funcionamento. O ginásio ainda não possui um nome oficial. A parte superior das arquibancadas, por enquanto, não está disponível. Para receber os jogos, o Comitê Olímpico Brasileiro dividiu o espaço em duas quadras. A organização instalou um piso específico para a modalidade em disputa.

“Nunca tinha jogado em um ginásio assim. É muito bom, bem feito, muito organizado. É nível Olimpíadas, Mundial”, afirma Natan Micael, um dos principais jogadores do time do Piauí na competição.

Na estreia dos Jogos Escolares, a equipe do atleta de 14 anos, a Escola Municipal Professor Manoel Paulo Nunes, de Teresina, venceu por 33 a 14. O time de Sergipe não conseguiu evitar as infiltrações do fã de Mikkel Hansen, personagem da seleção dinamarquesa.

Outros times atuaram no primeiro dia de jogos coletivos no Centro de Formação Olímpica. Duas quadras de handebol foram montadas em um prédio auxiliar. O vôlei feminino também é disputado na área. Mesmo com obras inacabadas, o local foi entregue para a realização do evento. No total, R$ 250,4 milhões foram gastos na construção.

“De primeiro mundo, refrigerado, bom clima, totalmente favorável para os atletas. É uma experiência muito boa para eles e também para nós. Apitar uma categoria infantil é uma responsabilidade muito grande, porque nós estamos educando”, explica Fábio Passos, árbitro de 32 anos.

UFC por aqui

Em junho de 2013, após a realização do UFC Fortaleza, no ginásio Paulo Sarasate, a organização revelou o desejo de voltar ao município para uma nova edição. Marshall Zelaznik, diretor de Desenvolvimento Internacional do evento, explicou que a situação seria possível com a construção do Centro de Formação Olímpica.

(Foto: Divulgação)
1/3

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)
2/3

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)
3/3

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Publicidade

Dê sua opinião

Atletas de até 14 anos inauguram um dos ginásios mais modernos do Brasil

Padrão internacional e local especulado para receber uma edição do Ultimate Fighting Championship (UFC) recebe os Jogos Escolares da Juventude

Por Lucas Catrib em Outros Esportes

9 de setembro de 2015 às 08:00

Há 3 anos
O local é palco das partidas de handebol dos Jogos Escolares da Juventude (Foto: Divulgação)

O local é palco das partidas de handebol dos Jogos Escolares da Juventude (Foto: Divulgação)

Padrão internacional e local especulado para receber uma edição do Ultimate Fighting Championship (UFC). A arena do Centro de Formação Olímpica de Fortaleza foi inaugurada para partidas nesta terça (08), com confrontos de handebol l dos Jogos Escolares da Juventude. Os atletas estudantis de 12 a 14 anos são os responsáveis pelos primeiros testes na quadra.

A praça esportiva tem capacidade para receber até 17.100 espectadores em eventos de desporto, possui cadeiras retráteis e sistema refrigeração em funcionamento. O ginásio ainda não possui um nome oficial. A parte superior das arquibancadas, por enquanto, não está disponível. Para receber os jogos, o Comitê Olímpico Brasileiro dividiu o espaço em duas quadras. A organização instalou um piso específico para a modalidade em disputa.

“Nunca tinha jogado em um ginásio assim. É muito bom, bem feito, muito organizado. É nível Olimpíadas, Mundial”, afirma Natan Micael, um dos principais jogadores do time do Piauí na competição.

Na estreia dos Jogos Escolares, a equipe do atleta de 14 anos, a Escola Municipal Professor Manoel Paulo Nunes, de Teresina, venceu por 33 a 14. O time de Sergipe não conseguiu evitar as infiltrações do fã de Mikkel Hansen, personagem da seleção dinamarquesa.

Outros times atuaram no primeiro dia de jogos coletivos no Centro de Formação Olímpica. Duas quadras de handebol foram montadas em um prédio auxiliar. O vôlei feminino também é disputado na área. Mesmo com obras inacabadas, o local foi entregue para a realização do evento. No total, R$ 250,4 milhões foram gastos na construção.

“De primeiro mundo, refrigerado, bom clima, totalmente favorável para os atletas. É uma experiência muito boa para eles e também para nós. Apitar uma categoria infantil é uma responsabilidade muito grande, porque nós estamos educando”, explica Fábio Passos, árbitro de 32 anos.

UFC por aqui

Em junho de 2013, após a realização do UFC Fortaleza, no ginásio Paulo Sarasate, a organização revelou o desejo de voltar ao município para uma nova edição. Marshall Zelaznik, diretor de Desenvolvimento Internacional do evento, explicou que a situação seria possível com a construção do Centro de Formação Olímpica.

(Foto: Divulgação)
1/3

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)
2/3

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)
3/3

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)