Membro de organizada do Ceará e líder de torcida do Fortaleza provam que o amor supera rivalidade
DIA DOS NAMORADOS

Membro de organizada do Ceará e líder de torcida do Fortaleza provam que o amor supera rivalidade

Vyctor Bernardo e Amanda Nunes estão há 2 anos e 8 meses juntos. Nem a diferença na paixão pelos times é capaz impedir o amor entre eles

Por Lyvia Rocha em Futebol cearense

12 de junho de 2017 às 08:12

Há 4 meses
O casal está junto há quase 3 anos (FOTO: Arquivo pessoal)

O casal está junto há quase 3 anos (FOTO: Arquivo pessoal)

O velho clichê que o amor supera todas as barreiras e divergências pode ser aplicado a Vyctor Bernardo e Amanda Nunes. Neste Dia dos Namorados, eles comemoram o amor que os uniu há 2 anos e 8 meses. As dificuldades e barreiras desse casal se resumem em uma só: eles torcem times rivais. Vyctor faz parte de uma das torcidas organizadas do Ceará e Amanda é uma das leoninas, líderes de torcidas do Fortaleza.

Aumentando ainda mais essa diferença: ele é vendedor de uma das lojas oficiais do Vovô, enquanto ela é vendedora de uma das lojas oficias do Leão. Mas quem disse que isso importa quando o coração deles bateu mais forte e o estômago ficou com aquela sensação de estar recheado de borboletas? Pois é, nada foi capaz de superar ou desviar o foco, quando aquele sentimento estranho invadiu o casal de forma avassaladora.

Entre eles, tudo teve início nas redes sociais. “Nós tínhamos amigos em comum, e eu resolvi segui-lá. Me apaixonei só vendo a foto”, confessa Vyctor. Amanda também resolveu seguir de volta aquele rapaz de sorriso fácil. “Segui também, mas ele que tomou atitude”, garante.

Alguns dias depois de começarem uma amizade virtual, eles começaram a conversar pelas rede sociais. “A gente ficou amigo nas redes sociais e eu comecei a puxar assunto. Algumas semanas depois nós marcamos o nosso primeiro encontro”, relembra Vyctor.

Então, entre uma cena e outra do filme Apocalipse, o primeiro beijo aconteceu, e não só nas telonas, mas na vida dos dois, uma revolução também aconteceu. “O filme era o que menos importava naquele momento”, brinca Vyctor. Era o início de uma grande amor que não se importava com as cores que cada um defendia.

O casal já está junto há quase 3 anos (FOTO: Arquivo pessoal)

O casal já está junto há quase 3 anos (FOTO: Arquivo pessoal)

Alvinegro x Tricolor

No início do relacionamento a grande diferença deles, preocupou um pouco, mas nunca foi impedimento para nada. “No início imaginei que seria um pouco complicado por ela ser líder de torcida e eu de torcida organizada. Porém, depois que nossos amigos viram o quanto estávamos felizes juntos começaram a nos apoiar”, afirma Vyctor.

O gosto um do outro também nunca foi motivo para briga. O respeito sempre vem em primeiro lugar na relação. “Nunca. Nós nos respeitamos bastante. E evitamos brincadeiras um com o outro desse tipo e fica tudo bem”, garante Amanda.

Nos dias de Clássicos-Rei, os dois se separam. “Nós vamos juntos. Mas, quando chegamos lá, deixo ela lá no lado do Fortaleza e vou para o lado do Ceará. Mas ainda sonho em ter um local no estádio, como nas outras cidades, com alguns torcedores juntos, para assistirmos juntos na arquibancada, eu, ela e Sarah [filha do casal]”, projeta o jovem.

Sarah é o grande presente que eles receberam há 1 ano e 4 meses. Já morando juntos, Amanda teve a notícia que a família iria aumentar. “A Sarah foi a melhor alegria da nossa vida”, derrete-se Vyctor.

Sobre o time que a pequena irá torcer, eles brincam e divergem. “Ela vai escolher e vai ser Fortaleza”, garante a mãe. Já o pai prefere rir da indagação e silenciar. Já são 2 anos e 8 meses de relacionamento e a certeza que as cores que os dois carregam no peito não podem abalar o amor entre eles.

“Lá em casa é uma gaveta do Ceará, outra do Fortaleza. E assim vamos e continuamos nos dando bem. Desde o início”, garantem o casal que supera a rivalidade no futebol, para viver uma história de amor na vida.

Amanda e Vyctor
1/5

Amanda e Vyctor

O casal tem uma filha de 1 ano e 4 meses (FOTO: Arquivo pessoal)

Amanda e Vyctor
2/5

Amanda e Vyctor

O casal tem uma filha de 1 ano e 4 meses (FOTO: Arquivo pessoal)

Amanda e Vyctor
3/5

Amanda e Vyctor

O casal tem uma filha de 1 ano e 4 meses (FOTO: Arquivo pessoal)

Amanda e Vyctor
4/5

Amanda e Vyctor

O casal tem uma filha de 1 ano e 4 meses (FOTO: Arquivo pessoal)

Amanda e Vyctor
5/5

Amanda e Vyctor

O casal tem uma filha de 1 ano e 4 meses (FOTO: Arquivo pessoal)

Publicidade

Dê sua opinião

DIA DOS NAMORADOS

Membro de organizada do Ceará e líder de torcida do Fortaleza provam que o amor supera rivalidade

Vyctor Bernardo e Amanda Nunes estão há 2 anos e 8 meses juntos. Nem a diferença na paixão pelos times é capaz impedir o amor entre eles

Por Lyvia Rocha em Futebol cearense

12 de junho de 2017 às 08:12

Há 4 meses
O casal está junto há quase 3 anos (FOTO: Arquivo pessoal)

O casal está junto há quase 3 anos (FOTO: Arquivo pessoal)

O velho clichê que o amor supera todas as barreiras e divergências pode ser aplicado a Vyctor Bernardo e Amanda Nunes. Neste Dia dos Namorados, eles comemoram o amor que os uniu há 2 anos e 8 meses. As dificuldades e barreiras desse casal se resumem em uma só: eles torcem times rivais. Vyctor faz parte de uma das torcidas organizadas do Ceará e Amanda é uma das leoninas, líderes de torcidas do Fortaleza.

Aumentando ainda mais essa diferença: ele é vendedor de uma das lojas oficiais do Vovô, enquanto ela é vendedora de uma das lojas oficias do Leão. Mas quem disse que isso importa quando o coração deles bateu mais forte e o estômago ficou com aquela sensação de estar recheado de borboletas? Pois é, nada foi capaz de superar ou desviar o foco, quando aquele sentimento estranho invadiu o casal de forma avassaladora.

Entre eles, tudo teve início nas redes sociais. “Nós tínhamos amigos em comum, e eu resolvi segui-lá. Me apaixonei só vendo a foto”, confessa Vyctor. Amanda também resolveu seguir de volta aquele rapaz de sorriso fácil. “Segui também, mas ele que tomou atitude”, garante.

Alguns dias depois de começarem uma amizade virtual, eles começaram a conversar pelas rede sociais. “A gente ficou amigo nas redes sociais e eu comecei a puxar assunto. Algumas semanas depois nós marcamos o nosso primeiro encontro”, relembra Vyctor.

Então, entre uma cena e outra do filme Apocalipse, o primeiro beijo aconteceu, e não só nas telonas, mas na vida dos dois, uma revolução também aconteceu. “O filme era o que menos importava naquele momento”, brinca Vyctor. Era o início de uma grande amor que não se importava com as cores que cada um defendia.

O casal já está junto há quase 3 anos (FOTO: Arquivo pessoal)

O casal já está junto há quase 3 anos (FOTO: Arquivo pessoal)

Alvinegro x Tricolor

No início do relacionamento a grande diferença deles, preocupou um pouco, mas nunca foi impedimento para nada. “No início imaginei que seria um pouco complicado por ela ser líder de torcida e eu de torcida organizada. Porém, depois que nossos amigos viram o quanto estávamos felizes juntos começaram a nos apoiar”, afirma Vyctor.

O gosto um do outro também nunca foi motivo para briga. O respeito sempre vem em primeiro lugar na relação. “Nunca. Nós nos respeitamos bastante. E evitamos brincadeiras um com o outro desse tipo e fica tudo bem”, garante Amanda.

Nos dias de Clássicos-Rei, os dois se separam. “Nós vamos juntos. Mas, quando chegamos lá, deixo ela lá no lado do Fortaleza e vou para o lado do Ceará. Mas ainda sonho em ter um local no estádio, como nas outras cidades, com alguns torcedores juntos, para assistirmos juntos na arquibancada, eu, ela e Sarah [filha do casal]”, projeta o jovem.

Sarah é o grande presente que eles receberam há 1 ano e 4 meses. Já morando juntos, Amanda teve a notícia que a família iria aumentar. “A Sarah foi a melhor alegria da nossa vida”, derrete-se Vyctor.

Sobre o time que a pequena irá torcer, eles brincam e divergem. “Ela vai escolher e vai ser Fortaleza”, garante a mãe. Já o pai prefere rir da indagação e silenciar. Já são 2 anos e 8 meses de relacionamento e a certeza que as cores que os dois carregam no peito não podem abalar o amor entre eles.

“Lá em casa é uma gaveta do Ceará, outra do Fortaleza. E assim vamos e continuamos nos dando bem. Desde o início”, garantem o casal que supera a rivalidade no futebol, para viver uma história de amor na vida.

Amanda e Vyctor
1/5

Amanda e Vyctor

O casal tem uma filha de 1 ano e 4 meses (FOTO: Arquivo pessoal)

Amanda e Vyctor
2/5

Amanda e Vyctor

O casal tem uma filha de 1 ano e 4 meses (FOTO: Arquivo pessoal)

Amanda e Vyctor
3/5

Amanda e Vyctor

O casal tem uma filha de 1 ano e 4 meses (FOTO: Arquivo pessoal)

Amanda e Vyctor
4/5

Amanda e Vyctor

O casal tem uma filha de 1 ano e 4 meses (FOTO: Arquivo pessoal)

Amanda e Vyctor
5/5

Amanda e Vyctor

O casal tem uma filha de 1 ano e 4 meses (FOTO: Arquivo pessoal)