Ferroviário apresenta comissão técnica com a missão de voltar à elite do futebol cearense


Ferroviário apresenta comissão técnica com a missão de voltar à elite do futebol cearense

A equipe Coral estreia no próximo domingo (21), frente ao Campo Grande, às 16h, no Estádio Presidente Vargas

Por Lyvia Rocha em Futebol cearense

18 de Fevereiro de 2016 às 20:09

Há 3 anos
Lula Pereira está no comando da comissão técnica do Tubarão da Barra (FOTO: Divulgação)

Lula Pereira está no comando da comissão técnica do Tubarão da Barra (FOTO: Divulgação)

O Ferroviário apresentou na última quarta-feira (17) a nova comissão técnica que comandará o time coral na segunda divisão do Campeonato Cearense. O diretor de comissão técnica Lula Pereira e o treinador Fernando Filho conversaram com a imprensa e falaram sobre este início de temporada e o que esperam alcançar vestindo a camisa do Tubarão da Barra.

A equipe Coral estreia no próximo domingo (21), frente ao Campo Grande, às 16h, no Estádio Presidente Vargas, em jogo válido pela 1ª rodada da Série B do Campeonato Cearense.

Inicialmente, Lula Pereira falou sobre seus companheiros que formam a comissão técnica coral, para ele a seriedade e a competência foram primordiais na escolha. “Quando busquei Fernando e Danilo não foi por amizade, se fosse por amizade eu tinha aqui meu filho, estou trazendo porque são pessoas competentes, atualizadas e estão dando, como eu, todo seu tempo para o Ferroviário. Se vai dar certo ou não o tempo vai dizer, mas vamos fazer de tudo, com o maior critério possível”, pontua Lula.

Esclarecendo as funções na comissão técnica, Lula afirmou que todos vão trabalhar de forma conjunta: “É uma comissão de forma integrada, no futebol é novo, mas no vôlei tem, no basquete tem, no futsal também tem e agora aqui no Ferroviário. Nós estamos fazendo esse trabalho em conjunto para que o Ferroviário possa, em um espaço de tempo curto, voltar a ser um clube que dê alegria para o seu torcedor”, destacou.

O treinador Fernando Filho também comentou sobre a metodologia de trabalho para este ano de 2016. “Nós já estamos mostrando com esse método que aqui não tem vaidades, eu não quero aparecer, o Lula também não, nós queremos fazer com que a somatória de três ou quatro pessoas da comissão técnica seja em prol do Ferroviário e os atletas estão entendendo isso. O Lula está lá de fora, gritando, observando, motivando e eu estou lá dentro do campo orientando e reorganizando algumas situações”, afirmou o técnico.

Para os objetivos, Fernando destaca o retorno da identidade do Ferroviário e uma equipe competitiva: “Anos se passaram, já estamos com 20 anos sem bons resultados e não vimos quem era o Ferroviário, quais eram seus objetivos. Então traçamos um perfil e queremos uma equipe que vai dar até a última gota de suor para sair com a vitória”, disse.

Finalizando a entrevista, fez um apelo ao torcedor do Tubarão da Barra. “Eu sei que não é fácil, mas eu estou pedindo o carinho e a compreensão do torcedor do Ferroviário. Eu sei que é difícil, pois o time está há 20 anos sem conquistar nada apenas caindo, mas eu quero que eles deixem todos esses 20 anos pra trás e recomecem com a gente uma etapa nova, nos dê o crédito, venha. Se nós somos poucos e começamos a nos dividir é muito pior, quero que esse pouco se una por uma causa chamada Ferroviário Atlético Clube“, concluiu

Publicidade

Dê sua opinião

Ferroviário apresenta comissão técnica com a missão de voltar à elite do futebol cearense

A equipe Coral estreia no próximo domingo (21), frente ao Campo Grande, às 16h, no Estádio Presidente Vargas

Por Lyvia Rocha em Futebol cearense

18 de Fevereiro de 2016 às 20:09

Há 3 anos
Lula Pereira está no comando da comissão técnica do Tubarão da Barra (FOTO: Divulgação)

Lula Pereira está no comando da comissão técnica do Tubarão da Barra (FOTO: Divulgação)

O Ferroviário apresentou na última quarta-feira (17) a nova comissão técnica que comandará o time coral na segunda divisão do Campeonato Cearense. O diretor de comissão técnica Lula Pereira e o treinador Fernando Filho conversaram com a imprensa e falaram sobre este início de temporada e o que esperam alcançar vestindo a camisa do Tubarão da Barra.

A equipe Coral estreia no próximo domingo (21), frente ao Campo Grande, às 16h, no Estádio Presidente Vargas, em jogo válido pela 1ª rodada da Série B do Campeonato Cearense.

Inicialmente, Lula Pereira falou sobre seus companheiros que formam a comissão técnica coral, para ele a seriedade e a competência foram primordiais na escolha. “Quando busquei Fernando e Danilo não foi por amizade, se fosse por amizade eu tinha aqui meu filho, estou trazendo porque são pessoas competentes, atualizadas e estão dando, como eu, todo seu tempo para o Ferroviário. Se vai dar certo ou não o tempo vai dizer, mas vamos fazer de tudo, com o maior critério possível”, pontua Lula.

Esclarecendo as funções na comissão técnica, Lula afirmou que todos vão trabalhar de forma conjunta: “É uma comissão de forma integrada, no futebol é novo, mas no vôlei tem, no basquete tem, no futsal também tem e agora aqui no Ferroviário. Nós estamos fazendo esse trabalho em conjunto para que o Ferroviário possa, em um espaço de tempo curto, voltar a ser um clube que dê alegria para o seu torcedor”, destacou.

O treinador Fernando Filho também comentou sobre a metodologia de trabalho para este ano de 2016. “Nós já estamos mostrando com esse método que aqui não tem vaidades, eu não quero aparecer, o Lula também não, nós queremos fazer com que a somatória de três ou quatro pessoas da comissão técnica seja em prol do Ferroviário e os atletas estão entendendo isso. O Lula está lá de fora, gritando, observando, motivando e eu estou lá dentro do campo orientando e reorganizando algumas situações”, afirmou o técnico.

Para os objetivos, Fernando destaca o retorno da identidade do Ferroviário e uma equipe competitiva: “Anos se passaram, já estamos com 20 anos sem bons resultados e não vimos quem era o Ferroviário, quais eram seus objetivos. Então traçamos um perfil e queremos uma equipe que vai dar até a última gota de suor para sair com a vitória”, disse.

Finalizando a entrevista, fez um apelo ao torcedor do Tubarão da Barra. “Eu sei que não é fácil, mas eu estou pedindo o carinho e a compreensão do torcedor do Ferroviário. Eu sei que é difícil, pois o time está há 20 anos sem conquistar nada apenas caindo, mas eu quero que eles deixem todos esses 20 anos pra trás e recomecem com a gente uma etapa nova, nos dê o crédito, venha. Se nós somos poucos e começamos a nos dividir é muito pior, quero que esse pouco se una por uma causa chamada Ferroviário Atlético Clube“, concluiu