Entenda a situação do jogador Wesley, revelação do Fortaleza, que já foi investigado pela Polícia
REDES SOCIAIS

Entenda a situação legal do jogador Wesley, revelação do Fortaleza, que já foi investigado pela Polícia

O jogador de 20 anos vem se destacando em 2017, e virou alvo de discussões nos últimos dias após compartilhamento de processo judicial

Por Lyvia Rocha em Futebol cearense

17 de fevereiro de 2017 às 06:45

Há 4 meses
meia-Wesley-jogador

O meia é uma das revelações do Tricolor nesse início de temporada (FOTO: Reprodução/Facebook)

Com 20 anos, o meia Wesley é uma das revelações do Fortaleza no Campeonato Cearense. Mas o garoto surgido nas categorias de base do Tricolor virou notícia nos últimos dias não pelo seu futebol, e sim por questões judiciais.

Isso aconteceu desde que prints apontando que o atleta teria se envolvido em um homicídio em Maracanaú, em 2015, começaram a circular em redes sociais. Wesley de fato foi investigado pela Polícia nesse caso, porém acabou considerado inocente pelo Tribunal de Justiça do Ceará, em dezembro do mesmo ano.

O jogador ficou preso apenas um dia, e não chegou a ser denunciado pelo Ministério Público. Segundo informações do TJ, o MP enviou o pedido de liberdade para a Justiça, que acatou e liberou o jogador.

“Por este juízo foi reconhecida ilegalidade na prisão do réu supracitado, determinando sua soltura. Assim, nada mais resta senão determinar o arquivamento do presente pedido por perda do objeto”, aponta o processo criminal.

Sobre o ocorrido com o atleta, o Fortaleza se pronunciou em nota nas redes sociais, em virtude da grande repercussão da postagem compartilhada em redes sociais.

“Oportunamente, o Fortaleza destaca que a discriminação de pessoas envolvidas em processos criminais traz graves prejuízos a sua integração social, sendo certo que o esporte se constitui em ferramenta de ressocialização. A Diretoria lamenta a postura parcial daqueles que buscam conturbar o cotidiano do clube, divulgando tais informações inverídicas no intuito exclusivo de desestabilizar o grupo de atletas”, diz parte da nota.

Wesley não se pronunciou sobre o caso. O Tribuna do Ceará não conseguiu contato com o jogador.

Publicidade

Dê sua opinião

REDES SOCIAIS

Entenda a situação legal do jogador Wesley, revelação do Fortaleza, que já foi investigado pela Polícia

O jogador de 20 anos vem se destacando em 2017, e virou alvo de discussões nos últimos dias após compartilhamento de processo judicial

Por Lyvia Rocha em Futebol cearense

17 de fevereiro de 2017 às 06:45

Há 4 meses
meia-Wesley-jogador

O meia é uma das revelações do Tricolor nesse início de temporada (FOTO: Reprodução/Facebook)

Com 20 anos, o meia Wesley é uma das revelações do Fortaleza no Campeonato Cearense. Mas o garoto surgido nas categorias de base do Tricolor virou notícia nos últimos dias não pelo seu futebol, e sim por questões judiciais.

Isso aconteceu desde que prints apontando que o atleta teria se envolvido em um homicídio em Maracanaú, em 2015, começaram a circular em redes sociais. Wesley de fato foi investigado pela Polícia nesse caso, porém acabou considerado inocente pelo Tribunal de Justiça do Ceará, em dezembro do mesmo ano.

O jogador ficou preso apenas um dia, e não chegou a ser denunciado pelo Ministério Público. Segundo informações do TJ, o MP enviou o pedido de liberdade para a Justiça, que acatou e liberou o jogador.

“Por este juízo foi reconhecida ilegalidade na prisão do réu supracitado, determinando sua soltura. Assim, nada mais resta senão determinar o arquivamento do presente pedido por perda do objeto”, aponta o processo criminal.

Sobre o ocorrido com o atleta, o Fortaleza se pronunciou em nota nas redes sociais, em virtude da grande repercussão da postagem compartilhada em redes sociais.

“Oportunamente, o Fortaleza destaca que a discriminação de pessoas envolvidas em processos criminais traz graves prejuízos a sua integração social, sendo certo que o esporte se constitui em ferramenta de ressocialização. A Diretoria lamenta a postura parcial daqueles que buscam conturbar o cotidiano do clube, divulgando tais informações inverídicas no intuito exclusivo de desestabilizar o grupo de atletas”, diz parte da nota.

Wesley não se pronunciou sobre o caso. O Tribuna do Ceará não conseguiu contato com o jogador.