Clodoaldo é libertado após amigos fazerem "vaquinha" para quitar pensão alimentícia
DÍVIDA COM JUSTIÇA

Clodoaldo é libertado após amigos fazerem “vaquinha” para quitar pensão alimentícia

Clodoaldo, ex-atleta de Fortaleza e Ceará, foi preso por não pagar pensão alimentícia, dívida que chegava a R$ 52 mil

Por Lyvia Rocha em Futebol cearense

10 de março de 2017 às 14:20

Há 7 meses
Ele foi solto na última quinta-feira (9) (FOTO: Reprodução/Ipu Notícias )

Ele foi solto na última quinta-feira (9) (FOTO: Reprodução/Ipu Notícias )

O ex-jogador Clodoaldo foi solto nesta quinta-feira (9) após conseguir pagar parte da dívida da pensão alimentícia e também realizar um acordo. Ele estava preso na cadeia Pública do Ipu, desde o dia 3, por não pagamento de pensão alimentícia. A dívida do jogador chegava a R$ 52 mil, segundo a Sejus.

De acordo com informações de Carlos Henrique Filé, amigos organizaram uma “vaquinha” para ajudar o jogador com passagens por Fortaleza e Ceará a ficar livre. “Foi dado um terreno no valor de R$ 10 mil, R$ 10 mil em espécie e mais 5 cheques no valor de R$ 1 mil para cada dia da semana, e por isso que a campanha continua para quitarmos a dívida”, afirma o organizador.

Essa não foi a primeira vez em que Clodoaldo acabou preso por não pagar pensão alimentícia a uma de suas filhas. Caso semelhante ocorreu em 2004, quando ele saía de campo num jogo do Ceará contra o Ituano, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

A carreira dele foi marcada por altos e baixos, principalmente devido a conflitos de sua vida pessoal. Em 2002, ele quase faleceu ao bater o carro na saída de um clube de forró em Fortaleza. Em outra ocasião, foi dispensado pelo Treze de Campina Grande por fugir da concentração e aparecer embriagado no estádio a pouco tempo do início da partida contra o Campinense. Seu principal destaque foi no Fortaleza, time no qual se tornou ídolo da torcida.

Veja o vídeo:

Publicidade

Dê sua opinião

DÍVIDA COM JUSTIÇA

Clodoaldo é libertado após amigos fazerem “vaquinha” para quitar pensão alimentícia

Clodoaldo, ex-atleta de Fortaleza e Ceará, foi preso por não pagar pensão alimentícia, dívida que chegava a R$ 52 mil

Por Lyvia Rocha em Futebol cearense

10 de março de 2017 às 14:20

Há 7 meses
Ele foi solto na última quinta-feira (9) (FOTO: Reprodução/Ipu Notícias )

Ele foi solto na última quinta-feira (9) (FOTO: Reprodução/Ipu Notícias )

O ex-jogador Clodoaldo foi solto nesta quinta-feira (9) após conseguir pagar parte da dívida da pensão alimentícia e também realizar um acordo. Ele estava preso na cadeia Pública do Ipu, desde o dia 3, por não pagamento de pensão alimentícia. A dívida do jogador chegava a R$ 52 mil, segundo a Sejus.

De acordo com informações de Carlos Henrique Filé, amigos organizaram uma “vaquinha” para ajudar o jogador com passagens por Fortaleza e Ceará a ficar livre. “Foi dado um terreno no valor de R$ 10 mil, R$ 10 mil em espécie e mais 5 cheques no valor de R$ 1 mil para cada dia da semana, e por isso que a campanha continua para quitarmos a dívida”, afirma o organizador.

Essa não foi a primeira vez em que Clodoaldo acabou preso por não pagar pensão alimentícia a uma de suas filhas. Caso semelhante ocorreu em 2004, quando ele saía de campo num jogo do Ceará contra o Ituano, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

A carreira dele foi marcada por altos e baixos, principalmente devido a conflitos de sua vida pessoal. Em 2002, ele quase faleceu ao bater o carro na saída de um clube de forró em Fortaleza. Em outra ocasião, foi dispensado pelo Treze de Campina Grande por fugir da concentração e aparecer embriagado no estádio a pouco tempo do início da partida contra o Campinense. Seu principal destaque foi no Fortaleza, time no qual se tornou ídolo da torcida.

Veja o vídeo: