Ceará, Fortaleza e Ferroviário perdem seus técnicos em menos de 24 horas
DISPENSADOS

Ceará, Fortaleza e Ferroviário perdem seus técnicos em menos de 24 horas

Eliminados da Copa do Brasil, Ceará e Fortaleza também tem outro ponto em comum

Por Lyvia Rocha em Futebol cearense

16 de fevereiro de 2017 às 14:37

Há 7 meses
tecnico-fortaleza

Os dois treinadores estão fora dos maiores clubes do estado (FOTO:S Cearasc.com/Facebook)

Eliminados da Copa do Brasil, Ceará e Fortaleza também tem outro ponto em comum: os times estão sem treinadores. Hemerson Maria e Gilmar Dal Pozzo foram demitidos nesta quinta-feira (16). Já no Ferroviário, o treinador Marcelo Vilar trocou o Tubarão da Barra pelo Moto Club.

O técnico Alvinegro ainda chegou a voltar para a Capital como treinador do Vovô, mas no desembarque sofreu ameaças e pressão de torcedores do clube. Horas depois do ocorrido, em comum acordo com o clube, ele se desligou da equipe.

O Ceará perdeu para o Boavista, por 1 a 0, com pênalti de Marcelo Nicácio, jogador que já atuou no Fortaleza e no próprio Vovô. Já às 20h30, o Fortaleza perdeu para o São Raimundo por 2 a 1 de virada. E o Uniclinic para a Portuguesa por 2 a 1.

Histórico

O Ceará, mesmo líder do Campeonato Cearense, vem com um retrospecto de más atuações e uma sequência de eliminações e campanhas desastrosas. Em 2015, o time lutou até a última rodada contra o rebaixamento para a Série C do Campeonato Brasileiro, em 2016 não se classificou para as finais do Estadual, foi eliminado precocemente na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste, e na Série B amargou um 10º lugar.

O Fortaleza, por sua vez, amargará em 2017 o oitavo ano na Série C do Campeonato Brasileiro. Além disso, a equipe foi toda desfeita para essa temporada e o time não vem fazendo boas atuações no Estadual e também na Copa do Nordeste.

Publicidade

Dê sua opinião

DISPENSADOS

Ceará, Fortaleza e Ferroviário perdem seus técnicos em menos de 24 horas

Eliminados da Copa do Brasil, Ceará e Fortaleza também tem outro ponto em comum

Por Lyvia Rocha em Futebol cearense

16 de fevereiro de 2017 às 14:37

Há 7 meses
tecnico-fortaleza

Os dois treinadores estão fora dos maiores clubes do estado (FOTO:S Cearasc.com/Facebook)

Eliminados da Copa do Brasil, Ceará e Fortaleza também tem outro ponto em comum: os times estão sem treinadores. Hemerson Maria e Gilmar Dal Pozzo foram demitidos nesta quinta-feira (16). Já no Ferroviário, o treinador Marcelo Vilar trocou o Tubarão da Barra pelo Moto Club.

O técnico Alvinegro ainda chegou a voltar para a Capital como treinador do Vovô, mas no desembarque sofreu ameaças e pressão de torcedores do clube. Horas depois do ocorrido, em comum acordo com o clube, ele se desligou da equipe.

O Ceará perdeu para o Boavista, por 1 a 0, com pênalti de Marcelo Nicácio, jogador que já atuou no Fortaleza e no próprio Vovô. Já às 20h30, o Fortaleza perdeu para o São Raimundo por 2 a 1 de virada. E o Uniclinic para a Portuguesa por 2 a 1.

Histórico

O Ceará, mesmo líder do Campeonato Cearense, vem com um retrospecto de más atuações e uma sequência de eliminações e campanhas desastrosas. Em 2015, o time lutou até a última rodada contra o rebaixamento para a Série C do Campeonato Brasileiro, em 2016 não se classificou para as finais do Estadual, foi eliminado precocemente na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste, e na Série B amargou um 10º lugar.

O Fortaleza, por sua vez, amargará em 2017 o oitavo ano na Série C do Campeonato Brasileiro. Além disso, a equipe foi toda desfeita para essa temporada e o time não vem fazendo boas atuações no Estadual e também na Copa do Nordeste.