Copa do Nordeste 2014: caminho mais curto para a Copa Sul-Americana

A principal competição regional do país terá início nesta sexta (17), com o duelo entre Potiguar-RN e Treze-PB. Ao todo, serão 62 jogos até o dia 9 de abril

 

A Copa do Nordeste 2014 terá oito clubes que não disputaram a edição do ano passado (FOTO: Divulgação)

A Copa do Nordeste 2014 terá oito clubes que não disputaram a edição do ano passado (FOTO: Divulgação)

 

 Por Lucas Catrib e Caio Costa

A nova Copa do Nordeste terá sua segunda edição sendo iniciada. Com largada para esta sexta (17), a partir das 19h30 (horário do Nordeste), no jogo entre Potiguar-RN e Treze-PB, a competição tenta se consolidar mais ainda no futebol brasileiro. Prestigiada já em 2013 por ser a única competição regional do país, agora a atração é a vaga na Copa Sul-Americana para o campeão.

O time vencedor só poderá participar da disputa internacional caso não chegue a quarta fase da Copa do Brasil. Como o calendário está apertado, existiria essa impossibilidade. Fora o atrativo de distribuir um lugar em um torneio consolidado no continente, o aporte financeiro faz os clubes sonharem com um Eldorado em comum. Quem chegar ao título irá garantir mais de R$ 1,5 milhão. Somado aos lucros das bilheterias, a intenção é que um clube possa alcançar mais de R$ 3 milhões.

>LEIA MAIS:

A marca pode ser até ultrapassada. O Ceará, dono da melhor média de público do ano passado, que foi eliminado na fase semifinal, agregou aos cofres do clube cerca de R$2,8 milhão.  Outro fator positivo é que os gastos com passagens, traslados e hospedagens dos times são de total responsabilidade da organização da competição, que agora terá duração até o dia 9 de abril.

O Nordestão de 2014 também vai possuir bola exclusiva para os embates, produzida em Itabuna, na Bahia. Além de um álbum de figurinhas e quatro estádios que vão receber partidas da Copa do Mundo: Castelão (Ceará), Arena das Dunas (Rio Grande do Norte), Arena Pernambuco e Fonte Nova (Bahia).

A competição continua com o mesmo formato. São 16 clubes divididos em quatro grupos. Cada equipe realiza seis partidas na fase inicial. Oito passagem para as quartas de final. Na retal final, as agremiações disputam jogos de ida e volta até o duelo final.

Cabeças de Chaves 

Novamente, puxa os grupos da Copa do Nordeste os quatro melhores times no ranking da CBF. No A, o maior vencedor da história da competição é o favorito a ficar com o primeiro lugar da chave. O Vitória, cinco vezes campeão, terminou a Série A do ano passado na 5ª posição. O time baiano enfrenta o atual campeão potiguar, o América-RN, além dos rivais Sergipe e Confiança.

O outro baiano de destaque do campeonato aposta no reforço do argentino Maxi Biancucchi, contratado a peso de ouro depois de bela passagem pelo Vitória. O Bahia disputa vaga com o Santa Cruz, que vem embalado após conquista da Série C e completa 100 anos em 2014. O time Pernambucano, aliás, manteve o técnico Vica no comando.  Os outros concorrentes são CSA-AL (atual vice alagoano) e Vitória da Conquista-BA.

No grupo C, o outro time que faz centenário neste ano. O Ceará se reforçou com as contratações de Bill, Assisinho, Tadeu, Anderson, Souza, Michel, entre outros. A equipe alvinegra terá embates contra CRB-AL, Treze-PB e Potiguar-RN.

Um clássico recifense no grupo D da Copa do Nordeste. Sport e Náutico são os  favoritos para passarem de fase. Mas o atual campeão brasileiro da Série D, o  Botafogo-PB, promete trazer resistência. O Guarany de Sobral-CE é o time que corre  por fora.

Dinei marcou 24 gols em 2013 (FOTO: Divulgação)

Dinei marcou 24 gols em 2013 (FOTO: Divulgação)

Dinei marcou 24 gols em 2013 (FOTO: Divulgação)
Maxi, que jogou a última temporada pelo rival Vitória, é a principal contratação do Bahia (FOTO: Divulgação)

Maxi, que jogou a última temporada pelo rival Vitória, é a principal contratação do Bahia (FOTO: Divulgação)

Maxi, que jogou a última temporada pelo rival Vitória, é a principal contratação do Bahia (FOTO: Divulgação)
Magno Alves foi o vice-artilheiro do Brasil no ano passado (FOTO: Divulgação/CearaSC.com)

Magno Alves foi o vice-artilheiro do Brasil no ano passado (FOTO: Divulgação/CearaSC.com)

Magno Alves foi o vice-artilheiro do Brasil no ano passado (FOTO: Divulgação/CearaSC.com)
Magrão defende o Sport desde 2005 (FOTO: Divulgação)

Magrão defende o Sport desde 2005 (FOTO: Divulgação)

Magrão defende o Sport desde 2005 (FOTO: Divulgação)

De fora

O atual campeão da competição, o Campinense, não conseguiu se classificar para  a mais nova edição. O time foi eliminado na fase semifinal do Campeonato Paraibano  2013. O técnico vencedor do ano passado comandado a Raposa da Paraíba, Oliveira  Canindé, será o treinador do CSA-AL.

Jogos da 1º rodada 

Sexta-feira (17/1)

Potiguar-RN x Treze-PB – Mossoró-RN – 20 horas (horário do Nordeste)

 

Sábado (18/1)

Santa Cruz x Vitória da Conquista-BA – Caruaru-PE – 16h30 (horário do Nordeste)

Ceará x CRB-AL – Fortaleza – 18h30 (horário do Nordeste)

Sergipe x Confiança – Aracaju – 20h30 (horário do Nordeste)

 

Domingo (19/1)

Botafogo-PB x Sport – Campina Grande – 16 horas (horário do Nordeste)

CSA-AL x Bahia – Maceió – 16 horas (horário do Nordeste)

Vitória x América-RN – Salvador – 18h30 (horário do Nordeste)

 

Segunda (20/1)

Náutico x Guarany de Sobral – Recife – 20 horas (horário do Nordeste)

 

 

Raio X da Copa do Nordeste 2014 (ARTE: Tiago Leite)

A Copa do Nordeste 2014 terá oito times que não disputaram a edição passada (ARTE: Tiago Leite)

Comentários