Ceará entrará com representação contra árbitro da partida contra o Botafogo


Ceará entrará com representação contra árbitro da partida contra o Botafogo

A diretoria alvinegra promete questionar a atuação do árbitro mineiro Emerson de Almeida Ferreira, após a derrota frente ao Botafogo por 4 a 3

Por Rodrigo Cavalcante em Ceará

4 de setembro de 2014 às 15:30

Há 5 anos
Robinson de Castro mostrou-se bastante irritado com arbitragem do Mineiro Emerson de Almeida Ferreira. (Foto: Divulgação/CearáSC.com:

Robinson de Castro mostrou-se bastante irritado com arbitragem do Mineiro Emerson de Almeida Ferreira. (Foto: Divulgação/CearáSC.com:

Após a criticada atuação do árbitro mineiro Emerson de Almeida Ferreira, na derrota frente ao Botafogo pelo placar de 4 a 3, na noite da última quarta-feira (3), a diretoria do Ceará promete tomar providências para que ele não volte a apitar jogos do time.

“Faremos uma representação contra esse árbitro. Ele nos prejudicou demais”, afirmou o presidente em exercício Robinson de Castro. Ainda segundo o dirigente, o clube aguarda apenas a finalização dos documentos necessários para encaminhar a reclamação.

Relato na Súmula

Confira o que relatou o árbitro em relação ao momento em que comissão técnica e alguns atletas foram reclamar no centro do gramado após o término da partida:

“A partida foi interrompida aos 10 minutos do 2º tempo e ficou paralisada por 22 minutos, por falta de energia elétrica no estádio. Informo que, ao término da partida, os atletas e membros da comissão técnica da equipe do Ceará invadiram o campo de jogo de forma generalizada e ostensiva, questionando a equipe de arbitragem com relação aos acréscimos e tempo de encerramento. Sendo que eles somente deixaram o campo de jogo após a intervenção da Polícia Militar”.

Publicidade

Dê sua opinião

Ceará entrará com representação contra árbitro da partida contra o Botafogo

A diretoria alvinegra promete questionar a atuação do árbitro mineiro Emerson de Almeida Ferreira, após a derrota frente ao Botafogo por 4 a 3

Por Rodrigo Cavalcante em Ceará

4 de setembro de 2014 às 15:30

Há 5 anos
Robinson de Castro mostrou-se bastante irritado com arbitragem do Mineiro Emerson de Almeida Ferreira. (Foto: Divulgação/CearáSC.com:

Robinson de Castro mostrou-se bastante irritado com arbitragem do Mineiro Emerson de Almeida Ferreira. (Foto: Divulgação/CearáSC.com:

Após a criticada atuação do árbitro mineiro Emerson de Almeida Ferreira, na derrota frente ao Botafogo pelo placar de 4 a 3, na noite da última quarta-feira (3), a diretoria do Ceará promete tomar providências para que ele não volte a apitar jogos do time.

“Faremos uma representação contra esse árbitro. Ele nos prejudicou demais”, afirmou o presidente em exercício Robinson de Castro. Ainda segundo o dirigente, o clube aguarda apenas a finalização dos documentos necessários para encaminhar a reclamação.

Relato na Súmula

Confira o que relatou o árbitro em relação ao momento em que comissão técnica e alguns atletas foram reclamar no centro do gramado após o término da partida:

“A partida foi interrompida aos 10 minutos do 2º tempo e ficou paralisada por 22 minutos, por falta de energia elétrica no estádio. Informo que, ao término da partida, os atletas e membros da comissão técnica da equipe do Ceará invadiram o campo de jogo de forma generalizada e ostensiva, questionando a equipe de arbitragem com relação aos acréscimos e tempo de encerramento. Sendo que eles somente deixaram o campo de jogo após a intervenção da Polícia Militar”.