Solar Cearense quebra invencibilidade do Flamengo e se recupera no NBB - Esportes
LIGA NACIONAL

Solar Cearense quebra invencibilidade do Flamengo e se recupera no NBB

Davi Rossetto comandou a equipe na reação e, com 30 pontos, ajudou o clube a recuperar os 50% de aproveitamento

Por Matheus Ribeiro em Basquete

21 de dezembro de 2016 às 15:18

Há 9 meses
Time cearense quebrou o 100% de aproveitamento do clube carioca na competição (FOTO: Staff Images/Flamengo)

Time cearense quebrou o 100% de aproveitamento do clube carioca na competição (FOTO: Staff Images/Flamengo)

O Solar Cearense foi o responsável por tirar a invencibilidade do Flamengo nesta nova temporada do Novo Basquete Brasil (NBB). Em noite inspirada do armador Davi Rossetto e em jogo emocionante, o Solar Cearense venceu a partida na prorrogação por 94 a 88, na noite desta terça-feira (20), no ginásio Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro.

Com o resultado final, o time cearense dirigida pelo técnico Alberto Bial volta a ter 50% de aproveitamento na competição: cinco vitórias em 10 partidas. Davi foi responsável por 30 pontos da partida, além de nove assistências, cinco rebotes e três bolas recuperadas. Com 13 pontos, o ala norte-americano Rashaun também apareceu muito bem, assim como o pivô Leozão, 14 pontos e 12 rebotes.

Ao fim do jogo, Davi comemorou o bom resultado. “Isso mostra o equilibro. Tínhamos uma estratégia de jogo e fomos obedientes. A equipe entrou muito concentrada, tem muita união. Jogamos por quem estava fora”, disse.

O jogo

A partida começou movimentada. O ataque do Solar Cearense, desfalcado de Audrei, Duda e Gustavinho, funcionou muito bem, principalmente depois dos cinco minutos. Com Davi e Leozão bem, sete pontos para cada, além de cinco rebotes para o pivô, a equipe nordestina fechou o primeiro quarto na frente: 22 a 19. Mas, no segundo período, os donos da casa reagiram e viraram o placar: 46 a 33.

Na volta do intervalo, o Solar Cearense voltou com outra postura. Agressivo, cortou a boa vantagem do adversário. Em noite inspirada do armador Davi Rossetto, que comandou a reação, os visitantes foram buscar o empate no terceiro quarto: 64 a 64. No período, 31 a 18. Com 50% de aproveitamento na linha de três pontos, o capitão do Solar Cearense ditou o ritmo. Fechou o período com 26 pontos, três rebotes e cinco assistências. 

Com a vantagem, o Solar Cearense soube impor o ritmo no último quarto. Uma bola de três do norte-americano Rashaun, com cinco minutos e meio de partida, elevou a diferença no placar para sete pontos. O Flamengo reagiu e empatou o jogo, 79 a 79, faltando um minuto. Os donos da casa, com Marcelinho Machado, assumiram a ponta em uma bola de três. Davi, em dois lances livres, diminuiu. O jogo terminou 83 a 83 e foi para a prorrogação.

No período extra, o Solar Cearense soube se impor e ficou à frente durante os cinco minutos. Nem mesmo a exclusão de Gruber e Felipe Ribeiro, com cinco faltas, atrapalhou: 94 a 88.

“Precisávamos muito desta vitória. Vínhamos de um resultado ruim, e um grande jogo contra o Flamengo nos devolveria a confiança para fechar o ano. A equipe está de parabéns pelo poder de reação que teve no terceiro quarto. Apesar dos desfalques, mostramos que temos um elenco forte e determinado”, afirma o ala Marcus Toledo, que anotou 10 pontos e pegou seis rebotes.

Depois de encarar o Flamengo, o Solar Cearense viaja a Macaé para, na próxima quinta-feira (22), se despedir de 2016 contra os donos da casa, às 19h30 (de Brasília), no ginásio Tênis Clube Macaé. O NBB terá uma pausa de duas semanas para as festas de fim de ano, e retorna no dia 7 de janeiro. O primeiro adversário de 2017 será o Universo/Vitória, às 19h (de Brasília), no Paulo Sarasate, em Fortaleza.

Publicidade

Dê sua opinião

LIGA NACIONAL

Solar Cearense quebra invencibilidade do Flamengo e se recupera no NBB

Davi Rossetto comandou a equipe na reação e, com 30 pontos, ajudou o clube a recuperar os 50% de aproveitamento

Por Matheus Ribeiro em Basquete

21 de dezembro de 2016 às 15:18

Há 9 meses
Time cearense quebrou o 100% de aproveitamento do clube carioca na competição (FOTO: Staff Images/Flamengo)

Time cearense quebrou o 100% de aproveitamento do clube carioca na competição (FOTO: Staff Images/Flamengo)

O Solar Cearense foi o responsável por tirar a invencibilidade do Flamengo nesta nova temporada do Novo Basquete Brasil (NBB). Em noite inspirada do armador Davi Rossetto e em jogo emocionante, o Solar Cearense venceu a partida na prorrogação por 94 a 88, na noite desta terça-feira (20), no ginásio Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro.

Com o resultado final, o time cearense dirigida pelo técnico Alberto Bial volta a ter 50% de aproveitamento na competição: cinco vitórias em 10 partidas. Davi foi responsável por 30 pontos da partida, além de nove assistências, cinco rebotes e três bolas recuperadas. Com 13 pontos, o ala norte-americano Rashaun também apareceu muito bem, assim como o pivô Leozão, 14 pontos e 12 rebotes.

Ao fim do jogo, Davi comemorou o bom resultado. “Isso mostra o equilibro. Tínhamos uma estratégia de jogo e fomos obedientes. A equipe entrou muito concentrada, tem muita união. Jogamos por quem estava fora”, disse.

O jogo

A partida começou movimentada. O ataque do Solar Cearense, desfalcado de Audrei, Duda e Gustavinho, funcionou muito bem, principalmente depois dos cinco minutos. Com Davi e Leozão bem, sete pontos para cada, além de cinco rebotes para o pivô, a equipe nordestina fechou o primeiro quarto na frente: 22 a 19. Mas, no segundo período, os donos da casa reagiram e viraram o placar: 46 a 33.

Na volta do intervalo, o Solar Cearense voltou com outra postura. Agressivo, cortou a boa vantagem do adversário. Em noite inspirada do armador Davi Rossetto, que comandou a reação, os visitantes foram buscar o empate no terceiro quarto: 64 a 64. No período, 31 a 18. Com 50% de aproveitamento na linha de três pontos, o capitão do Solar Cearense ditou o ritmo. Fechou o período com 26 pontos, três rebotes e cinco assistências. 

Com a vantagem, o Solar Cearense soube impor o ritmo no último quarto. Uma bola de três do norte-americano Rashaun, com cinco minutos e meio de partida, elevou a diferença no placar para sete pontos. O Flamengo reagiu e empatou o jogo, 79 a 79, faltando um minuto. Os donos da casa, com Marcelinho Machado, assumiram a ponta em uma bola de três. Davi, em dois lances livres, diminuiu. O jogo terminou 83 a 83 e foi para a prorrogação.

No período extra, o Solar Cearense soube se impor e ficou à frente durante os cinco minutos. Nem mesmo a exclusão de Gruber e Felipe Ribeiro, com cinco faltas, atrapalhou: 94 a 88.

“Precisávamos muito desta vitória. Vínhamos de um resultado ruim, e um grande jogo contra o Flamengo nos devolveria a confiança para fechar o ano. A equipe está de parabéns pelo poder de reação que teve no terceiro quarto. Apesar dos desfalques, mostramos que temos um elenco forte e determinado”, afirma o ala Marcus Toledo, que anotou 10 pontos e pegou seis rebotes.

Depois de encarar o Flamengo, o Solar Cearense viaja a Macaé para, na próxima quinta-feira (22), se despedir de 2016 contra os donos da casa, às 19h30 (de Brasília), no ginásio Tênis Clube Macaé. O NBB terá uma pausa de duas semanas para as festas de fim de ano, e retorna no dia 7 de janeiro. O primeiro adversário de 2017 será o Universo/Vitória, às 19h (de Brasília), no Paulo Sarasate, em Fortaleza.