Solar Cearense enfrenta o Paulistano para fazer história no NBB
BASQUETE

Solar Cearense enfrenta o Paulistano para fazer história no NBB

Uma vitória leva o time cearense as quartas de final do Novo Basquete Brasil

Por Lyvia Rocha em Basquete

15 de abril de 2017 às 10:41

Há 1 mês
Davi Rosseto é um dos armadores da equipe (Stephan Eilert/Solar Cearense)

Davi Rosseto é um dos armadores da equipe (Stephan Eilert/Solar Cearense)

O Solar Cearense enfrenta o Paulistano/Corpore, neste sábado (15), às 14h, na arena do Centro de Formação Olímpica (CFO), em Fortaleza, para tentar, pela primeira vez, avançar em um mata-mata do NBB.

Depois da excelente vitória sobre o adversário, na última terça-feira, em São Paulo, a equipe comandada pelo técnico Alberto Bial lidera a série melhor de cinco das oitavas de final da competição, por 2 a 1, e está a um triunfo de fazer história. A Band transmite o confronto, ao vivo.

“Tudo leva a crer que será mais um duríssimo jogo, equilibradíssimo. A gente está se preparando de uma maneira cada vez mais cuidadosa, mais intensa. Será a quarta partida entre os times em uma semana, o conhecimento entre eles aumenta. Toda a concentração e detalhes serão muito importantes” afirma Alberto Bial. É um jogo de grande importância para o Solar Cearense. Isso só nos dá motivação, força e alegria muito grandes.”

Desde a temporada 2012-2013, o Solar Cearense disputou três playoffs e acabou eliminado para o próprio Paulistano, naquele ano, diante do Bauru, em 2013-2014, e contra o Mogi das Cruzes/Helbor, em 2016. Isso, porém, fica para trás, na opinião do armador Davi Rossetto, que esteve em todas as campanhas.

“Nós estamos muito confiantes, algo que nos faltou durante toda a temporada. Essa alegria de estar em quadra, nos divertindo enquanto jogamos. Foi uma característica muito forte no ano passado e ainda não havíamos encontrado isso. Agora, é controlar para que isso não exceda. Temos que nos apegar naquilo que vem dando certo durante a série e estarmos muito concentrados para as alternativas que o Paulistano certamente trará para este quarto jogo”, analisa o camisa 5, destaque do Solar Cearense na última terça-feira, com 22 pontos.

“É um jogo fundamental para a nossa classificação às quartas de final. Não podemos deixar escapar essa chance de fechar a série em casa. Acredito que o grande diferencial será, novamente, a nossa torcida, nos apoiando do início ao fim do jogo”, conclui o ala-pivô Sualisson.

Publicidade

Dê sua opinião

BASQUETE

Solar Cearense enfrenta o Paulistano para fazer história no NBB

Uma vitória leva o time cearense as quartas de final do Novo Basquete Brasil

Por Lyvia Rocha em Basquete

15 de abril de 2017 às 10:41

Há 1 mês
Davi Rosseto é um dos armadores da equipe (Stephan Eilert/Solar Cearense)

Davi Rosseto é um dos armadores da equipe (Stephan Eilert/Solar Cearense)

O Solar Cearense enfrenta o Paulistano/Corpore, neste sábado (15), às 14h, na arena do Centro de Formação Olímpica (CFO), em Fortaleza, para tentar, pela primeira vez, avançar em um mata-mata do NBB.

Depois da excelente vitória sobre o adversário, na última terça-feira, em São Paulo, a equipe comandada pelo técnico Alberto Bial lidera a série melhor de cinco das oitavas de final da competição, por 2 a 1, e está a um triunfo de fazer história. A Band transmite o confronto, ao vivo.

“Tudo leva a crer que será mais um duríssimo jogo, equilibradíssimo. A gente está se preparando de uma maneira cada vez mais cuidadosa, mais intensa. Será a quarta partida entre os times em uma semana, o conhecimento entre eles aumenta. Toda a concentração e detalhes serão muito importantes” afirma Alberto Bial. É um jogo de grande importância para o Solar Cearense. Isso só nos dá motivação, força e alegria muito grandes.”

Desde a temporada 2012-2013, o Solar Cearense disputou três playoffs e acabou eliminado para o próprio Paulistano, naquele ano, diante do Bauru, em 2013-2014, e contra o Mogi das Cruzes/Helbor, em 2016. Isso, porém, fica para trás, na opinião do armador Davi Rossetto, que esteve em todas as campanhas.

“Nós estamos muito confiantes, algo que nos faltou durante toda a temporada. Essa alegria de estar em quadra, nos divertindo enquanto jogamos. Foi uma característica muito forte no ano passado e ainda não havíamos encontrado isso. Agora, é controlar para que isso não exceda. Temos que nos apegar naquilo que vem dando certo durante a série e estarmos muito concentrados para as alternativas que o Paulistano certamente trará para este quarto jogo”, analisa o camisa 5, destaque do Solar Cearense na última terça-feira, com 22 pontos.

“É um jogo fundamental para a nossa classificação às quartas de final. Não podemos deixar escapar essa chance de fechar a série em casa. Acredito que o grande diferencial será, novamente, a nossa torcida, nos apoiando do início ao fim do jogo”, conclui o ala-pivô Sualisson.