Solar Cearense enfrenta o Minas em busca da reabilitação no NBB
DESAFIOS

Solar Cearense enfrenta o Minas em busca da reabilitação no NBB

A equipe cearense precisa vencer para chegar mais próximo ao grupo que se classifica para os playoffs

Por Lyvia Rocha em Basquete

1 de fevereiro de 2017 às 07:00

Há 2 meses
Davi-Rosseto-Basquete

Davi Rosseto é o destaque da equipe (FOTO: Stephan Eilert/Solar Cearense)

O Solar Cearense abre uma sequência de dois jogos fora de casa nesta quarta-feira (1º), quando encara o Minas Tênis Clube, às 19h (horário de Brasília), em Belo Horizonte, pela segunda rodada do returno do Novo Basquete Brasil.

O time comandado pelo técnico Alberto Bial tem dois objetivos na pequena excursão: buscar a reabilitação no torneio nacional e colocar fim a derrotas por pequena margem de pontos, que poderiam ser evitadas – na próxima sexta-feira, a equipe nordestina joga contra o Brasília, na Capital Federal.

“Tudo o que passamos até agora, com derrotas por diferenças ínfimas e situações que não gostaríamos de ter passado fortaleceram a coragem de que somos capazes de dar a volta por cima. É uma semana que podemos dar uma reviravolta, dentro do que vem acontecendo desde o início do torneio”, analisa Bial.

Com uma torção no tornozelo, o pivô Leozão viajará com a equipe para os dois jogos fora de casa, mas foi vetado pelo departamento médico. Já o ala Gruber, recuperado de uma lesão muscular na coxa, deverá atuar por alguns minutos em Belo Horizonte e Brasília.

“Apesar das derrotas, todas elas por uma margem muito pequena de pontos, temos feito muitas coisas boas durante as partidas, e nelas que temos que nos apegar para trazermos a confiança de volta e revertermos nossa situação até o momento desconfortável dentro da competição”, comenta o armador Davi Rossetto.

Um dos principais destaques do Solar Cearense na temporada, o ala Marcus Toledo pede concentração total durante os 40 minutos, para que a equipe evite tropeços nos momentos finais das partidas.

“Precisamos ter atenção. Temos pecado em alguns detalhes e isso acaba custando a vitória. Mas já corrigimos algumas situações para que busquemos a reabilitação. Não será nada fácil enfrentar o Minas na casa deles, mas precisamos fazer prevalecer o nosso ritmo, para darmos o primeiro passo em busca de uma melhor classificação”, completa Toledo.

Publicidade

Dê sua opinião

DESAFIOS

Solar Cearense enfrenta o Minas em busca da reabilitação no NBB

A equipe cearense precisa vencer para chegar mais próximo ao grupo que se classifica para os playoffs

Por Lyvia Rocha em Basquete

1 de fevereiro de 2017 às 07:00

Há 2 meses
Davi-Rosseto-Basquete

Davi Rosseto é o destaque da equipe (FOTO: Stephan Eilert/Solar Cearense)

O Solar Cearense abre uma sequência de dois jogos fora de casa nesta quarta-feira (1º), quando encara o Minas Tênis Clube, às 19h (horário de Brasília), em Belo Horizonte, pela segunda rodada do returno do Novo Basquete Brasil.

O time comandado pelo técnico Alberto Bial tem dois objetivos na pequena excursão: buscar a reabilitação no torneio nacional e colocar fim a derrotas por pequena margem de pontos, que poderiam ser evitadas – na próxima sexta-feira, a equipe nordestina joga contra o Brasília, na Capital Federal.

“Tudo o que passamos até agora, com derrotas por diferenças ínfimas e situações que não gostaríamos de ter passado fortaleceram a coragem de que somos capazes de dar a volta por cima. É uma semana que podemos dar uma reviravolta, dentro do que vem acontecendo desde o início do torneio”, analisa Bial.

Com uma torção no tornozelo, o pivô Leozão viajará com a equipe para os dois jogos fora de casa, mas foi vetado pelo departamento médico. Já o ala Gruber, recuperado de uma lesão muscular na coxa, deverá atuar por alguns minutos em Belo Horizonte e Brasília.

“Apesar das derrotas, todas elas por uma margem muito pequena de pontos, temos feito muitas coisas boas durante as partidas, e nelas que temos que nos apegar para trazermos a confiança de volta e revertermos nossa situação até o momento desconfortável dentro da competição”, comenta o armador Davi Rossetto.

Um dos principais destaques do Solar Cearense na temporada, o ala Marcus Toledo pede concentração total durante os 40 minutos, para que a equipe evite tropeços nos momentos finais das partidas.

“Precisamos ter atenção. Temos pecado em alguns detalhes e isso acaba custando a vitória. Mas já corrigimos algumas situações para que busquemos a reabilitação. Não será nada fácil enfrentar o Minas na casa deles, mas precisamos fazer prevalecer o nosso ritmo, para darmos o primeiro passo em busca de uma melhor classificação”, completa Toledo.