30 de junho – Emprego e renda

Emprego e renda: Choró foi emancipado e se tornou município há pouco mais de 10 anos, antes era um distrito de Quixadá. A cidade ainda é conhecida ainda pelo antigo nome Choró-Limão. De acordo com o IBGE, Choró tem o melhor valor de rendimento médio mensal domiciliar per capita: R$ 206,37. No Crato, por exemplo, esse valor é de R$ 500,69. Na zona rural valor é menor ainda: R$ 181,10, o PIB per capita de Choró é de R$ 3.568, enquanto o PIB per capita do Estado é de R$ 9.217. Em números absolutos a cidade tem cerca de 3,7 mil pessoas vivendo na zona urbana e 9 mil pessoas na zona rural. Setenta por cento dos moradores vivem no campo. São cinco distritos, sendo que na zona urbana, 32% das pessoas são consideradas extremamente pobre.


Voltar