Como aumentar as chances de acertar questões que o concurseiro não sabe ou está em dúvida na resposta

Como aumentar as chances de acertar questões que o concurseiro não sabe ou está em dúvida na resposta

Saiba como aumentar suas chances de acertas questões que você considera mais difíceis.

Por Tribuna do Ceará em Guia do Concurseiro

26 de setembro de 2014 às 07:54

Há 3 anos

O candidato a uma vaga no serviço público por mais preparado que esteja, sempre vai se deparar com alguma questão na prova que ele considere mais difícil e esteja em dúvida na resposta ou simplesmente não tem a menor ideia de qual seja o item correto.img-estudante

O Guia do Concurseiro fornece dicas para aumentar suas chances de acertar o item correto, mas atenção: somente utilize essas dicas se você realmente não sabe a resposta ou não tem certeza do item correto, afinal essas dicas se baseiam em hipóteses e probabilidades.

1-      Você se deparou com uma questão que aborda um assunto que você nunca viu antes. Aposte no item  maior, ou seja, aquele que possui mais linhas, geralmente eles são verdadeiros.

2-      Cuidado com itens que possuem as palavras “ sempre” , “nunca” “todos”, “ninguém” ou qualquer palavra que  generaliza. Esses itens costumam ser falsos.

3-      Se for chutar, não chute na letra A, a não ser que ela pareça ser a mais verdadeira. Há uma teoria que diz que o examinador não gosta de colocar na questão a letra “A” como resposta da questão porque dá a impressão que está facilitando a vida do candidato e geralmente a letra “A” possui frases conhecidas como “pegadinha” ou “casca de banana”.

4-      Grife as palavras-chaves dos itens, leia cada palavra atentamente e cuidado com a palavra “não”, ela costuma derrubar muitos candidatos.

5-      Leia a questão atentamente. Você pode achar que ela quer o item correto, mas há questões que pedem o item errado, portanto elimine os itens que você tem certeza que são verdadeiros.

6-      A repetição de palavras no item também ajuda a descobrir o item correto. Se há palavras que se repetem em diversos itens, elas tendem a ser as corretas, então marque o item que possui as palavras que mais se repetem nos demais itens. Por exemplo:

a)      Azul e Amarelo

b)      Vermelho e Verde

c)      Verde e Azul

d)     Verde e Roxo

e)      Azul e Roxo

 

Perceba que “azul” e “verde” são as palavras que mais se repetem nos itens e o item “c” possui essas palavras, portanto provavelmente o item “c” é o item correto.

 

7-      O examinador gosta de confundir os candidatos, por isso é comum colocar itens parecidos ou próximos da resposta correta. As alternativas mais semelhantes costuma ser as corretas, veja o exemplo:

a)      12,4

b)      13,5

c)      13,7

d)     17,6

e)      19,1

 

       Seguindo essa lógica, então o item correto será a letra “b” ou a letra “c”

8-      Se a prova for de múltipla escolha, não deixe alguma questão em branco. Só vale deixar em branco se a banca do seu concurso for o Cespe e o estilo de questão for “certo” ou “errado”, pois uma questão errada anula uma certa. Porém há concursos que mesmo sendo prova de múltipla escolha, descontam pontos para marcações erradas, portanto leia o edital para saber se o seu concurso utiliza essa regra.

9-      Sempre nas questões há um item absurdo. Se você desconfia que um determinado item está estranho, acredite: você pode estar certo em seu raciocínio.

 

10 – Você está em dúvida entre o item “C” e o “D”, mas percebeu que em questões anteriores e posteriores você marcou “C”, então vale arriscar na “D”, pois o examinador geralmente não coloca todas as respostas na mesma letra. Atenção, isso não é regra, só utilize essa técnica em último caso.

O ideal é que o candidato esteja sempre preparado para responder todas as questões conscientemente e nunca precise chutar. Passar em um concurso público chutando todas as questões é estatisticamente muito mais difícil do que acertar na loteria, portanto ressaltamos que essas dicas só devem ser utilizadas em último caso, até porque saber chutar também ajuda a acertar mais questões e, consequentemente, a conquistar a aprovação no concurso.

Publicidade

Dê sua opinião

Como aumentar as chances de acertar questões que o concurseiro não sabe ou está em dúvida na resposta

Saiba como aumentar suas chances de acertas questões que você considera mais difíceis.

Por Tribuna do Ceará em Guia do Concurseiro

26 de setembro de 2014 às 07:54

Há 3 anos

O candidato a uma vaga no serviço público por mais preparado que esteja, sempre vai se deparar com alguma questão na prova que ele considere mais difícil e esteja em dúvida na resposta ou simplesmente não tem a menor ideia de qual seja o item correto.img-estudante

O Guia do Concurseiro fornece dicas para aumentar suas chances de acertar o item correto, mas atenção: somente utilize essas dicas se você realmente não sabe a resposta ou não tem certeza do item correto, afinal essas dicas se baseiam em hipóteses e probabilidades.

1-      Você se deparou com uma questão que aborda um assunto que você nunca viu antes. Aposte no item  maior, ou seja, aquele que possui mais linhas, geralmente eles são verdadeiros.

2-      Cuidado com itens que possuem as palavras “ sempre” , “nunca” “todos”, “ninguém” ou qualquer palavra que  generaliza. Esses itens costumam ser falsos.

3-      Se for chutar, não chute na letra A, a não ser que ela pareça ser a mais verdadeira. Há uma teoria que diz que o examinador não gosta de colocar na questão a letra “A” como resposta da questão porque dá a impressão que está facilitando a vida do candidato e geralmente a letra “A” possui frases conhecidas como “pegadinha” ou “casca de banana”.

4-      Grife as palavras-chaves dos itens, leia cada palavra atentamente e cuidado com a palavra “não”, ela costuma derrubar muitos candidatos.

5-      Leia a questão atentamente. Você pode achar que ela quer o item correto, mas há questões que pedem o item errado, portanto elimine os itens que você tem certeza que são verdadeiros.

6-      A repetição de palavras no item também ajuda a descobrir o item correto. Se há palavras que se repetem em diversos itens, elas tendem a ser as corretas, então marque o item que possui as palavras que mais se repetem nos demais itens. Por exemplo:

a)      Azul e Amarelo

b)      Vermelho e Verde

c)      Verde e Azul

d)     Verde e Roxo

e)      Azul e Roxo

 

Perceba que “azul” e “verde” são as palavras que mais se repetem nos itens e o item “c” possui essas palavras, portanto provavelmente o item “c” é o item correto.

 

7-      O examinador gosta de confundir os candidatos, por isso é comum colocar itens parecidos ou próximos da resposta correta. As alternativas mais semelhantes costuma ser as corretas, veja o exemplo:

a)      12,4

b)      13,5

c)      13,7

d)     17,6

e)      19,1

 

       Seguindo essa lógica, então o item correto será a letra “b” ou a letra “c”

8-      Se a prova for de múltipla escolha, não deixe alguma questão em branco. Só vale deixar em branco se a banca do seu concurso for o Cespe e o estilo de questão for “certo” ou “errado”, pois uma questão errada anula uma certa. Porém há concursos que mesmo sendo prova de múltipla escolha, descontam pontos para marcações erradas, portanto leia o edital para saber se o seu concurso utiliza essa regra.

9-      Sempre nas questões há um item absurdo. Se você desconfia que um determinado item está estranho, acredite: você pode estar certo em seu raciocínio.

 

10 – Você está em dúvida entre o item “C” e o “D”, mas percebeu que em questões anteriores e posteriores você marcou “C”, então vale arriscar na “D”, pois o examinador geralmente não coloca todas as respostas na mesma letra. Atenção, isso não é regra, só utilize essa técnica em último caso.

O ideal é que o candidato esteja sempre preparado para responder todas as questões conscientemente e nunca precise chutar. Passar em um concurso público chutando todas as questões é estatisticamente muito mais difícil do que acertar na loteria, portanto ressaltamos que essas dicas só devem ser utilizadas em último caso, até porque saber chutar também ajuda a acertar mais questões e, consequentemente, a conquistar a aprovação no concurso.