Guia para uma redação nota 1.000 no Enem
DICAS

Guia para uma redação nota 1.000 no Enem

Lembre-se que a prova avalia a capacidade de construir textos e não simplesmente de responder a uma questão dissertativa

Por Tribuna do Ceará em Enem

24 de setembro de 2017 às 06:45

Há 4 semanas
prova-enem-local-alterado

(FOTO: Reprodução)

A prova de redação é responsável por metade da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), por isso o desempenho na construção do texto vale mais que o desempenho em qualquer outra disciplina.

Para auxiliar os estudantes no desenvolvimento da capacidade de escrita e escrever uma redação de alto nível, o Me Salva!, plataforma de ensino cujos estudantes ficaram 234 pontos acima da média geral do Enem no último ano, preparou algumas dicas. Confira:

Introdução

A introdução é o momento mais importante de uma redação. É nela que despertamos o interesse ou desinteresse dos leitores. O primeiro grande erro que os estudantes cometem é esquecer de apresentar o texto ao corretor. Lembre-se que a prova avalia a capacidade de construir textos e não simplesmente de responder a uma questão dissertativa. Imagine que os corretores não sabem qual é o tema e que você escolheu o assunto por sua livre e espontânea vontade. Construa sua introdução com o objetivo de dizer a finalidade do texto e o propósito de fazer o leitor se interessar por aquilo que ele está prestes a ler. Não use frases-clichê e nem construa um parágrafo curto demais.

A Construção do Argumento

Toda prova de redação apresenta uma situação problema, nos traz uma pergunta e nos convida a refletir. É esperado que você se posicione e que saiba defender seus posicionamentos com argumentos consistentes. Aprender a argumentar pode não ocorrer de forma espontânea para a maioria das pessoas, se você tem dificuldade em construir uma argumentação, construa cada parágrafo ao redor de uma ideia central. Considere esses recursos para argumentar: fatos; dados estatísticos; exemplos de filmes e livros; reflexões de outras áreas do conhecimento; pensamentos de outros autores mobilizados para o contexto de sua ideia e experiências pessoais.

Qualidade dos argumentos

Ao escrever uma redação almejando a nota 1.000 é necessário ter em mente um leitor ou leitora inteligente e saber que você precisa convencer uma pessoa com conhecimentos fora da esfera do senso comum de que suas ideias são válidas. Avalie se seus argumentos podem ser facilmente rebatidos. São as informações, os conhecimentos e as reflexões que apresentar que irão tornar sua argumentação de alto nível. Por isso, para escrever bons argumentos, é essencial construir uma redação interdisciplinar. É comum lermos redações bem estruturadas, com vocabulário complexo, mas que deixam a desejar no que se refere ao conteúdo.

A Proposta de Intervenção

O Exame Nacional do Ensino Médio pede que você construa uma solução para a problemática social apresentada direta ou indiretamente nos temas de redação. De forma geral, essa resolução é associada à conclusão, mas é imprescindível que seja uma proposta de intervenção, ou seja, que traga sugestões abrangentes de melhoria do quadro social solicitado. Para garantir uma boa nota na prova, evite os clichês. Exemplo de clichês na intervenção são frases como: é preciso que a população se conscientize; é preciso que sejam feitas palestras nas escolas; é preciso que o Governo crie campanhas obrigatórias. Essas frases não são nada eficazes e são bastante genéricas, demonstrando incapacidade de pensar de forma abrangente sobre as questões sociais.

Este ano o Enem acontece nos dias 5 e 12 de novembro e a as provas de redação, Linguagens e Ciências Humanas serão aplicadas no primeiro domingo.

Publicidade

Dê sua opinião

DICAS

Guia para uma redação nota 1.000 no Enem

Lembre-se que a prova avalia a capacidade de construir textos e não simplesmente de responder a uma questão dissertativa

Por Tribuna do Ceará em Enem

24 de setembro de 2017 às 06:45

Há 4 semanas
prova-enem-local-alterado

(FOTO: Reprodução)

A prova de redação é responsável por metade da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), por isso o desempenho na construção do texto vale mais que o desempenho em qualquer outra disciplina.

Para auxiliar os estudantes no desenvolvimento da capacidade de escrita e escrever uma redação de alto nível, o Me Salva!, plataforma de ensino cujos estudantes ficaram 234 pontos acima da média geral do Enem no último ano, preparou algumas dicas. Confira:

Introdução

A introdução é o momento mais importante de uma redação. É nela que despertamos o interesse ou desinteresse dos leitores. O primeiro grande erro que os estudantes cometem é esquecer de apresentar o texto ao corretor. Lembre-se que a prova avalia a capacidade de construir textos e não simplesmente de responder a uma questão dissertativa. Imagine que os corretores não sabem qual é o tema e que você escolheu o assunto por sua livre e espontânea vontade. Construa sua introdução com o objetivo de dizer a finalidade do texto e o propósito de fazer o leitor se interessar por aquilo que ele está prestes a ler. Não use frases-clichê e nem construa um parágrafo curto demais.

A Construção do Argumento

Toda prova de redação apresenta uma situação problema, nos traz uma pergunta e nos convida a refletir. É esperado que você se posicione e que saiba defender seus posicionamentos com argumentos consistentes. Aprender a argumentar pode não ocorrer de forma espontânea para a maioria das pessoas, se você tem dificuldade em construir uma argumentação, construa cada parágrafo ao redor de uma ideia central. Considere esses recursos para argumentar: fatos; dados estatísticos; exemplos de filmes e livros; reflexões de outras áreas do conhecimento; pensamentos de outros autores mobilizados para o contexto de sua ideia e experiências pessoais.

Qualidade dos argumentos

Ao escrever uma redação almejando a nota 1.000 é necessário ter em mente um leitor ou leitora inteligente e saber que você precisa convencer uma pessoa com conhecimentos fora da esfera do senso comum de que suas ideias são válidas. Avalie se seus argumentos podem ser facilmente rebatidos. São as informações, os conhecimentos e as reflexões que apresentar que irão tornar sua argumentação de alto nível. Por isso, para escrever bons argumentos, é essencial construir uma redação interdisciplinar. É comum lermos redações bem estruturadas, com vocabulário complexo, mas que deixam a desejar no que se refere ao conteúdo.

A Proposta de Intervenção

O Exame Nacional do Ensino Médio pede que você construa uma solução para a problemática social apresentada direta ou indiretamente nos temas de redação. De forma geral, essa resolução é associada à conclusão, mas é imprescindível que seja uma proposta de intervenção, ou seja, que traga sugestões abrangentes de melhoria do quadro social solicitado. Para garantir uma boa nota na prova, evite os clichês. Exemplo de clichês na intervenção são frases como: é preciso que a população se conscientize; é preciso que sejam feitas palestras nas escolas; é preciso que o Governo crie campanhas obrigatórias. Essas frases não são nada eficazes e são bastante genéricas, demonstrando incapacidade de pensar de forma abrangente sobre as questões sociais.

Este ano o Enem acontece nos dias 5 e 12 de novembro e a as provas de redação, Linguagens e Ciências Humanas serão aplicadas no primeiro domingo.