ONU oferece bolsa para que jornalistas cubram encontros em Nova York
EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

ONU oferece bolsa para que jornalistas cubram encontros em Nova York

O prazo das inscrições se encerra no dia 21 de maio de 2017

Por Tribuna do Ceará em Bolsas

15 de maio de 2017 às 06:23

Há 4 meses
jornalista-bolsa

Experiência profissional para jornalistas (FOTO: Reprodução)

As Nações Unidas estão selecionando jornalistas para o Programa de Bolsas para Jornalistas Memorial Reham Al-Farra (RAF). Em 2017, o Programa vai acontecer entre os dias 11 e 29 de setembro de 2017 na Sede da ONU, em Nova York. O prazo se encerra no dia 21 de maio de 2017.

Jornalistas que queiram se candidatar devem ter entre 22 e 35 anos; ter três amostras de trabalho publicadas, que podem ser enviadas no seu idioma original; uma carta de referência de seu empregador atual ou editor com quem você trabalhou (que pode ser em português); currículo (em inglês ou francês); diploma no maior nível educacional que possuir; e uma cópia de suas credenciais de imprensa (por exemplo, da associação ou sindicato).

A ONU pagará aos selecionados as passagens de ida e volta para Nova York e uma diária de aproximadamente 385 dólares ao dia, que cobrirá todas as despesas com acomodação e alimentação.

Experiência

O Programa de Bolsas para Jornalistas Memorial Reham Al-Farra (RAF) é uma oportunidade para jovens jornalistas oriundos de países de economias em desenvolvimento e economias em transição para cobrir as Nações Unidas e seu encontro anual mais importante: o debate geral da Assembleia Geral da ONU, quando todos os líderes se reúnem na sede principal da Organização.

Durante seu tempo na sede, os bolsistas têm a oportunidade de observar a ONU em ação, entrevistar altos funcionários e trocar ideias com colegas de todo o mundo. Nos anos anteriores, os bolsistas se reuniram com o secretário-geral da ONU, com o presidente da Assembleia Geral e com representantes permanentes dos Estados-membros na ONU.

O programa também organiza visitas a várias organizações de mídia, como o ‘New York Times’, a ‘Associated Press’ e o rádio WNYC. Desde sua fundação em 1981, a bolsa foi concedida a 566 jornalistas de 168 países, incluindo o Brasil.

Saiba todos os detalhes sobre como participar.

Publicidade

Dê sua opinião

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

ONU oferece bolsa para que jornalistas cubram encontros em Nova York

O prazo das inscrições se encerra no dia 21 de maio de 2017

Por Tribuna do Ceará em Bolsas

15 de maio de 2017 às 06:23

Há 4 meses
jornalista-bolsa

Experiência profissional para jornalistas (FOTO: Reprodução)

As Nações Unidas estão selecionando jornalistas para o Programa de Bolsas para Jornalistas Memorial Reham Al-Farra (RAF). Em 2017, o Programa vai acontecer entre os dias 11 e 29 de setembro de 2017 na Sede da ONU, em Nova York. O prazo se encerra no dia 21 de maio de 2017.

Jornalistas que queiram se candidatar devem ter entre 22 e 35 anos; ter três amostras de trabalho publicadas, que podem ser enviadas no seu idioma original; uma carta de referência de seu empregador atual ou editor com quem você trabalhou (que pode ser em português); currículo (em inglês ou francês); diploma no maior nível educacional que possuir; e uma cópia de suas credenciais de imprensa (por exemplo, da associação ou sindicato).

A ONU pagará aos selecionados as passagens de ida e volta para Nova York e uma diária de aproximadamente 385 dólares ao dia, que cobrirá todas as despesas com acomodação e alimentação.

Experiência

O Programa de Bolsas para Jornalistas Memorial Reham Al-Farra (RAF) é uma oportunidade para jovens jornalistas oriundos de países de economias em desenvolvimento e economias em transição para cobrir as Nações Unidas e seu encontro anual mais importante: o debate geral da Assembleia Geral da ONU, quando todos os líderes se reúnem na sede principal da Organização.

Durante seu tempo na sede, os bolsistas têm a oportunidade de observar a ONU em ação, entrevistar altos funcionários e trocar ideias com colegas de todo o mundo. Nos anos anteriores, os bolsistas se reuniram com o secretário-geral da ONU, com o presidente da Assembleia Geral e com representantes permanentes dos Estados-membros na ONU.

O programa também organiza visitas a várias organizações de mídia, como o ‘New York Times’, a ‘Associated Press’ e o rádio WNYC. Desde sua fundação em 1981, a bolsa foi concedida a 566 jornalistas de 168 países, incluindo o Brasil.

Saiba todos os detalhes sobre como participar.