Único ecomuseu de Fortaleza oferece passeio ambiental pelo mangue da Sabiaguaba
BELEZA DESCONHECIDA

Único ecomuseu de Fortaleza oferece passeio ambiental pelo mangue da Sabiaguaba

O Ecomuseu Natural do Mangue foi criado por dono de bar da praia da Sabiaguaba que decidiu conscientizar as pessoas

Por Daniel Rocha em Turismo

16 de agosto de 2017 às 07:00

Há 1 mês

O Ecomuseu Natural do Mangue tem como principal objetivo a educação ambiental (FOTO: Reprodução/Facebook)

Quem mora em Fortaleza tem a oportunidade de desfrutar e conhecer áreas de vegetação devido às unidade ambientais de conservação. De acordo com a Secretaria do Meio Ambiente (Sema), a cidade possui sete áreas. Só o bairro da Sabiaguaba possui duas: o Parque Natural Municipal das Dunas de Sabiaguaba e a Área de Proteção Ambiental da Sabiaguaba. E é nessa região que atua o Ecomuseu Natural do Mangue, com suas atividades de educação ambiental.

Sendo o único ecomuseu de Fortaleza e um dos poucos do Nordeste, o Natural do Mangue oferta para a população atividades educativas a fim de conhecer o ecossistema da região e conscientizar sobre a importância da área. Além disso, o equipamento também possui um acervo de mais de 200 peças de animais, como carcaças de caranguejo, peixes ressacados, cabeças de tartarugas entre outros.

As atividades ofertadas pelo ecomuseu consistem em caminhadas e passeio de canoas. A trilha percorrida pelos visitantes é de 1,5 km, com direito a 12 paradas.

O diretor e fundador da instituição, Rusty Sabarreto, explica que durante o trajeto as pessoas vão ter a oportunidade de conhecer os mangues, a comunidade da Sabiaguaba, tomar banho de mar, os sítios arqueológicos datados de mais 5 mil anos e as áreas de desova das tartarugas .

“Pedimos uma contribuição para a realização das atividades. Para escolas públicas, pedimos R$ 8 por aluno e particulares R$ 15. Para a população em geral, o valor também é de R$ 15. O preço cobrado é para manter as atividades do ecomuseu”, detalha Rusty.

De acordo com ele, a instituição não tem fins lucrativos e tem como principal objetivo de conscientizar e preservar a unidade de conservação. A equipe da instituição trabalha no reflorestamento dos manguezais e no recolhimento dos lixos nos rios. Rusty conta com ajuda de sua filha e de mais cinco membros voluntários, que são professores, gestores ambientais e historiadores.

O Ecomuseu conta com um acervo de mais de 200 peças de animais nativos do mangue (FOTO:Reprodução/Facebook)

“Não estamos para ganhar dinheiro. Somos uma Organização Não Governamental (ONG) que trabalha com educação ambiental, pensando nas futuras gerações”, ressalta o papel do ecomuseu.

A ideia de fundar a instituição surgiu quando Rusty tinha um bar e restaurante na praia da Sabiaguaba. Ao perceber que seus clientes não zelavam pelo local, decidiu conscientizá-los sobre a região.

“Se ninguém tomasse alguma atitude, a coisa ficaria bem pior”, declarou. A primeira medida foi simples. Ele e sua mulher iniciaram alertando às pessoas a não colocar o lixo na faixa de areia da praia ou no mar.

“Como não podíamos atuar a nível global, decidimos agir local. Tomamos uma atitude prevencionista e da sensibilização. E aí nasceu a ideia de criar esse projeto para sensibilizar as pessoas que nos visitam”, declara Rusty.

Os interessados em agendar qualquer atividade ofertada pelo ecomuseu basta ligar para os números: (85)987495286 ou (85) 986871336 ou acessar a página da instituição no Facebook.

Serviço

Ecomuseu Natural do Mangue

Facebook: EcomuseuNaturaldoMangue

Local: Praia da Sabiaguaba

Contato para agendamento de passeios: (85)987495286 ou (85) 986871336 falar com Rusty Sebarreto

Ecomuseu Natural do Mangue
1/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
2/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
3/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
4/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
5/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
6/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
7/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
8/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
9/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
10/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
11/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
12/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
13/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Publicidade

Dê sua opinião

BELEZA DESCONHECIDA

Único ecomuseu de Fortaleza oferece passeio ambiental pelo mangue da Sabiaguaba

O Ecomuseu Natural do Mangue foi criado por dono de bar da praia da Sabiaguaba que decidiu conscientizar as pessoas

Por Daniel Rocha em Turismo

16 de agosto de 2017 às 07:00

Há 1 mês

O Ecomuseu Natural do Mangue tem como principal objetivo a educação ambiental (FOTO: Reprodução/Facebook)

Quem mora em Fortaleza tem a oportunidade de desfrutar e conhecer áreas de vegetação devido às unidade ambientais de conservação. De acordo com a Secretaria do Meio Ambiente (Sema), a cidade possui sete áreas. Só o bairro da Sabiaguaba possui duas: o Parque Natural Municipal das Dunas de Sabiaguaba e a Área de Proteção Ambiental da Sabiaguaba. E é nessa região que atua o Ecomuseu Natural do Mangue, com suas atividades de educação ambiental.

Sendo o único ecomuseu de Fortaleza e um dos poucos do Nordeste, o Natural do Mangue oferta para a população atividades educativas a fim de conhecer o ecossistema da região e conscientizar sobre a importância da área. Além disso, o equipamento também possui um acervo de mais de 200 peças de animais, como carcaças de caranguejo, peixes ressacados, cabeças de tartarugas entre outros.

As atividades ofertadas pelo ecomuseu consistem em caminhadas e passeio de canoas. A trilha percorrida pelos visitantes é de 1,5 km, com direito a 12 paradas.

O diretor e fundador da instituição, Rusty Sabarreto, explica que durante o trajeto as pessoas vão ter a oportunidade de conhecer os mangues, a comunidade da Sabiaguaba, tomar banho de mar, os sítios arqueológicos datados de mais 5 mil anos e as áreas de desova das tartarugas .

“Pedimos uma contribuição para a realização das atividades. Para escolas públicas, pedimos R$ 8 por aluno e particulares R$ 15. Para a população em geral, o valor também é de R$ 15. O preço cobrado é para manter as atividades do ecomuseu”, detalha Rusty.

De acordo com ele, a instituição não tem fins lucrativos e tem como principal objetivo de conscientizar e preservar a unidade de conservação. A equipe da instituição trabalha no reflorestamento dos manguezais e no recolhimento dos lixos nos rios. Rusty conta com ajuda de sua filha e de mais cinco membros voluntários, que são professores, gestores ambientais e historiadores.

O Ecomuseu conta com um acervo de mais de 200 peças de animais nativos do mangue (FOTO:Reprodução/Facebook)

“Não estamos para ganhar dinheiro. Somos uma Organização Não Governamental (ONG) que trabalha com educação ambiental, pensando nas futuras gerações”, ressalta o papel do ecomuseu.

A ideia de fundar a instituição surgiu quando Rusty tinha um bar e restaurante na praia da Sabiaguaba. Ao perceber que seus clientes não zelavam pelo local, decidiu conscientizá-los sobre a região.

“Se ninguém tomasse alguma atitude, a coisa ficaria bem pior”, declarou. A primeira medida foi simples. Ele e sua mulher iniciaram alertando às pessoas a não colocar o lixo na faixa de areia da praia ou no mar.

“Como não podíamos atuar a nível global, decidimos agir local. Tomamos uma atitude prevencionista e da sensibilização. E aí nasceu a ideia de criar esse projeto para sensibilizar as pessoas que nos visitam”, declara Rusty.

Os interessados em agendar qualquer atividade ofertada pelo ecomuseu basta ligar para os números: (85)987495286 ou (85) 986871336 ou acessar a página da instituição no Facebook.

Serviço

Ecomuseu Natural do Mangue

Facebook: EcomuseuNaturaldoMangue

Local: Praia da Sabiaguaba

Contato para agendamento de passeios: (85)987495286 ou (85) 986871336 falar com Rusty Sebarreto

Ecomuseu Natural do Mangue
1/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
2/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
3/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
4/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
5/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
6/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
7/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
8/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
9/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
10/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
11/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
12/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Ecomuseu Natural do Mangue
13/13

Ecomuseu Natural do Mangue

(FOTO: Reprodução/Facebook)