Bar montado em um jumento? Jegue's Bar é atração turística em Canoa Quebrada

INOVADOR

Bar montado em um jumento? Jegue’s Bar é atração turística em Canoa Quebrada

A ideia de criar o Jegue’s Bar surgiu quando o casal alagoanos Adeilde dos Santos e Sivanildo dos Santos vieram para a praia de Canoa Quebrada

Por Daniel Rocha em Turismo

12 de outubro de 2017 às 06:15

Há 1 mês

A ideia surgiu em 2001 quando dona Adeilde e seu marido chegaram ao Ceará (FOTO: Arquivo Pessoal)

Todos os dias dona Adeilde dos Santos, 50 anos, percorre a faixa de areia da praia de Canoa Quebrada para vender seus drinks aos turistas e visitantes. Em vez de vender as bebidas em um carrinho tradicional puxado a mão como os demais, a alagoana transporta o seu bar em um jumento.

O Jegue’s Bar, como é chamado, tornou-se atração turística do local. Por onde passa, as pessoas pedem para tirar uma foto ao lado do jumento antes mesmo de pedir uma bebida. “Eles (turistas) abraçam e alguns até beijam o jumento. As crianças também gostam muito. A gente também leva o bar para eventos nas pousadas da praia “, diz a dona do animal.

De acordo com Adeilde, a ideia de transportar a carrocinha de bebidas surgiu em 2001, quando ela e seu falecido marido, Sivanildo dos Santos, vieram para a praia de Canoa Quebrada a passeio. Gostaram tanto do local que decidiram morar. Antes, o casal vendia bebidas nas praias turísticas de Alagoas, como a Praia do Francês e a Praia de São Miguel dos Milagres.

“Lá não tem jegue. A gente não tinha ideia da possibilidade, mas, ao chegar aqui, vimos um rapaz que trabalhava na praia fazendo passeio de jumento. Foi aí que surgiu o Jegue’s Bar”, explicou. O bar é acoplado à cintura do jumento que o carrega pela praia.

Além da criatividade em montar um bar num jumento, dona Adeilde também serve as bebidas aos seus clientes em frutas. Os turistas optam por beber o drink em um abacaxi ou um melão. O custo pela experiência é de R$ 25. Caso queria tomar o drink em um copo normal, o valor é mais barato: R$ 10.

“A gente faz caipirinha, caipirosca, Xoxota que é uma bebida que leva Vodka, leite condensado e suco de abacaxi. Tem também a Melosca, que é uma caipirinha adoçada com mel de caju”, expôs o cardápio. Como Canoa Quebrada recebe diariamente turistas, dona Adeilde sempre passeia com o jumento para vender os seus drinks. O seu negócio já é conhecido e quem presencia o Jegue’s Bar não deixa de fazer um registro.

Confira a galeria

FOTO: Arquivo Pessoal
1/3

FOTO: Arquivo Pessoal

O Bar é atração turística da praia de Canoa Quebrada

FOTO: Arquivo Pessoal
2/3

FOTO: Arquivo Pessoal

O Jegue´s Bar também é convidado para participar de eventos em pousadas da região

FOTO: Arquivo Pessoal
3/3

FOTO: Arquivo Pessoal

Alguns drinks, são oferecidos em frutas

Publicidade

Dê sua opinião

INOVADOR

Bar montado em um jumento? Jegue’s Bar é atração turística em Canoa Quebrada

A ideia de criar o Jegue’s Bar surgiu quando o casal alagoanos Adeilde dos Santos e Sivanildo dos Santos vieram para a praia de Canoa Quebrada

Por Daniel Rocha em Turismo

12 de outubro de 2017 às 06:15

Há 1 mês

A ideia surgiu em 2001 quando dona Adeilde e seu marido chegaram ao Ceará (FOTO: Arquivo Pessoal)

Todos os dias dona Adeilde dos Santos, 50 anos, percorre a faixa de areia da praia de Canoa Quebrada para vender seus drinks aos turistas e visitantes. Em vez de vender as bebidas em um carrinho tradicional puxado a mão como os demais, a alagoana transporta o seu bar em um jumento.

O Jegue’s Bar, como é chamado, tornou-se atração turística do local. Por onde passa, as pessoas pedem para tirar uma foto ao lado do jumento antes mesmo de pedir uma bebida. “Eles (turistas) abraçam e alguns até beijam o jumento. As crianças também gostam muito. A gente também leva o bar para eventos nas pousadas da praia “, diz a dona do animal.

De acordo com Adeilde, a ideia de transportar a carrocinha de bebidas surgiu em 2001, quando ela e seu falecido marido, Sivanildo dos Santos, vieram para a praia de Canoa Quebrada a passeio. Gostaram tanto do local que decidiram morar. Antes, o casal vendia bebidas nas praias turísticas de Alagoas, como a Praia do Francês e a Praia de São Miguel dos Milagres.

“Lá não tem jegue. A gente não tinha ideia da possibilidade, mas, ao chegar aqui, vimos um rapaz que trabalhava na praia fazendo passeio de jumento. Foi aí que surgiu o Jegue’s Bar”, explicou. O bar é acoplado à cintura do jumento que o carrega pela praia.

Além da criatividade em montar um bar num jumento, dona Adeilde também serve as bebidas aos seus clientes em frutas. Os turistas optam por beber o drink em um abacaxi ou um melão. O custo pela experiência é de R$ 25. Caso queria tomar o drink em um copo normal, o valor é mais barato: R$ 10.

“A gente faz caipirinha, caipirosca, Xoxota que é uma bebida que leva Vodka, leite condensado e suco de abacaxi. Tem também a Melosca, que é uma caipirinha adoçada com mel de caju”, expôs o cardápio. Como Canoa Quebrada recebe diariamente turistas, dona Adeilde sempre passeia com o jumento para vender os seus drinks. O seu negócio já é conhecido e quem presencia o Jegue’s Bar não deixa de fazer um registro.

Confira a galeria

FOTO: Arquivo Pessoal
1/3

FOTO: Arquivo Pessoal

O Bar é atração turística da praia de Canoa Quebrada

FOTO: Arquivo Pessoal
2/3

FOTO: Arquivo Pessoal

O Jegue´s Bar também é convidado para participar de eventos em pousadas da região

FOTO: Arquivo Pessoal
3/3

FOTO: Arquivo Pessoal

Alguns drinks, são oferecidos em frutas