Programa de rádio cearense há 26 anos só toca músicas de uma banda: dos Beatles

DE FÃ PARA FÃ

Programa de rádio cearense há 26 anos só toca músicas de uma banda: dos Beatles

Todo sábado desde 1990, o jornalista Nelson Augusto comanda o Frequência Beatles, na Rádio Universitária

Por Ana Clara Jovino em Música

18 de novembro de 2016 às 07:00

Há 1 ano
s3://jgdprod us/wp content/uploads/sites/5/2016/10/img 20160917 wa0021 01

O programa de Nelson Augusto rendeu um projeto educativo (FOTO: Divulgação)

Quem é beatlemaniaco e é de Fortaleza certamente já ouviu o programa da Rádio Universitária “Frequência Beatles”, dedicado aos Beatles. O programa existe há 26 anos e é comandado pelo jornalista Nelson Augusto. Todo sábado, a partir das 18h, os cearenses apaixonados pelo quarteto inglês se unem através das ondas sonoras.

Nelson conta que se encantou pelos Beatles quando ainda era criança e, quanto mais o tempo passa, a paixão só cresce. “Sou fã dos Beatles, porque desde a minha infância comecei a ouvir a música deles e, imediatamente, fiquei encantado pelas melodias e vozes harmoniosas. Depois, já na minha juventude, quando comecei a estudar inglês, iniciei minha paixão pelas mensagens das letras”.

Antes de o programa existir, Nelson conta que eram produzidos na Rádio Universitária programas em parceria com as Casas de Cultura da Universidade Federal do Ceará (UFC), com músicas estrangeiras. Então, ele teve a ideia de produzir um programa dedicado à banda inglesa.

s3://jgdprod us/wp content/uploads/sites/5/2016/10/rubber soul na praça verde

Todo ano é realizado show da banda cover de Beatles “Rubber Soul” para celebrar o sucesso do programa (FOTO: Divulgação)

O programa existe desde 1990, mesmo ano em que Paul McCartney veio ao Brasil pela primeira vez fazer um show no Rio de Janeiro. Os fãs cearenses foram unidos por esse show, pois se conheceram no avião, como relata Nelson. Desse encontro, surgiu a ideia e o nome do programa, que naquela época não tinha tantas pretensões.

Para algumas pessoas é difícil imaginar como um programa dedicado a um único tema consegue se manter no ar e com uma boa audiência há tanto tempo. O segredo é a paixão que Nelson tem pela sua profissão e principalmente pela banda inglesa, que atuou entre 1960 e 1970 é considerada a mais bem-sucedida da história.

“Essa parceria fica bem mais fácil, pois, como praticamente já ouvi todos os discos dos Beatles e das carreiras individuais de John, Paul, George e Ringo, na hora do programa, as informações são passadas com mais dados históricos e emocionais”, assegura Nelson.

Para celebrar o sucesso do programa em grande estilo, todo final de ano acontece uma festa que já é tradição, embalada pelas músicas dos Beatles, obviamente, que ficam por conta da banda Rubber Soul, formada em Fortaleza como uma extensão do programa. Neste ano, a festa acontece na Praça Verde do Dragão do Mar.

Além da festa, Nelson tem um projeto educativo inspirado pelo programa. Ele realiza com crianças de um colégio de Fortaleza, todo mês de setembro, um projeto que os leva a conhecer e prepara apresentações com as músicas do quarteto inglês. “As músicas dos Beatles são muito mágicas, então eles ficam encantados. É um dos projetos de mais sucesso na escola, que até os pais participam”, ressalta Nelson.

Quem não é de Fortaleza também pode ter a oportunidade de ouvir o “Frequência Beatles”, pelo site  www.nelsons.com.br. Para saber mais sobre a  banda Rubber Soul, é só acessar o site www.rubbersoul.hpg.com.br.

Sobre o programa

Além de Nelson a equipe do “Frequência Beatles” é composta pelo engenheiro Francisco Parente, responsável pelos quadros “Carreiras Solos” e “Beatles Cover”, o bancário Fábio Parente, responsável pelos textos e pesquisas do quadro “O Foco da Semana”, que conta também com a colaboração de Carlos Roberto, responsável pelas músicas. Carlos Roberto também é responsável pelo quadro “Beatles Bootlegs”, que traz as novidades sobre a banda. O programa também conta com o quadro “Letras Comentadas”, que é apresentado pela colaboradora Vera Santiago, professora de inglês da Uece. A Rádio Universitária é mantida pela UFC.

Publicidade

Dê sua opinião

DE FÃ PARA FÃ

Programa de rádio cearense há 26 anos só toca músicas de uma banda: dos Beatles

Todo sábado desde 1990, o jornalista Nelson Augusto comanda o Frequência Beatles, na Rádio Universitária

Por Ana Clara Jovino em Música

18 de novembro de 2016 às 07:00

Há 1 ano
s3://jgdprod us/wp content/uploads/sites/5/2016/10/img 20160917 wa0021 01

O programa de Nelson Augusto rendeu um projeto educativo (FOTO: Divulgação)

Quem é beatlemaniaco e é de Fortaleza certamente já ouviu o programa da Rádio Universitária “Frequência Beatles”, dedicado aos Beatles. O programa existe há 26 anos e é comandado pelo jornalista Nelson Augusto. Todo sábado, a partir das 18h, os cearenses apaixonados pelo quarteto inglês se unem através das ondas sonoras.

Nelson conta que se encantou pelos Beatles quando ainda era criança e, quanto mais o tempo passa, a paixão só cresce. “Sou fã dos Beatles, porque desde a minha infância comecei a ouvir a música deles e, imediatamente, fiquei encantado pelas melodias e vozes harmoniosas. Depois, já na minha juventude, quando comecei a estudar inglês, iniciei minha paixão pelas mensagens das letras”.

Antes de o programa existir, Nelson conta que eram produzidos na Rádio Universitária programas em parceria com as Casas de Cultura da Universidade Federal do Ceará (UFC), com músicas estrangeiras. Então, ele teve a ideia de produzir um programa dedicado à banda inglesa.

s3://jgdprod us/wp content/uploads/sites/5/2016/10/rubber soul na praça verde

Todo ano é realizado show da banda cover de Beatles “Rubber Soul” para celebrar o sucesso do programa (FOTO: Divulgação)

O programa existe desde 1990, mesmo ano em que Paul McCartney veio ao Brasil pela primeira vez fazer um show no Rio de Janeiro. Os fãs cearenses foram unidos por esse show, pois se conheceram no avião, como relata Nelson. Desse encontro, surgiu a ideia e o nome do programa, que naquela época não tinha tantas pretensões.

Para algumas pessoas é difícil imaginar como um programa dedicado a um único tema consegue se manter no ar e com uma boa audiência há tanto tempo. O segredo é a paixão que Nelson tem pela sua profissão e principalmente pela banda inglesa, que atuou entre 1960 e 1970 é considerada a mais bem-sucedida da história.

“Essa parceria fica bem mais fácil, pois, como praticamente já ouvi todos os discos dos Beatles e das carreiras individuais de John, Paul, George e Ringo, na hora do programa, as informações são passadas com mais dados históricos e emocionais”, assegura Nelson.

Para celebrar o sucesso do programa em grande estilo, todo final de ano acontece uma festa que já é tradição, embalada pelas músicas dos Beatles, obviamente, que ficam por conta da banda Rubber Soul, formada em Fortaleza como uma extensão do programa. Neste ano, a festa acontece na Praça Verde do Dragão do Mar.

Além da festa, Nelson tem um projeto educativo inspirado pelo programa. Ele realiza com crianças de um colégio de Fortaleza, todo mês de setembro, um projeto que os leva a conhecer e prepara apresentações com as músicas do quarteto inglês. “As músicas dos Beatles são muito mágicas, então eles ficam encantados. É um dos projetos de mais sucesso na escola, que até os pais participam”, ressalta Nelson.

Quem não é de Fortaleza também pode ter a oportunidade de ouvir o “Frequência Beatles”, pelo site  www.nelsons.com.br. Para saber mais sobre a  banda Rubber Soul, é só acessar o site www.rubbersoul.hpg.com.br.

Sobre o programa

Além de Nelson a equipe do “Frequência Beatles” é composta pelo engenheiro Francisco Parente, responsável pelos quadros “Carreiras Solos” e “Beatles Cover”, o bancário Fábio Parente, responsável pelos textos e pesquisas do quadro “O Foco da Semana”, que conta também com a colaboração de Carlos Roberto, responsável pelas músicas. Carlos Roberto também é responsável pelo quadro “Beatles Bootlegs”, que traz as novidades sobre a banda. O programa também conta com o quadro “Letras Comentadas”, que é apresentado pela colaboradora Vera Santiago, professora de inglês da Uece. A Rádio Universitária é mantida pela UFC.